Monstrum: game de terror procedural chega em maio para os consoles, veja o trailer

23 de abril de 2020
Autor: Rodrigo Pscheidt
Monstrum: game de terror procedural chega em maio para os consoles, veja o trailer

Certos jogos passam tanto tempo em desenvolvimento que a gente até esquece que eles estavam sendo produzidos. É o caso de Monstrum, que passou os últimos anos sumido, e vai chegar aos consoles já no mês que vem!

Pesquisando pelo título do game aqui no site, percebi que falei dele pela primeira vez em fevereiro de 2014… mais de seis anos atrás! De lá para cá, o jogo só chegou aos PCs, e em breve, finalmente, chegará aos consoles, e promete uma experiência de survival horror apavorante.

A história do game nos coloca em um cargueiro abandonado, e não sabemos como fomos parar lá. Para piorar, há um monstro a solta na embarcação, e ele fará de tudo para acabar com a nossa raça! Dar um jeito de escapar com vida é nosso principal objetivo, mas também devemos investigar e coletar pistas que nos permitam entender a situação.

Confira abaixo o novo trailer do game, que enfim entrega uma data de lançamento:

Embora seja essencialmente um survival horror, Monstrum tem elementos de roguelike em sua receita: para começar, há permadeath, ou seja, a morte é definitiva, e não há continues nem save points. Morrer significa começar tudo de novo.

Além disso, o layout do navio é procedural, mudando aleatoriamente de uma partida para outra. Ou seja, não adianta achar que consegue decorar onde fica cada sala, pois tudo será rearranjado. Até o monstro pode ser diferente a cada partida!

Ou seja, Monstrum será uma experiência punitiva de tentativa e erro. Algo que, confesso, não me atrai nem um pouco. Mas, é questão de gosto, então, se você quiser passar raiva ser perseguido pelo monstrão, não esqueça que o game chega aos consoles em 22 de maio, e terá versões para Playstation 4, Xbox One e Nintendo Switch. A versão PC já está disponível na Steam, e no geral, recebeu boas críticas.

(Via: Gematsu, Assessoria Soedesco)

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *