NBA 2K20 adiciona garoto de 15 anos do Make-A-Wish como atleta jogável

6 de março de 2020
Autor: Arkade
NBA 2K20 adiciona garoto de 15 anos do Make-A-Wish como atleta jogável

A 2K Sports, responsável pela série NBA 2K, adicionou um novo personagem jogável em seu NBA 2K20. Mas não se trata de nenhum jogador profissional, do passado ou do presente, da NBA.

O novo jogador em questão é William Floyd. O garoto, de apenas 15 anos, foi convidado pela Make-A-Wish, uma organização sem fins lucrativos que realizam desejos de crianças com doenças críticas. O garoto foi convidado para conhecer os estúdios da 2K Sports, mas não esperava que seus movimentos seriam capturados, e que ele se transformaria em um personagem do game.

William foi diagnosticado com distúrbio genético que causa fraqueza muscular e problemas cardíacos nos seus primeiros 18 meses de vida após uma insuficiência cardíaca. Por restrição médica ele não pode fazer exercícios físicos como outras crianças da sua idade. Todavia, em NBA 2K20 ele pode jogar à vontade com o seu novo personagem.

NBA 2K20 adiciona garoto de 15 anos do Make-A-Wish como atleta jogável
Floyd já como jogador do NBA 2K20, no Atlanta Hawks

O garoto foi conhecer a 2K Motion Capture Studio, na Califórnia. E capturou seus movimentos, igual fazem as estrelas da NBA, para colocar os movimentos no game. Foram usadas 140 câmeras para capturar todos os movimentos de Floyd. Enquanto Floyd pensava que estava apenas brincando no local, seus movimentos estavam sendo capturados, incluindo sorrisos e caretas, para ser adicionado no game.

“O legal é que a 2K pegou o que poderia ter sido um grande desejo e o elevou a um nível que nunca esperávamos”, diz a mãe de William, Julie. Eles nos trataram como uma realeza, complementou.

Veja o vídeo da visita de William Floyd e sua captura para o NBA 2K20:

O novo jogador já está disponível gratuitamente em todas as versões do game (Xbox One, Playstation 4, Nintendo Switch e PC. É possível jogar com o garoto no Jogo Rápido, e ele também está como Free Agent no MyCareer e MyLeague.

Colaborou com o artigo Vinícius Pimenta

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *