Ni No Kuni ganhará um filme em anime pela Level-5 e pela Warner

11 de fevereiro de 2019
Autor: Renan do Prado

Ni No Kuni ganhará um filme em anime pela Level-5 e pela Warner

Ni No Kuni será transformado em um filme em anime ainda este ano lá no Japão, produzido pela Level-5 (a mesma produtora dos games da série) e pela Warner. Mas infelizmente, sem o envolvimento do Studio Ghibli, que ajudou na criação do game original de Nintendo DS Playstation 3. Mas contando com as participações de Yoshiyuki Momose, que trabalhou nos games da série e em comerciais do Studio Ghibli, e de Joe Hisaishi, famoso compositor de filmes da Ghibli e dos games da série.

O filme não terá relações com os games, o que infelizmente deve indicar que não teremos as participações de Oliver ou Evan. O filma estará centrado em três adolescentes: YuuHaru Kotona. Um incidente colocará a vida da jovem Kotona em risco, e para salvá-la, os melhores amigos Yuu Haru viajarão para o mágico mundo paralelo.

Confira abaixo algumas imagens conceituais do filme:

View post on imgur.com

Ni No Kuni é uma incrível série de JRPG que traz toda a magia e belza de uma criação do Studio Ghibli para os video games. O primeiro game, Ni No Kuni: The Wrath of the White Witch trazia a emocionante história do jovem Oliver, um menino que após perder sua mãe no mundo real, viaja para o outro mundo mágico com a chance de tentar trazer sua mãe de volta.

Ni No Kuni 2: Revenant Kingdom nos apresenta ao jovem Evan, herdeiro do trono de Ding Dong Dell, em uma aventura ambientada muitos anos após o primeiro game, tendo que lutar para estabelecer um novo reino em que todos são bem-vindos, enquanto tenta enfrentar um perigoso mal que assola todo o mundo mágico.

O filme de Ni No Kuni será lançado ainda em 2019, mas apenas no Japão. Ainda não há informações sobre a possibilidade do filme também ser lançado no ocidente.

(Via: PC Gamer, Gematsu)

Uma resposta para “Ni No Kuni ganhará um filme em anime pela Level-5 e pela Warner”

  • 14 de fevereiro de 2019 às 20:20 -

    Onigumo

  • Sem o Ghibli eles nem deviam fazer

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *