Os games para smartphone da Nintendo já renderam US$ 1 bilhão para a empresa

3 de fevereiro de 2020
Autor: Junior Candido
Os games para smartphone da Nintendo já renderam US$ 1 bilhão para a empresa

Um novo relatório da SensorTower mostrou dados sobre a aventura da Nintendo no mundo móvel. Desde 2016, com Super Mario Run, a Big N faturou mais de um bilhão de dólares em receita com seus jogos móveis. Grande parte deste dinheiro é “culpa” de Fire Emblem Heroes, que, desde 2017, levantou US$ 656 milhões, que é mais do que a soma de todos os outros games móveis juntos.

Sem chamar tanta atenção como o Super Mario, Fire Emblem Heroes pode se encaixar no fenômeno dos “sucessos silenciosos”. O game oferece itens para venda no jogo. Entre eles, itens para atrair aleatoriamente novos personagens com suas habilidades e estatísticas. O aleatório faz as leis no game: você pode conquistar os itens raros logo de cara, ou ir gastando dinheiro, quase que como em uma loteria (ou nos pacotes de figurinhas), até achar o item desejado.

Novos e mais poderosos personagens, incluindo personagens de eventos sazonais e outros disponíveis por tempo limitado, mantém a comunidade ativa, e o fluxo de receita crescente. É um exemplo totalmente diferente de Super Mario Run. A primeira aventura para smartphones da Nintendo tem um modelo de negócios diferente: download gratuito, acesso às primeiras fases e compra única de US$ 9,99 para desbloquear o restante das fases.

Assim, apesar dos seus 200 milhões de downloads, o game foi considerado pela Nintendo uma “decepção”. Já Fire Emblem Heroes, além de seu modelo de negócios, se trata de um bom game, que conseguiu adaptar de uma ótima maneira o clássico dos combates táticos para um formato adequado aos smartphones: mais prático e mais rápido. É, de fato, o grande nome da Nintendo, no mundo móvel, que ainda apostou em Dr. Mario World, e Animal Crossing: Pocket Camp.

O exemplo do sucesso levou a Nintendo a apostar em algo semelhante com o Mario Kart Tour. O “Mario Kart de celular” aprendeu com seu “parceiro” e busca levar a jogabilidade clássica de seus games para um formato aceitável em smartphones. E também apostará no modelo de negócios de Fire Emblem, o modelo gacha. Assim, Mario Kart Tour, mesmo com pouco tempo de vida, já passou Super Mario Run em receita, e foi o jogo mais baixado no iOS em 2019.

3 Respostas para “Os games para smartphone da Nintendo já renderam US$ 1 bilhão para a empresa”

  • 3 de fevereiro de 2020 às 22:09 -

    Onigumo

  • Ótima matéria, mas com as fontes seria melhor.

    • 9 de fevereiro de 2020 às 22:02 -

      Rafael

    • Fonte *relatório da SensorTower* bem explícito no texto!

  • 3 de fevereiro de 2020 às 23:48 -

    Helinux

  • Muito bom!!!! Gostei da arte em si, valeu!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *