Pandemic Studios fecha as portas antes de lançar de Saboteur

17 de novembro de 2009
Autor: Fábio Torres

Pandemic Studios fecha as portas antes de lançar de Saboteur

A Pandemic Studios, que produziu Mercenaries 2 e The Saboteur (que ainda será lançado), foi fechada nesta terça-feira pela Eletronic Arts.

Comprada dois anos atrás pela EA pela bagatela de 860 milhões de dólares, a Pandemic fazia parte de uma “superempresa” chamada BioWare/Pandemic. Desde então, enquanto que a primeira metade (BioWare) fez um sucesso estrondoso, a Pandemic foi decaindo.

A primeira produção dela sob o selo da EA foi Mercenaries 2: World in Flames, que foi criticada severamente e foi um fracasso de vendas. A segunda produção, Lord of The Rings: Conquest, teve o mesmo destino. Agora, The Saboteur, que estava previsto para sair em dezembro, entra no limbo, sem saber se sai ou não.

O fechamento da Pandemic é mais um na longa história da Eletronic Arts. Em 1998, a EA comprou a Westwood Studios, que desenvolveu Command & Conquer, só para fechar o estúdio em 2003. Em 1992, a EA adquiriu a Origins, da série Ultima. Mas, em 2004, a Origins teve o mesmo destino que a Westwood após o fracasso de Ultima IX.

(Via GameSpot)

2 Respostas para “Pandemic Studios fecha as portas antes de lançar de Saboteur”

  • 18 de novembro de 2009 às 00:36 -

    Gustavo Rodrigues

  • The Saboteur sairá sim, isso eu não tenho dúvida. É triste ver grandes empresas fecharem assim, eu não gostei de Mercenaries 2, mas gostei de Lord of The Rings: Conquest.

    O Cliff B. postou no seus twitter, que está abrindo vagas para os desempregados da Pandemic, :)

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *