Parece que foi ontem: dez jogos que fazem 20 anos de vida em 2018

29 de julho de 2018
Autor: Junior Candido

Parece que foi ontem: dez jogos que fazem 20 anos de vida em 2018

Nós falamos no começo do ano sobre seis jogos que fizeram 10 anos em 2018, como GTA IV, Metal Gear Solid 4, Mirror’s Edge e vários outros games que, embora estejam frescos em nossa memória, já estão com uma década de vida. Mas vamos voltar um pouco mais na máquina do tempo, e ver que de fato, estamos ficando velhos, pois estes games a seguir, fizeram 20 anos de vida neste ano.

Você se lembra dos bons momentos que passou em Shadow Moses, em Hyrule, ou em Black Mesa? Pois vamos lá, viajante do tempo! Prepare o seu discman, a sua revista preferida de videogames, seu pacote de Fandangos com um Tazo dentro, e vamos voltar para 1998, um dos anos mais férteis da história dos videogames, que viu a chegada de diversos clássicos definitivos. Lembrando que: não é um Top 10 sobre “os melhores games de 1998”, e sim uma lista livre com dez jogos para resgatar a nostalgia. Se você tem o seu game desta época e quer comentar, participe com a gente!

Metal Gear Solid

Foi em 1998 que a indústria dos videogames mudou pra sempre, com a chegada de Solid Snake em Shadow Moses. Com Metal Gear Solid, pudemos ver um game que quebrava a quarta parede, nos apresentando situações inusitadas, somados a um bom enredo, um trabalho de voz impecável e um gameplay nunca visto antes, que obrigava o jogador a avançar no game usando o silêncio e a sutileza, ao contrário da ação desenfreada, tão comum nos games da época.

The Legend of Zelda: Ocarina of Time

Este ano também viu o Zelda definitivo chegar. Ocarina of Time pode não ser o preferido de muitos, uma vez que a franquia Zelda é incrível e qualquer que seja o jogo preferido, estamos falando de um dos melhores já feitos, mas com certeza foi um dos games que mais ficou na memória dos jogadores. Com um mundo imenso (para os padrões do Nintendo 64) a se explorar, muitas atividades a se fazer, e a ocarina, que, através da música trazia novidade ao gameplay, temos um jogo que vale a pena ser jogado até hoje!

Half-Life

Black Mesa. A história de Gordon Freeman, que vê uma invasão de criaturas de outra dimensão na terra, a partir de sua experiência que deu errado, não foi apenas um dos melhores jogos já feitos. Half-Life também gerou uma incrível “indústria” da modificação, e gerou, entre seus filhos, um “tal de” Counter Strike. Half-Life também traz uma história de terror, misturada com muita ação, e suspense, em uma base gigantesca a se explorar e pronta para te matar das mais variadas formas possíveis.

Resident Evil 2

Após conhecermos a Mansão Spencer em 1996, chegou a vez de visitarmos Raccoon City, e ver de perto o caos que se instalou na cidade após os eventos obscuros da Umbrella meses antes, nos seus laboratórios escondidos. Resident Evil 2 trouxe novos cenários, uma dramática abertura, na qual os personagens precisam encontrar um lugar seguro para se proteger (ou achar que estão protegidos), um enredo mais completo (cheio de buracos, mas que foi sendo corrigido com o passar dos anos), e ganhará em 2019 um remake mais do que merecido, para trazer a luz de maneira mais correta tudo o que aconteceu nos últimos dias daquela cidade amaldiçoada pela corrupção (e pelos zumbis).

Sonic Adventure

1998 foi o ano também do início de uma nova fase para o Sonic. O azulão, que já estava consagrado graças a seus games de Mega Drive, chegou ao Dreamcast após um hiato no Saturn (o console não recebeu um jogo considerado da série principal), e trouxe um personagem mais descolado, em fases 3D cheias de caminhos, mais ação e locais a se explorar, com direito a um passeio de trem para se locomover entre lugares distantes. Além disso, novos personagens chegam para somar ainda mais no já divertido mundo de Sonic, em um game que ditaria (com jogos bons e ruins) os novos rumos do azulão pela década seguinte.

Xenogears

A Squaresoft (sim, ainda a empresa não tinha se unido com a Enix) era conhecida por oferecer variados RPGs de diversas épocas, mas foi apenas em Final Fantasy VII que o foco, sempre medieval, começou a ganhar contornos futuristas. Mas foi com Xenogears que a empresa foi mais a fundo, misturando religião, robôs e a história incrível de Fei, que precisa descobrir sobre o seu passado, em meio a um mundo bem tumultuado. É, de longe, um dos games que tem a melhor narrativa já construída.

Starcraft

Uma aventura de ficção científica de estratégia em tempo real que mudou o gênero para sempre, Starcraft traz a história de duas raças alienígenas, além dos humanos, que precisam se adaptar e sobreviver umas às outras. Entre humanos, Protoss e Zergs, a Blizzard trouxe, com sua famosa bola de cristal, um jogo muito à frente de seu tempo, que criou uma base de fãs sólida, e que tem um dos maiores legados do videogame, pois trouxe Starcraft 2, o jogo “definitivo” de RTS, e que foi um dos pioneiros a popularizar o que conhecemos hoje por eSport.

Banjo-Kazooie

Ah, a Rare… Em seus dias de glória, o estúdio inglês, que já nos havia presenteado a série Donkey Kong Country e GoldenEye 007, estava impossível, e nos trouxe vinte anos atrás a primeira aventura do urso Banjo e o pássaro Kazooie, em uma aventura que, importando e melhorando diversos aspectos de Super Mario 64, trouxe uma aventura ainda mais completa, divertida, e cheia de extras a se cumprir e coletar.

Parasite Eve

O natal de 1998 reservava boas surpresas para Aya Brea, policial em Nova York. Não contentes em ver o circo pegar fogo em Raccoon City, a Square decidiu que os moradores de NY também teriam seus problemas, em uma mistura de RPG com ação, através da combustão espontânea e uma história de sete dias com muito drama, tiroteios, aulas de biologia e fogo.

Grim Fandango

O mundo dos mortos também ganhou vida duas décadas atrás. Grim Fandango nos apresentou Manny Calavera, o agente do mundo dos mortos que guarda a foice perto de onde ficava o seu coração. O primeiro jogo em 3D da Lucas Arts também foi um dos primeiros que contou com localização e dublagem brasileira, e levou para as três dimensões toda a diversão típica do estúdio, em uma história envolvente e muito engraçada.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *