Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

30 de novembro de 2014
Autor: yasmim_barreto

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Nem só de bons momentos vivem os nossos heróis preferidos, não é mesmo? Por isso a Arkade Comics da vez vai abordar os piores momentos dos heróis da Marvel. Vem com a gente conferir os “apuros” que eles encararam.

Oi gente! Como você já conferiu os jogos inspirados no mundo dos quadrinhos, reparou que a Arkade introduziu o tema quadrinhos no site. Já que quase todo fã de games também curte HQs, então vamos trazer regularmente conteúdo deste universo tão rico para você, espero que goste!

Como todo fã de quadrinhos, não tem como não falar da Marvel Comics, a gigante da indústria. Quando citamos a marca, logo nos vêm à mente as obras primas e os personagens incríveis que o selo oferece, como Peter Parker (Homem-Aranha), T´Challa (Pantera Negra), Tony Stark (Iron-Man), entre outros – e fora o fato da empresa estar em evidência maior ainda por causa dos vários filmes lançados ultimamente. Parece até que a Marvel nunca erra um tiro, mas não é bem assim! O site TopTenz fez, há um tempo atrás, uma lista de momentos em que a empresa pisou feio na bola. Dê uma olhada na lista e veja se concorda. Alguns casos são bem embaraçosos e outros podem gerar boas risadas. Vem comigo!

O Estupro de Ms. Marvel, em Os Vingadores Volume 1 (1980)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Até o final da década de 70 a Ms. Marvel havia se tornado um dos personagens mais emblemáticos do sexo feminino da Marvel. E bastou uma edição de Os Vingadores para arruinar tanto a sua posição como uma personagem feminina forte e sua reputação. Mas como isso foi acontecer? Aconteceu que a Ms. Marvel ficou misteriosamente grávida e deu à luz a um bebê, três dias depois (nada estranho até aí). Em seguida o bebê, chamado Marcus cresceu quase que instantaneamente, e revelou que ele tinha “seduzido” sua mãe e engravidou. Agora você pergunta: Como e Quando? Pra começar a Ms. Marvel não foi seduzida e sim estuprada! Marcus voltou no tempo para engravidar sua mãe com ele mesmo. Mas a pior parte disso tudo não só foi Ms. Marvel, uma das principais heroínas da Marvel ter sido violentada sexualmente e sim quando ela revelou que ela gostou e decidiu ficar com seu pai-filho depois. Imagina se uma história dessas vai parar nas bancas hoje? Feministas, avante!

Saga Clone, em Homem-Aranha

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Primeiramente, para quem não a conhece a Saga Clone podemos resumir em: terrivelmente complicada e estupidamente executada, que insistiu nas revistas do Homem-Aranha por dois anos. Tudo começou por volta na década de 70, onde o vilão chamado Chacal clonou Peter Parker e sua falecida namorada Gwen Stacy. Peter lutou com seu clone, ganhou e ficou na mesma. Décadas mais tarde, essa história foi trazida de volta à vida, quando foi revelado que não só o clone sobreviveu (Marvel sempre dando um jeito de trazer seus personagens de volta à vida), mas agora ele é conhecido como o Aranha Escarlate. Não para por aí! A história deu uma reviravolta e descobrimos que o Aranha Escarlate não era o clone, ele era o verdadeiro Peter Parker (MAS O QUÊ?). Sim, o Peter Parker que o os quadrinhos tinham seguido durante décadas foi o clone! Isso não causou nem um pouco de confusão, né?

 Heroes Reborn, em Quarteto Fantástico, Os Vingadores, Capitão América e Homem de Ferro (1997)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Temos que admitir que a década de 90 foi um período sombrio nas histórias em quadrinhos. Foram-se os dias de alegres heróis ajudando pessoas inocentes e lutando contra monstros gigantes. Na década de 90, todo mundo era do mal com anti-heróis se tornando algo comum naquela época.

Foi em meio a esse atoleiro criativo que a Marvel, quase indo a falência, decidiu reiniciar todo o seu universo em Heroes Reborn, série crossover que funcionou de 1996 a 1997. Essencialmente, Marvel utilizou quatro de suas propriedades mais famosas: o Quarteto Fantástico, os Vingadores, Capitão América e Homem de Ferro. A série foi assolada por histórias, tão ruins, que a Marvel essencialmente teve que reiniciar o seu universo de novo, apenas para fazer “tudo voltar ao normal” e “esquecer” Heroes Reborn. O mais maluco (e bom) de tudo isso foi que essa confusão conseguiu restaurar as vendas da Marvel e salvou a empresa a partir de um colapso financeiro. O preço foi um ano de pura dor e agonia por parte dos fãs.

Pecados do Passado, em Homem-Aranha (2004-2005)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Infelizmente para os fãs do Homem-Aranha, a Marvel continuou a abusar da paciência do herói. Em um dos piores arcos do amigo da vizinhança, eles mexeram de novo Gwen Stacy, uma das primeiras namoradas do Homem-Aranha e uma personagem exaltada pelos fãs por décadas (ela inclusive aparece nos filmes mais recentes do herói). Seu assassinato nas mãos do Duende Verde praticamente terminou sozinho com a Era de Prata dos Quadrinhos. Foi uma cena trágica que ajudou a definir o Homem-Aranha para uma nova geração. Mesmo depois de Peter ter iniciado seu relacionamento com Mary Jane, ainda havia uma enorme quantidade de atenção e simpatia por Gwen, apenas mostrando como ela ainda é uma das personagens mais amadas em todo o Universo Marvel. Então, é claro, a Marvel decidiu que a melhor coisa a fazer era reescrever seu passado para que Norman Osborn, o Duende Verde, tivesse dormido com ela. Oh, mas ele simplesmente não só dormiu com ela … ele a engravidou de GÊMEOS, que ela deu à luz na França. Depois de tomar a decisão de voltar e criar as crianças com ele, Norman a matou. Por quê? Assim, ele poderia criá-los ele mesmo, para que no futuro eles pudesse combater o Homem-Aranha.

O arco Pecados do Passado, sozinho, além de matar de novo a garota, arruinou Gwen Stacy para um número incontável de fãs. Sua morte trágica e emocional foi barateado para o valor do puro choque. Mas essa não seria a única vez que a Marvel intencionalmente arruinou ou desgraçou um dos relacionamentos de Peter. Nós vamos chegar a essa história horrível daqui a pouco.

Guerra Civil (2006 – 2007)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Agora é a hora da pergunta que todo fã mais ferrenho deve estar fazendo neste momento: POR QUE A GUERRA CIVIL? É UM DOS MELHORES ARCOS DA MARVEL PÔ! Mas a Marvel Comics, em um único arco, conseguiu as seguintes proezas: que o Homem-Aranha revelasse sua identidade, que Tony Stark fosse odiado de maneiras extremas e que o Capitão América levasse um tiro e morresse.

Tudo começou como uma ideia relativamente boa ideia: após um acidente ter ocorrido na comunidade de super-heróis, o qual morreram mais de 600 civis, incluindo 60 crianças, os heróis foram confrontados com uma opção difícil: registrar suas identidades para o governo e se tornar um espécie de funcionários federais, a fim de impedir que tal calamidade ocorra novamente ou enfrentar um processo. Metade dos heróis, liderados pelo Homem de Ferro, defenderam o registo, acreditando ser uma solução moral e responsável. A outra metade, liderada pelo Capitão América, acredita que o registro forçado é uma violação de seus direitos civis e revelar suas identidades poderia colocar seus amigos e famílias em situação de risco. Era uma questão difícil e emocional para todos os envolvidos (inclusive para nós leitores).

Não houve uma solução fácil para o problema, e como Tony Stark também não é lá uma pessoa muito fácil de lidar, ao invés de tentar persuadir e convencer as pessoas que o melhor a fazer era aceitar o registro, ele resolveu foi caçá-los como animais, prendendo todo mundo e os colocando em uma prisão inquebrável em outra dimensão, sem mais nem menos. Sem mencionar que após Peter Parker revelar sua identidade publicamente, sua tia May levou um tiro (ninguém respeita o Peter!). E pra “fechar com chave de ouro”, depois que o Capitão América heroicamente se rende para evitar mais violência ou derramamento de sangue, é baleado e morto nos degraus de um tribunal.

O arco em si é muito bom, o único problema foi que os danos que a Guerra Civil causou para a Marvel Comics foram quase irremediáveis, muitos leitores se recusam a perdoar Tony Stark e vários outros heróis envolvido, já que houve uma mudança drástica em vários heróis queridos por várias pessoas durante décadas. Então a conclusão é que a Guerra Civil se tornou um misto de amor e ódio dentro de nossos corações de leitores. Sim, é tudo muito legal, mas não deixa de ser embaraçoso, principalmente para fãs mais puristas.

One More Day, em Homem-Aranha (2007-2008)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

Se os fãs classificassem esta lista para colocar no topo o momento mais odiado, mal concebido, mal escrito e mal recebido na história da Marvel, One More Day estaria no topo. Não há competição. Para quem não lê quadrinhos com afinco, vou tentar explicar. Qualquer um que tenha visto os filmes do Homem-Aranha sabe que o verdadeiro (ou principal) amor de Peter Parker foi Mary Jane Watson. Tem sido assim há quase 4 décadas. Ela estava entre os membros mais queridos do universo Marvel por causa de sua personalidade, coragem e devoção eterna ao seu marido que solta teias por NY. Os dois tinham resistido inúmeras tempestades juntos, mas sempre saiam mais forte com o resultado. Seu casamento foi um dos maiores eventos da história da Marvel. Durante anos, Peter Parker e Mary Jane eram o maior casal dos quadrinhos, provavelmente, só rivalizado em popularidade pelo casal Superman e Lois Lane nos lados da DC Comics.

Um dia, o editor chefe da Marvel (Joe Quesada, guardem esse nome) demonstrou não gostar da ideia do Homem-Aranha ser casado. Ele acreditava que ser solteiro era essencial para o personagem(não importando o fato de que ele tinha sido casado com Mary Jane por quase vinte anos). Então, o que ele fez? Ele fez o Homem-Aranha fazer um acordo com o diabo para negociar seu casamento para salvar a vida de Tia May, que tinha sido baleado no rescaldo da Guerra Civil (deem uma olhada na bagunça que esse arco criou). Então vamos repetir no caso de você não compreender as implicações que a última frase gerou. Peter Parker, um dos paradigmas fundamentais da responsabilidade pessoal e da justiça em toda a história em quadrinhos, fez um acordo com o DIABO! O acordo era para sacrificar seu casamento, tudo isso para que ele pudesse salvar a vida de sua tia May. (E tem mais: Ele tinha anteriormente feito contato com a Tia May no mundo espiritual, que lhe pediu para deixá-la, ir uma vez que ela era idosa, teve uma boa vida, e queria que Peter fosse feliz com Mary Jane). Um soco no estômago para os leitores.

The Ultimates 3 (2008)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

O Ultimate Marvel, foi iniciado em 2000, e destinava-se a ser uma marca nova Marvel Universe, livre de décadas de continuidade quadrinhos. Foi concebido como um ponto de partida para novos leitores de quadrinhos que tinham interesse em acompanhar o universo, e encontravam dificuldades em acompanhar os arcos antigos. Sua série principal incluiu versões Ultimate do Quarteto Fantástico, dos X-Mens e Homem-Aranha (facilmente o título mais popular e bem sucedido a partir da linha Ultimate). Mas o Universo Ultimate também teve sua própria versão dos Vingadores conhecido como Os Ultimates. Os Ultimates foram os temas de três curtas autônomos da série, criativamente intitulado The Ultimates, The Ultimates 2 e 3. Os dois primeiros foram selvagens, sucessos mundo afora, reinventando seus personagens para uma nova geração e criação de alguns dos momentos mais icônicos do novo milênio. E então Ultimates 3 veio junto.

Em uma trama incrivelmente complicada e confusa, a Feiticeira Escarlate foi assassinada, e outras complicações e problemas foram surgindo. E de alguma forma o Doctor Doom era o gênio por trás de tudo. Soa legal? Não é. A série é atormentada com uma arte horrível, um roteiro terrivelmente mal escrito, e caracterizações grotescas. Muitas pessoas pensam que em Ultimates 3 como sendo o início da queda do Universo Ultimate.

Ultimatum (2008-2009)

Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics

E este é considerado o evento que matou a linha final do Universo. Pare e pense a respeito: apenas cinco quadrinhos conseguiram por fim a uma longa linha de quadrinhos de dez anos. Como? Vamos mostrar:

Metade dos personagens da Marvel foram mortos aqui, incluindo Doctor Doom, Doutor Estranho, Emma Frost, Hank Pym, Magneto, Professor X, Thor, Vespa, Wolverine e muitos outros.

E não bastou a morte, ainda tiveram a audácia de matar “bem matado”: a Vespa foi canibalizada, Wolverine tem o adamantium enfiado em seus ossos, para mencionar só dois casos.

Quanto menos você souber sobre este insulto das histórias em quadrinhos, melhor. A única coisa que você precisa saber é que Magneto tenta destruir o mundo em vingança pela morte de seus filhos, a Feiticeira Escarlate e Mercúrio. O escritor Jeph Loeb destruiu quase tudo que as pessoas amavam no Universo Ultimates. Este arco praticamente colocou fãs batendo a cabeça contra a parede, se perguntando os motivos da Marvel imprimir esta desculpa abominável para uma história.

Tá ruim ou quer mais?

E aí? Concorda que estes momentos foram no mínimo embaraçoso ou acha que algum dos fatos citados foram mal interpretados? Acha que tem mais coisa tosca da Marvel que merece ser citada? Agora é a sua hora, vem participar da discussão e aproveite para dizer qual foi de fato o pior momento de todos!

Espero que você tenha gostado. A Arkade Comics ainda trará muita coisa interessante e bacana sobre o mundo dos quadrinhos, até lá!

 

4 Respostas para “Arkade Comics: Os Piores Momentos da Marvel Comics”

  • 30 de novembro de 2014 às 14:14 -

    Caio Fernando

  • Meu pai tem uma coleção do Homem- aranha, nasci lendo esses gibis, cara adorei a saga clone, achei muito louca.Meu pai nao compra mais diz ele que a marvel perdeu o brilho … triste :(

  • 30 de novembro de 2014 às 15:33 -

    Renan do Prado

  • A Marvel adora matar todo mundo, e sempre pelo mesmo motivo: O s fãs gostam muito desse personagem. Então ele vai morrer sem mais e nem menos!!!

    Meu herói favorito das HQs é o Homem-Aranha, e a Marvel adora estragar tudo com ele. Mataram ele no Ultimate, fizeram aquele negócio de o Octopus trocar de corpo com ele e ele depois magicamente voltar (felizmente) e sempre tem rumores de que de novo ele vai morrer de vez em outro Universo. Dá raiva essas coisas. Isso porque estou falando só do Homem-Aranha!!!!

  • 30 de novembro de 2014 às 21:12 -

    Victor

  • Eu acho que quando é bem feito, a morte de um personagem importante pode adicionar bastante drama para a história, e torná-la muito mais profunda e interessante.A morte da vespa na minha opinião foi foda demais, e eu sempre gostei do fato de a marvel não ter medo de matar seus heróis.

  • 1 de dezembro de 2014 às 00:25 -

    ZECARLOS

  • eu colocaria a saga do infinito(a primeira que teve ate que foi legal mas as que vieram depois…nao da pra aguentar) nesse balaio tmbm viu,assim como a guerras secretas 2,e olha que quase coloco ai o massacre marvel tmbm,foi a ultima grande saga marvel que acompanhei por inteiro religiosamente a cada edicao,e chega ne hehehheh……apenas sobre a serie  ultimate ….so a primeira e que eu acho muito da hora,digna de estar numa estante

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *