Presidente da Nintendo diz que a empresa pode um dia sair do mercado de consoles

8 de janeiro de 2019
Autor: Renan do Prado

Presidente da Nintendo diz que a empresa pode um dia sair do mercado de consoles

Em uma entrevista para o site Nikkei, do Japão, o presidente da Nintendo, Shuntaro Furukawa, comentou um pouco sobre o futuro da icônica “Big N”, comentando que no futuro, é possível que a Nintendo mude seu foco dos consoles e video games para algo diferente.

Que fique claro desde já, ele não comentou que no futuro a Nintendo VAI sair do ramo de consoles, mas sim que não há porque não mudar de ramo no futuro, caso haja necessidade ou oportunidade. Segundo ele, “flexibilidade” é algo muito importante para a companhia, e no momento, o foco da Nintendo são os consoles.

Nas palavras de Furukawa: “Nós não estamos realmente fixados em nossos consoles. No momento nós estamos oferecendo o Nintendo Switch e seu software – e é nisso em que estamos baseando como nós entregamos a ‘experiência Nintendo’. Dito isso, a tecnologia muda. Nós continuarem a pensar de forma flexível sobre como entregar essa experiência enquanto o tempo segue adiante.”

“Já fazem 30 anos desde que começamos a desenvolver consoles. A história da Nintendo vem de muito antes disso, e através de todas as lutas que eles [funcionários da Nintendo no passado] encararam a única coisa em que eles pensaram foi sobre o que fazer a seguir. A longo prazo, talvez nosso foco como um negócio possa se afastar dos consoles – flexibilidade é tão importante quando ingenuidade.”

Presidente da Nintendo diz que a empresa pode um dia sair do mercado de consoles

Em 2019 Nintendo completará 130 anos de existência! A companhia já passou pelos mais variados ramos, tendo sido fundada como uma fábrica de baralhos japonesa, se aventurando até por diversos outros ramos, como emissora de TV, indústria alimentícia e até mesmo gerenciando uma rede motéis! E foi apenas na década de 70 que a Nintendo entrou na indústria dos video games, fixando-se de vez nesse meio graças a Shigeru Miyamoto e o primeiro Donkey Kong, em 1981.

Sendo assim, não seria tão estranho se a Nintendo um dia mudasse por completo o seu foco, apesar de que após mais de 30 anos, essa seria sem dúvidas uma mudança impactante. Furukawa ainda comentou que a Nintendo pretende continuar a investir em jogos mobile, em vista da boa geração de receita. Além de ter planos para criação de parques temáticos e até participações em filmes, como uma forma de levar a marca e seus personagens para outros meios.

O que acontecerá no futuro, não sabemos. Mas o pessoal da Nintendo aparentemente já encara o amanhã como um abrir de oportunidades, seja em continuar a expandir seu nome no mercado de consoles, ou seguir por um rumo totalmente novo, tudo dependerá de como serão as coisas para as próximas gerações. E não se engane, isso não significa que a Nintendo está pensando em sair do ramo de video games, porém, isso não é algo impossível de acontecer.

(Via: Gamesradar)

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *