Produtora THQ passa por grave crise financeira e adia seus lançamentos

7 de novembro de 2012
Autor: Renan do Prado

Produtora THQ passa por grave crise financeira e adia seus lançamentos

Uma das mais tradicionais produtoras de games está passando por tempos difíceis: a THQ anda tomando prejuízo atrás de prejuízo, e suas ações estão despencando. Entenda melhor este drama financeiro na sequência.

THQ, criadora de games de sucesso há vários anos, e recentemente, conhecida por séries como Darksiders, UFC UndisputedSaint’s Row entre outras, e que recentemente perdeu um de seus maiores funcionários, Joe Madureira, que deixou a Vigil Games, sub-produtora da THQ, teve um fechamento fiscal preocupante esta esta semana.

O fechamento, que engloba um período de 3 meses terminando no dia 30 de setembro registou que a empresa teve uma perda de U$ 21 milhões. Um valor alto, mas menor que os U$ 92 milhões que a empresa perdeu no mesmo período do ano passado.

Se considerarmos que estes dados correspondem ao período em que Darksiders II foi lançado, isto é ainda mais tenso, se considerarmos que este era um dos principais lançamentos da empresa neste ano.

Além disso, os valores adquiridos pela empresa não foram satisfatórios, “apenas” U$ 107 milhões entraram nos cofres da produtora, menos do que os U$ 146 milhões do ano anterior.

O gráfico abaixo mostra aqueda dos preços das ações da THQ nos últimos 5 anos:

Produtora THQ passa por grave crise financeira e adia seus lançamentos

Quedas no período entre 2007 2012

O supracitado Darksiders II inclusive, falhou em atingir a meta de 1,4 milhão de unidades vendidas, e há quem tema que o game não consiga nem “se pagar”, ou seja, render o mesmo montante que foi investido em seu desenvolvimento.

Esta situação obrigou a empresa a adiar os lançamentos de 3 títulos relativamente importantes por questões mercadológicas. Os games adiados são:

South Park: The Stick of Truth – que foi adiado para o período entre abril e junho de 2013, 

Company of Heroes 2 – adiado para março de 2013,

Metro: Last Light – também adiado para março de 2013.

THQ atualmente tem trabalhado com poucos lançamentos e poucas franquias, tornando esses adiamentos perigosos, pois significam que não teremos nenhum outro lançamento da empresa o fim do primeiro trimestre de 2013.

Os adiamentos são justificados pela empresa como uma chance de melhorar esses games, mas esta não deve ser toda a verdade. A THQ admite que tem trabalhado com poucas franquias, mas declara que isso possibilita um esforço melhor direcionado,que consequentemente melhora a qualidade de seus games.

O presidente da THQJason Rubin – curiosidade: ele é nada mais, nada menos que o co-fundador da Naughty Dog e o criador de Crash Bandicoot! – está confiante, apesar da situação atual. Segundo ele, atrasos não são necessariamente problemas sérios, já que é necessário uma boa quantia de tempo para que um game esteja perfeitamente adequado para ser lançado no mercado.

Aliás, Rubin soltou um comentário interessante sobre a THQ: “Quando eu entrei para a THQ, a companhia fez um compromisso público de produzir títulos de qualidade. Nós sempre esperamos que em alguns casos isto significaria que mais tempo seria necessário para garantir que todos os títulos tivessem a mais alta qualidade possível“.

A situação se agrava ainda mais ao olharmos o cenário dos investidores. As ações da THQ estão despencando: há alguns dias, a crise chegou perto do assustador índice de 60% de queda com suas ações valendo cerca de 3 dólares.

De ontem para cá, as ações sofreram uma nova queda de mais de 50%,  e o valor das ações da THQ está abaixo dos 1,50 dólares! Este panorama gera medo nos investidores e se eles deixarem de investir, a empresa pode acabar sendo vítima de falência! Ou, vendo as coisas por uma perspectiva menos fatalista, a THQ pode acabar sendo comprada por outra empresa, o que poderia ser uma salvação.

Este outro gráfico abaixo mostra a queda assustadora dos preços das ações da THQ nos últimos 5 dias!

Produtora THQ passa por grave crise financeira e adia seus lançamentos

Veja neste link um resumo detalhado da situação fiscal atual da THQ FEITO PELA NASDAQ, bolsa de valores americana.

Com essa situação fiscal delicada, os executivos da THQ declararam que não responderão perguntas sobre os problemas financeiros da empresa.

Esperamos sinceramente que a THQ consiga se recuperar dessa crise, e que suas franquias de sucesso não acabem sendo afetadas de forma negativa.

Força THQ!

(Via CVG, Gamasutra, IGN)

35 Respostas para “Produtora THQ passa por grave crise financeira e adia seus lançamentos”

  • 7 de novembro de 2012 às 10:06 -

    leandro(leon belmont)alves

  • mesmo tendo feito Saints Row 3, Darksiders, o THQ está falindo? só posso esperar que se recuperem desse baque.

    • 7 de novembro de 2012 às 10:52 -

      Henrique Gonçalves

    • Saint’s Row 3 vendeu, mas por algum motivo Darksiders 2 não vendeu tanto que deveria. Sendo que os ultimos jogos da distribuidora foram estes dois e o Warhammer 40K: Space Marine no ano passado, que particularmente gostei muito já que sou fã da série.

    • 7 de novembro de 2012 às 12:10 -

      Adilson

    • Tá falindo? Que triste notícia?

      Mas toda empresa pode ir a falência, geralmente todas vão ou quando não vão uma empresa maior compra e assume as dívidas, é um coisa estranha… mas é assim que funciona no mercado.

      Mas as empresas que estão “no ar” são as mais capacitadas, com mais pessoas preparadas e com regras e metas estabelecidas e com pessoas COM MAIS COMPETÊNCIA E VISÃO DE MERCADO.

      Se ela tá falindo é porque o lado pensante, ta deixando de pensar, pode acreditar nisso… pode ser por desmotivação (principalmente isso) ou por falta de visão mesmo… uma vez que o mercado muda toda hora.. então os “pensantes” também precisam se ajustar… se isso não ocorre… olha o que acontece… kkk

      Mas tomara que ela consiga se recuperar, para o bem dela e o bem de todos nós…

    • 7 de novembro de 2012 às 20:51 -

      zecarlos

    • uma coisa deve-se levar em conta que ainda nao se trata de falencia propriamente dita,e ainda falta muito pra isso,o caso e preocupante….mas nao significa falencia….ainda hehehe….agora de fe eles apostaram tanto em darksiders 2 que quem se surpreendeu com isso sou eu,justamente por nao mostrar nada de muito relevante….de fe,o nao sucesso desse segundo titulo nao me surpreendeu….eu joguei 2 vezes ate o momento e foi o suficiente,prefiro ficar com o darksiders 1 mesmo(o que nao significa que o game seja ruim,ele e bem legal si, mas mas nem tanto tmbm)

  • 7 de novembro de 2012 às 10:14 -

    paulo rafael santos da silva

  • 1,4 milhões?! essa foi foda. É 1,4 milhão.

    • 7 de novembro de 2012 às 10:40 -

      Renan do Prado

    • Foi uma pequena falha, mas valeu por mencionar!

    • 7 de novembro de 2012 às 20:52 -

      zecarlos

    • falou professor pasquale hehehe

  • 7 de novembro de 2012 às 10:16 -

    Ferrark

  • Nooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooo

    :/

  • 7 de novembro de 2012 às 10:17 -

    Ferrark

  • Reage THQ!!!

  • 7 de novembro de 2012 às 10:41 -

    Renan do Prado

  • Torço de verdade pra que a THQ saia desse buraco logo, mas eu meio que prevejo que o Natal desse ano é que vai definir o futuro da empresa

    • 7 de novembro de 2012 às 10:57 -

      Henrique Gonçalves

    • Eu nao acho que o Natal vai os ajudar tanto assim, até agora o unico jogo que eles tem para este natal é a versão de Darksiders 2 para o Wii U, somente isso.

      Eu acho que ano que vem é a ultima tentativa para a THQ se reanimar, sendo que seus três maiores jogos irão sair tudo em uma época similar. Para mim todos estes três jogos tem a chance de ressuscitar A THQ, sendo que a melhor é a Metro Last Light, que já tem uma base de fãs para seguir enquanto Company of Heroes está atingindo os fãs mais antigos e South Park querendo acertar uma demográfica gigante dos fãs da série e de videogames com humor em geral.

      • 7 de novembro de 2012 às 11:04 -

        Renan do Prado

      • O problema é como a THQ vai sobreviver até lá, se no Natal pelo menos o mínimo esperado por atingido já dá pra eles aguentarem até março de 2013, eu acho.

    • 7 de novembro de 2012 às 11:57 -

      Daniel Zimmermann

    • Também torço muito pela THQ, sou grande fã de Company of Heroes, sinceramente um dos melhores games de estratégia de todos os tempos.

      Ótima matéria, espero que chame a atenção não só para a situação da empresa, mas também para a filosofia deles de publicarem jogos de qualidade respeitando o tempo dos criadores.

  • 7 de novembro de 2012 às 11:52 -

    João

  • Uma pena mesmo. O Metro: Last Light está na minha lista para o ano que vem. Apesar que algum grande estúdio pode se aproveitar da crise da THQ e adquirir a empresa e suas franquias e dar continuidade. Coisas do mundo capitalista.

  • 7 de novembro de 2012 às 13:40 -

    DanielWarfare

  • Eu gosto muito da THQ, mas o estado atual dela não é nada animador. Mas tenho fé eu, que mesmo se ela falir, outra empresa grande, irá compra-la. Só torço para que a EA ou a Activision NÃO sejam as compradoras. E pensar que a produção de Saints Row 4 pode ser prejudicada.

  • 7 de novembro de 2012 às 13:55 -

    Renan do Prado

  • Estou acompanhando a NASDAQ aqui, cujo link está no texto, e as ações da THQ estão NESTE EXATO MOMENTO em 1,39 dólar.

    Essa crise está assustadora

    • 7 de novembro de 2012 às 16:00 -

      Renan do Prado

    • 1,22 e caindo….

      • 7 de novembro de 2012 às 16:22 -

        Renan do Prado

      • 1,08!!!!!!!!!!!!!! Não consigo acreditar

  • 7 de novembro de 2012 às 14:06 -

    Thelrys

  • Qualquer coisa a Disney tá aí! Ela tá comprando as grandes empresas mesmo.
    Triste ver uma produtora desse nível correr risco de fechar as portas.

    • 7 de novembro de 2012 às 14:15 -

      DanielWarfare

    • Sai fora, já estou com medo pelo o que a Disney fará com a saga Star Wars. Imagina o que ela faria com darksiders? ou Saints Row? colocar o Mickey neles? ou melhor: Um WWE com personagens da Disney :D

      • 7 de novembro de 2012 às 14:53 -

        Manolo

      • Pára pra pensar: o que de ruim teve com a compra da Marvel pela Disney?

        Isso são questões administrativas, não quer dizer que a empresa terá sua linha criativa de trabalho descaracterizada.

        Star Wars então só se beneficiará com isso.

      • 7 de novembro de 2012 às 15:05 -

        DanielWarfare

      • Eu estou pensando mais em Star Wars meu amigo. Para que mexer nessa saga? para que? Star Wars sempre foi épico e ainda é. Não há a necessidade de “renovar” a serie, esse é meu medo.

      • 7 de novembro de 2012 às 21:00 -

        zecarlos

      • esse assunto nao envolve questoes criativas,portanto nao teremos mikey como pai de darth vader,ou a prinvcesa leia figurando com as princesas disney,da mesma forma que mikey jamais fara um crosssover com o homem aranha…na verdade a disney mantera os nucleos criativos que ela adquiriu funcionando independentes,apenas receberao o selo disney de ser e seus investimentos na area…o unico setor em que realmente pode preocupar e de cinema pois com essa epidemia de produzir blockbusters certamente ela aproveitara franquias de sucesso pra reboota-las consequentemente as atualizando…otimo retorno financeiro por parte da disney e algo incerto para fans de longa data pois os filmes podem ser otimos ou uma merda….em resumo a disney apenas agrega as marcas

  • 7 de novembro de 2012 às 18:24 -

    Rafael Pedro

  • Só pode ser má administração.

  • 7 de novembro de 2012 às 20:45 -

    zecarlos

  • pra aqueles a meses atras afirmavam falencia da nintendo e sony devido suas baixas de venda e dificuldade de vender seus produtos….ISSO SIM PODE SER CONSIDERADO UMA EMPRESA BEIRANDO A FALENCIA…mas eu acredito que ainda e possivel uma recuperacao…mas que e situacao e extremamente delicada …isso e

  • 7 de novembro de 2012 às 23:58 -

    Felipe Augusto

  • Espero que ela consiga sair dessa crise, eu aguardo anciosamente por Metro: Last Light, gostei muito do primeiro apesar de vários bugs!

  • 8 de novembro de 2012 às 02:31 -

    Diana

  • Mais uma vez o sistema financeiro globalizado está engolindo um de seus “escolhidos” e sobrepujando seu poder sobre a arte. Uma frase que parece pura demagogia, mas não deixa de ter sua verdade.

    ——
    Será que isso foi o que fez o Madureira pular fora?

  • 12 de novembro de 2012 às 16:46 -

    Mestresan

  • Isso que dá voces piratearem os jogos….. agora fiquem sem, bando de maos de vaca ! parabens.

    • 17 de novembro de 2012 às 00:57 -

      Diogo

    • Falo tudo Mestresan, por isso eu sempre opto por comprar os jogos….na steam é claro por que se não quem entra em falência é eu. hehehe…

  • 29 de novembro de 2012 às 20:15 -

    Erick Mendonça

  • CARACA!

    • 29 de novembro de 2012 às 20:16 -

      Gabriel Madeira Pessoa

    • Nah, a notícia é do começo do mês, e desde o ano passado eles tão mal das pernas. Mesmo com o relativo sucesso do Saints Row 3 e do Darksiders 2.

    • 29 de novembro de 2012 às 20:24 -

      Erick Mendonça

    • Eu sabia que estavam mesmo antes do Homefront, mas ver o gráfico assim explodiu minha mente xD

    • 29 de novembro de 2012 às 22:20 -

      Douglas Camillo-Reis

    • TH…QUEM? (kkkkk…)

    • 30 de novembro de 2012 às 01:08 -

      William Cristiano Santos

    • Darksiders 2 fez sucesso?!? Achei fraco para toda a propaganda que fizeram, e o Death é bem sem graça…

    • 30 de novembro de 2012 às 01:12 -

      Erick Mendonça

    • Também acho que Darksiders 2 não vai se pagar… não joguei nenhum da franquia, mas vi muita gente reclamando do segundo.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *