RED Canids e seu caminhão: uma “velha nova” maneira de buscar talentos e promover o eSport pelo Brasil

20 de outubro de 2019
Autor: Junior Candido
RED Canids e seu caminhão: uma "velha nova" maneira de buscar talentos e promover o eSport pelo Brasil

O caminhão sempre foi uma ferramenta útil no desenvolvimento. Se aproveitando da expansão das rodovias, que foram a preferência dos governos, durante praticamente todo o século XX, grupos musicais, circos, e muitos outros projetos se utilizavam do caminhão para rodar o país, e levar em várias cidades suas atrações.

Entre os maiores exemplos deste meio, está o Caminhão do Faustão. No ar desde 1989, este caminhão visitava diversas cidades brasileiras, nas quais levava diversos itens, os quais eram sorteados através das famosas cartinhas, enviados pelos espectadores.

E hoje, nesta era tecnológica em que vivemos, o eSport resolveu olhar para este que é uma excelente ferramenta de divulgação local. A RED Canids aproveitou a BGS 2019 para expor o seu caminhão. Chamada de RED Truck HyperX, o caminhão também é uma arena móvel de eSport, equipada com computadores, equipamentos e todo o necessário para partidas de vários games.

A iniciativa busca, além de levar a marca para várias cidades brasileiras, buscar talentos em League of Legends, e Free Fire. Serão 15 novos talentos de LoL e quatro de Free Fire selecionados nas peneiras. Que serão contratados pela RED Canids, e estarão disponíveis para os times de base da organização.

RED Canids e seu caminhão: uma "velha nova" maneira de buscar talentos e promover o eSport pelo Brasil

Para entender melhor esta situação, falamos com Vicenzzo Mandetta, da RED Canids. Ele nos explicou que a ideia da peneira é buscar talentos pelo Brasil, que por questões de grandes distâncias, acabam não sendo descobertos. Foi citado exemplos de bons jogadores que vieram de longe, como o Titan, que veio de Manaus, mas que tiveram uma oportunidade de vir para São Paulo e fazer os testes. A ideia do caminhão é procurar por, entre qualquer razão, mora longe e não consegue se locomover para testes.

Também perguntei sobre a questão do interessado do Interior. A logística não permite a ida a todas as cidades em um país tão imenso. E há estados, como Minas Gerais ou o Amazonas, que são grandes, e ainda assim dificultariam a ida do jogador para a peneira. Mas, para ajudá-los, Vicenzzo nos explicou que a RED Canids escolheu capitais, por facilitarem a locomoção para os interessados, e um tempo grande para uma programação. Já há, no site oficial, todas as datas em todos os locais.

RED Canids e seu caminhão: uma "velha nova" maneira de buscar talentos e promover o eSport pelo Brasil

Vicenzzo acredita que há talentos espalhados em todo o país. O Brasil já é potencial em vários games. E a ideia é escolher os jogadores em um teste bem completo. Além dos testes em games, haverá entrevistas com a comissão técnica e a psicóloga do time. “Ás vezes não adianta você ser muito bom, e não conseguir viver em grupo”, explicou.

E, por fim, a iniciativa não vai apenas ser um celeiro, mas uma grande ferramenta de divulgação. Jogadores do elenco principal da RED Canids estarão nestas etapas, buscando não só selecionar novos talentos, como se aproximar dos fãs. A ideia é fazer da peneira ser um grande evento. O que mostra que, com boas ideias, e vendo o que funcionou lá atrás, o que é sucesso hoje pode atualizar estas ideias e fazer coisas bem interessantes.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *