RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

30 de novembro de 2014
Autor: Junior Candido

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

Muito provavelmente a sua primeira corrida gamer foi em Enduro. Então que tal preparar o capacete e o eterno controle com manche do Atari e dar novamente algumas voltas por lá?

Antes do Crash dos Videogames e em uma época bastante fértil no que dizia respeito a jogos para o Atari 2600, a Activision colocou nas prateleiras Enduro, jogo de corrida que com certeza estava muito a frente de seu tempo, pois mesmo com vários jogos com carros já existentes na época, nosso amigo aqui marcou época e é lembrado até hoje como referência.

Desenvolvido por Larry Miller e lançado no dia primeiro de fevereiro de 1983, o jogo te colocava para participar do Enduro Nacional, uma corrida de longa distância, nos mesmos moldes das 24 Horas de Le Mans. Sua premissa é bem simples mas executada muito bem: ultrapasse um número X de carros durante “o dia” e passe para o próximo dia. Bater nos carros te faz perder tempo e encostar nos cantos da pista diminui a velocidade.

Os pontos eram medidos de acordo com a distância e a velocidade com que você conseguia correr. Ou seja, os mais rápidos e habilidosos eram quem conseguiam fazer as melhores pontuações no jogo. E vendo os jogos de corrida de hoje, podemos dizer que Enduro tem muita influência no que temos à disposição hoje.

Miller projetou um jogo que tinha a jogabilidade influenciada com o clima do momento: um começo “normal” para pegar o jeito, a parte da neve onde o carro fica mais difícil de controlar e a neblina na noite que não nos deixa ver o carro da frente são exemplos de algo que foi muito inovador para a época. E a partir do quarto dia, o jogo fica realmente muito difícil.

Uma longa corrida se inicia

Uma das novidades que Enduro trazia era uma longa corrida com mudanças climáticas e de tempo durante a prova. E na caixa do jogo conheceríamos os locais os quais iríamos passar durante a prova de resistência: os desertos de Baja, na Califórnia, a neve de Montana, as colinas do Tennessee e a neblina de New England. Agora que já conhece os locais da prova, coloque o capacete e vem com a gente!

Deserto de Baja – Califórnia

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

A prova começa no deserto, local que permite muita velocidade e pouca dificuldade em ultrapassar os carros. Algumas curvas existem mas geralmente o trajeto é feito em linha reta.

Neve de Montana

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

Para muitos, a parte mais chata do jogo. Aqui seu carro fica difícil de se guiar e demorado para acelerar. É um dos locais que praticamente exige do jogador batida zero para não perder posições e falhar na sua busca pelo primeiro lugar.

Colinas do Tennessee

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

Passando as montanhas, temos as colinas e a jogabilidade volta a melhorar um pouco. O dia vai virando noite e aos poucos o cenário vai ficando escuro até chegarmos a…

Neblina de New England

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

… noite e depois na neblina em New England. Aqui todo cuidado é pouco, pois na noite fria a neblina cobre toda a tela não te deixando ver os carros que estão na frente, a não ser por alguns metros. Aí passada a neblina, o dia começa a amanhecer e conquistado o primeiro lugar, um novo dia se inicia novamente nas colinas verdes do Tennessee.

Enduro tem um final sim ou não?

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

A resposta para esta pergunta é sim… e não. Como qualquer jogo para Atari, não temos necessariamente um final com animações como acontece nos jogos que foram lançados depois mas existia sim algo para quem fosse mais longe no jogo. A partir da quinta volta (ou quinto dia, ou quinto ano, seja lá como você chamava as voltas) completa, um troféu aparecia na tela do jogo como uma representação de que você é um vencedor no jogo.

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

E o mais legal era o que a Actvision fazia com quem mandava as fotos com o troféu para eles: um patch era enviado para a casa do jogador com os dizeres: “Activision Roadbuster”.

Curiosidades

  • Embora cada um chamava a “volta” em Enduro de várias coisas, o que de fato estávamos correndo era uma corrida de 24 horas. Então se você também chamava as voltas de “dias”, esteve sempre certo!
  • Steve Jobs trabalhou na Atari antes de fundar a Apple. E lendas urbanas dizem que ele esteve envolvido com o desenvolvimento de Enduro. Como jogos daquela época não tinham créditos (Enduro tinha o nome de Miller na capa, mas era raridade isso), não dá para ter um sim nem um não para este fato.
  • Foi o último sucesso da Actvision para o Atari 2600 antes da crise dos videogames de 1984.
  • Embora tenhamos a impressão de que estamos pilotando carros de Fórmula 1, a capa de Enduro mostra carros de corridas de resistência, o que tem mais a ver com a proposta do título. Pole Position, seu concorrente sim era um jogo sobre corridas de F1.
  • Como já mencionamos acima, os locais pelos quais corremos durante o dia corresponde a lugares reais, obviamente tendo que usar a imaginação para “sentir-se” nos locais já que as limitações permitiam muito pouco em relação a referências.

O legado de Enduro

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

Mesmo em seu lançamento, Pole Position da Namco já trazia corridas em um formato semelhante a Enduro, mas o jogo da Activision foi quem inovou ao mudar a controle do carro de acordo com o tempo ou o local a ser caminhado. A partir daí com certeza jogos como Out Run, Top Gear e tantos outros bons games de corrida tem sim um pouco do DNA de Enduro em seus circuitos.

E hoje? Como posso jogar Enduro?

RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro

Obviamente, Enduro é um jogo que deve ser jogado sempre. É lógico que o ideal a se fazer é descolar um Atari e um cartucho para jogá-lo. Mas seja qual for o motivo que te faz não ter um Atari 2600 em casa, a Activision sempre foi muito generosa com seus clássicos e eles acabam aparecendo em qualquer lugar, seja por iniciativa da própria desenvolvedora ou por pequenos estúdios que conquistam autorização.

Temos Enduro no Playstation, no Xbox, no iPhone e no Android, isso só para mencionar alguns lugares onde se jogar. Ou seja, desculpas para não experimentar este clássico dos jogos de corrida você não vai ter mesmo.

3 Respostas para “RetroArkade: Acelerando tudo nos desertos, na neve e na noite de Enduro”

  • 30 de novembro de 2014 às 12:27 -

    Giovani

  • Ótimo texto,ótimo texto mesmo Junior!Enduro é fantástico,assim como a maioria dos jogos da Activision no Atari.Olha,eu sou da época do Atari,jogava loucamente de tudo neste console,ainda não havia Master ou clones de NES no Brasil,e eu me divertia muito.Sério,não tem absolutamente nada a ver com nostalgia.É que jogos bons simplesmente são eternos,e Enduro é um exemplo disso.A contextualização das imagens com o plano de fundo das fases ficaram ótimas,gostei muito mesmo,valeu!

  • 22 de maio de 2015 às 00:53 -

    Julio Montalvão

  • Puxa galera ainda ninguém falou desse clássico, beleza to aqui meu nome é Julio e jogo Enduro até hoje. Em 1986 ia nos “Shops” da epoca Eldorado Morumbi entre outros para jogar não tinha grana para comprar o console, bem só tenho uma coisa a falar e não sei se vai acabar com a imagem do jogo, quando jogava via nitidamente um carro de formula correndo certo dia minha filha falou que era uma aranha correndo e desviando… nunca mais consegui ver o “carrinho” novamente. Valeu galera

  • 5 de agosto de 2015 às 15:04 -

    Décima Arte

  • A pergunta que não quer calar! Por que até hoje nunca mais fizeram um jogo com a mesma formula do enduro? ou seja correr tentando ultrapassar centenas de carros durante varia mudanças de climas.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *