Rumor: CEO da Activision Blizzard estaria escondendo informações sobre demissões na companhia

18 de janeiro de 2022
Rumor: CEO da Activision Blizzard estaria escondendo informações sobre demissões na companhia

O site Wall Street Journal publicou recentemente uma reportagem que revela um rumor de que o CEO da Activision Blizzard, Bobby Kotick, estaria escondendo do público e dos acionistas da companhia, um grande número de demissões de funcionários, porque “faz a situação parecer pior do que já está“.

Segundo a reportagem, desde que os problemas da companhia vieram á tona e o CEO se comprometeu a tomar atitudes para mudar isso, 37 funcionários saíram da companhia (por demissão ou por vontade própria) e outros 44 foram disciplinados. No entanto, Kotick estaria trabalhando ativamente para esconder esses números, que refletem a grande quantidade de envolvidos nos casos de abusos sexuais, racismo, e outras denúncias feitas por funcionários.

Uma representante da Activision Blizzard confirmou os números citados acima ao Wall Street Journal, porém negou uma informação obtida pelo jornal de que mais de 700 reclamações de má conduta foram feitas oficialmente desde que investigações oficiais começaram a ser feitas dentro da companhia.

Vale lembrar que as denúncias feitas contra a companhia revelaram que Bobby Kotick tinha conhecimento e envolvimento em casos de abusos, ao ocultar esses problemas em reuniões de investidores e ao agir diretamente para impedir que membros de alto escalão denunciados por abusos sexuais fossem punidos.

Kotick, no final do ano passado, chegou a comentar que “consideraria” deixar sua posição de CEO se não fosse capaz de lidar com a situação. Porém, dados os números de demissões e o rumor de que o CEO continua tentando negar e esconder os problemas da empresa, cresce ainda mais a pressão da mídia e dos funcionários da Activision Blizzard para que ele deixe a companhia imediatamente.

Porém, hoje tivemos a notícia de que a Microsoft comprou a Activision Blizzard por cerca de 70 bilhões de dólares. E Bobby Kotick continuará como CEO da companhia após a aquisição, de acordo com o próprio Phil Spencer.

Reveja a história das denúncias e o desenrolar dos processos contra a Activision Blizzard desde o começo em nossa série de artigos sobre o assunto.

(Via: Kotaku)

Uma resposta para “Rumor: CEO da Activision Blizzard estaria escondendo informações sobre demissões na companhia”

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *