Sabe quando você perdia uma luta impossível em Street Fighter 2? Pois era a CPU roubando

25 de setembro de 2019
Autor: Renan do Prado
Sabe quando você perdia uma luta impossível em Street Fighter 2? Pois era a CPU roubando

Todo mundo já teve aquele momento que estava jogando algum game, qualquer um, perdeu uma partida e deu aquele grito de pura raiva e frustração: “Esse jogo tá me roubando!”. Pois quer saber uma novidade? As vezes, o game estava realmente roubando!

O canal de youtube Desk, especializado em jogos de luta, fez uma extensa análise de diferentes versões de fliperama de Street Fighter II, constatando algo muito interessante: A CPU rouba nas lutas, e rouba muito! Durante uma partida, a CPU pode se comportar de muitas maneiras diferentes que simplesmente vão totalmente contra as “regras” do próprio game, fazendo com que o jogador tenha uma chance maior de perder, independente de sua habilidade.

Confira abaixo o vídeo, que mostra todas as jogadas sujas que o game faz, comparando ainda com o modo de 2 jogadores, em que essas trapaças não ocorrem:

o vídeo mostra em detalhes várias das trapaças que o game usa para derrotar o jogador, como invencibilidade temporárias, simplesmente anulando ataques do jogador. O tempo de atordoamento da CPU após receber muitos golpes é reduzida a 1/5 do tempo que um jogador humano sofreria, simplesmente recuperando o personagem da CPU instantaneamente.

Outras trapaças estão nos agarrões, em que a CPU pode segurar o jogador e drenar toda sua barra de HP, pois é capaz de “pressionar” botões em velocidades impossíveis para humanos. O game ainda pode simplesmente ignorar a defesa dos jogadores em diferentes situações.

E por fim, a trapaça mais sem vergonha: O game pode instantaneamente usar ataques especiais que precisam de tempo para serem carregados. Como o Flash Kick de Guile. Para usar esse golpe você deve segurar baixo por 2 segundos, cima e chute. A CPU pode fazer isso sem precisar sequer fazer o personagem agachar, muitas vezes chegando até a fingir que está agachando antes de executar o golpe!

Não é segredo para ninguém que arcades e fliperamas eram construídos para vencerem o jogador na maior parte do tempo, com games dificílimos como jogos de luta e clássicos como Metal Slug, em que o jogador morria muito. Afinal, seus objetivos eram sugar o máximo de fichas dos jogadores. Porém agora, você pode bater a mão no peito e falar que aquele jogo que te roubou algumas fichas, realmente pode ter te roubado!

(Via: Kotaku)

4 Respostas para “Sabe quando você perdia uma luta impossível em Street Fighter 2? Pois era a CPU roubando”

  • 25 de setembro de 2019 às 17:20 -

    Santos

  • A matéria tava até boa quando o autor lascou-lhe um “fixas”(fichas) no final. Quando não caga na entrada caga na saída…

    • 25 de setembro de 2019 às 17:33 -

      Renan do Prado

    • Já corrigi. Mas sobre “cagar” a matéria ou não, bom, vou deixar isso de lado.

  • 26 de setembro de 2019 às 22:01 -

    Helinux

  • ¨E por fim, a trapaça mais sem vergonha: O game pode instantaneamente usar ataques especiais que precisam de tempo para serem carregados. Como o Flash Kick de Guile. Para usar esse golpe você deve segurar baixo por 2 segundos, cima e chute.¨Talvez esse seja o maior roubo das máquinas antigas de luta…tanto street fighter, tanto Mortal kombat tinha isso. A verdade é que se não tive-se essa ¨roubalheira¨talvez o game em si se tornaria fácil demais com o tempo…já que muitas pessoas sempre perdiam um Round de propósito para ter o terceiro round e assim durar mais tempo jogando!!! bons tempos!!!!

  • 29 de setembro de 2019 às 01:09 -

    Andre Araujo

  • Ulha! Sempre me perguntei como fazer esses especiais sem carregar, mas agora faz mais sentido!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *