Seis anos depois, veja como está Dovahkiin, criança que recebeu este nome por causa de Skyrim

13 de agosto de 2018
Autor: Junior Candido
Seis anos depois, veja como está Dovahkiin, criança que recebeu este nome por causa de Skyrim

O Dovahkiin de Skyrim, e o da vida real. Créditos: Games Radar.

11 de novembro de 2011, ou 11/11/11. Neste dia, os fãs de The Elder Scrolls comemoraram um dia muito especial, afinal, o quinto game da série, Skyrim, finalmente havia chegado para saciar a sede de exploração e aventura. E, talvez você se lembre, a expectativa com o lançamento era tanta, que a Bethesda prometeu dar jogos para o resto da vida para as crianças que nasceram neste dia, e foram batizadas com o nome Dovahkiin.

A “promoção” era simples: bastava a criança nascer no dia do lançamento, e receber o nome do protagonista de Skyrim, e pronto: uma chave Steam libera, para pais e filhos, jogos da Bethesda pelo resto da vida, dos clássicos aos que nem foram projetados ainda.

Quase sete anos depois, Eric e Megan Kellermeyer seguem recebendo games da Bethesda de graça, afinal, foram eles que apresentaram ao mundo, no dia 12 de novembro, o bebê Dovahkiin. E, enquanto o próximo Elder Scrools oferece apenas este trailer, a Games Radar procurou a família Kellermeyer para ver como a criança está.

Seis anos depois, veja como está Dovahkiin, criança que recebeu este nome por causa de Skyrim

Dovahkiin ainda prefere jogar Snoopy, mas em breve explorará o mundo o qual já gosta tanto. Crédito: Games Radar

Para o veículo, Megan explicou que não acreditou muito na proposta da Bethesda. Mas seu marido sim. Ele não tinha dúvidas que a empresa iria cumprir com sua palavra. Mas havia uma dúvida em comum. Eles não sabiam se o prêmio seria dado a todos os possíveis pais que batizassem assim seus filhos, ou se apenas uma pessoa dentre os “concorrentes” levariam a desejada key.

Outro fator bem curioso, aconteceu com família e amigos. Ao saber da situação de batizar a criança com um nome não muito comum, todos apoiaram. A mãe contou que ela estava mais ansiosa pela chegada do bebê do que pelo jogo, mas esta situação única, que geraria um bebê de nome único, acabou cativando-a para a promoção. E todos adoraram o nome!

“Mamãe, este é o meu jogo”!

Além disso, um “truque” foi feito no cartório. Dovahkiin recebeu também o nome do meio Tom, para caso houvesse problemas com a criança, na escola, por exemplo, eles poderiam recorrer a este “segundo nome”. Porém, a família afirma que a criança adora seu nome, e inclusive pede a eles que não o chamem por apelidos.

Seis anos depois, veja como está Dovahkiin, criança que recebeu este nome por causa de Skyrim

Assim, os Kellermeyer tiveram que lidar com as reações da Internet, as boas e as ruins. A comunidade de Elder Scrolls se uniu para desejar felicidades ao bebê Dovahkiin. Mas também houveram aqueles que, de alguma forma, apareceram com os “comentários tóxicos”.

Para eles, Megan deu a melhor dica possível. “Deixe-os morrer de fome, não leio posts tóxicos. Meu único arrependimento foi a foto que postamos do bebê, pois foi de um telefone horrível”, brinca. E, é claro, a conta Steam de Eric está com a coleção completa da Bethesda. Pois a empresa continua a cumprir sua palavra, e ele segue recebendo todos os jogos.

Dovahkiin ainda não está em uma idade adequada para aproveitar pra valer um game da Bethesda. Porém, de acordo com seus pais, adora seu nome. Já se familiarizou com seu nome e várias vezes, ao apontar Elder Scrolls, diz: “mamãe, este é o meu jogo!”. Sem Fallout ou Skyrim, a sua diversão acontece com Snoopy, LittleBigPlanet e Slime Rancher.

Seis anos depois, veja como está Dovahkiin, criança que recebeu este nome por causa de Skyrim

A criança segue fazendo sucesso entre os fãs do jogo. “Eu vejo um sorriso aparecer, e nenhuma palavra é necessária”. Explica Megan, sobre encontros com jogadores de Elder Scrolls, quando encontram Dovahkiin. Porém, o engraçado é que, apesar do nome, apenas Eric é quem segue se dedicando aos jogos da Bethesda. Mas os pais dizem que, quando ele quiser, Dovahkiin poderá controlar a si mesmo em Skyrim. E assim, descobrir as razões que o fazem ser tão querido quando encontrado na rua.

Você pode conferir a matéria completa na Games Radar, em matéria de Alex Avard.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *