Top 10 Arkade: As melhores telas de game over de todos os tempos

23 de janeiro de 2018
Autor: Junior Candido

Top 10 Arkade: As melhores telas de game over de todos os tempos

Tomar Game Over em um jogo é sempre desagradável, mas também é uma oportunidade para que os desenvolvedores caprichem e ofereçam telas inesquecíveis. Hoje vamos ver juntos dez das melhores telas de game over já produzidas. Pelo menos diminui um pouco a nossa raiva…

Ninguém quer encarar uma tela de Game Over, é sempre chato ter seu jogo interrompido por alguma imagem ou tela que indica que todas as suas chances foram por água abaixo e terá que começar tudo de novo. Só que, em meio a este sentimento de raiva, relembrar algumas destas telas também serve para relembrar os bons momentos que passamos com tais games, por isso vamos passear pela história dos “finais” dos jogos e conferir as mais especiais, vamos nessa?

10. Road Rash

Não contente em te ajudar a perder, o Road Rash para 32-bits ainda faz o favor de tirar uma com a sua cara, utilizando da tendência da época de vídeos em FMV para mostrar seu personagem ser preso, tomar umas boas pancadas, ou ainda levar o fora em público de uma garota no meio de todo mundo. No mínimo, humilhante.

9. Final Fight

Os jogos de pancadaria da Capcom eram dramáticos por natureza em suas telas de game over, funcionando como um meio de que você pudesse “salvar” o herói derrotado ao custo de mais uma ficha. Entre várias telas de seus jogos, nossos leitores destacaram Final Fight, com o personagem capturado e amarrado com uma dinamite prestes a explodir. Se você alimentar a máquina com mais uma ficha, seu personagem é resgatado e volta para a ação, caso contrário…

Vale destacar por aqui também a tela de Cadillac and Dinosaurs, com o vilão apontando a arma para a sua cara, e a de Punisher, com o herói sendo ressuscitado por Nick Fury.

8. Mortal Kombat 4

No primeiro Mortal Kombat, já havia uma cena dedicada para uma queda da ponte em The Pit, como um Fatality de cenário. O mesmo acontece no segundo game da série, desta vez com a câmera acompanhando o personagem até o chão. Mas no quarto jogo da série, tal tela faz parte da tela de game over, sempre tão “comum” nos jogos anteriores.

Desta vez, você precisava dar continue no jogo antes de que seu lutador caísse em meio a enormes lanças fincadas no chão, salvando-o da morte iminente. Com direito a animação do “fim” do guerreiro caso o contador chegasse a 0.

7. Call of Duty 4: Modern Warfare

A frustração de não se conseguir avançar no primeiro Modern Warfare pode vir acompanhado de uma dica, como a de tomar cuidado com granadas ou a como lidar com cães, mas o que a deixou marcante são as várias frases que aparecem enquanto a tela fica embaçada. Dentre elas podemos mencionar algumas:

Na Guerra, a verdade é a primeira vítima – Ésquilo

A criação deve colocar fim na guerra, ou a guerra poderá colocar fim na criação – John F. Kennedy

Enquanto existirem homens, existirão guerras – Albert Einstein.

6. Dungeons of Dredmor

Parabéns, você morreu! Seguido de uma lápide com a “causa de sua morte” e seu score no jogo, o divertido Roguelike, que parece ter saído daquelas revistas de 400 jogos para PC dos anos 90, gosta de tirar uma com a sua cara cada vez que você morre, somando a isso o fato de que você precisa fazer tudo de novo, pois o game over aqui é permanente, o que garante a oportunidade de uma atirada de teclado na parede, dependendo da situação.

5. Grand Theft Auto 5

Top 10 Arkade: As melhores telas de game over de todos os tempos

SE FU***! É assim que o GTA 5 te “parabeniza” quando tudo dá errado no jogo. GTA sempre foi sacana quando o assunto é tirar sarro da cara do jogador, mas no seu quinto game eles literalmente bancam o Nelson Muntz dos Simpsons, apontando o dedo na sua cara e tirando sarro sem dó nenhuma. Pelo menos o retorno ao game é mais ameno do que os outros, com uma “passadinha” na delegacia ou hospital, o pagamento de um valor e vida que segue.

4. Dark Souls

Top 10 Arkade: As melhores telas de game over de todos os tempos

O caso de Dark Souls vai mais pelo seu próprio gameplay do que a tela de game over em si. Primeiro, porque os jogadores do game assistem essa cena mais do que reprise de Vale a Pena ver de Novo e, segundo, pelo fato desta tela, ao contrário de desmotivar, funcionar como uma adrenalina extra para que você tente de novo, de novo e de novo, até conseguir avançar no game.

3. Resident Evil 2

YOU DIED! Isso já é bem difícil de aceitar, mas em Resident Evil 2, além de encarar esta frase, ainda é possível assistir seu personagem já sem vida sendo engolido vivo por zumbis, cachorros ou seja lá quem foi que o atingiu de maneira mortal.

2. Metal Gear Solid

Snake… SNAAAAAAAAKE!!!! Só este grito já resume o que significa o Game Over em Metal Gear Solid. Snake executa a sua missão em Shadow Moses com o uso de um Codec, um comunicador que o liga a toda a sua base de operações, que dá a ele contato direto a operadora de saves, Mei Ling, ao seu chefe na operação, Roy Campbell, e tantos outros. Por conta disso, quando eles perdem contato com Snake na sua morte, o desespero toma conta da base de operações, com gritos dramáticos de seus parceiros enquanto a tela Game Over vai aparecendo na tela. Tal tela continuou a existir nos jogos seguintes, com uma leve adaptação aqui e ali, quanto ao enredo do jogo.

1. Batman Arkham

Uma das piores coisas que podem acontecer com alguém é estar perto da morte e ter que encarar a provocação de quem te atingiu com o golpe mortal. E é isso o que acontece com os Batman’s que perdem a vida durante as suas aventuras pelos jogos da série Arkham. Você é obrigado a olhar “do chão” Pinguim, Coringa, Bane e tantos outros vilões do Homem-Morcego dando a “extrema unção”, enquanto assistem ao morcego perder a vida.

Marcante desde o primeiro jogo e presente em todos os jogos da série, esta provocação é só mais uma das muitas maneiras que a Rocksteady brilhantemente te insere no universo de Arkham. E, esta tela fica ainda pior quando você não consegue passar de um determinado ponto do jogo, como um chefe, que faz com que ela de fato fique na memória de todos nós, ficando em nossa primeira posição justamente por ser tão marcante.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *