Tudo que você deve saber sobre o Google Buzz

10 de fevereiro de 2010
Autor: Fábio Torres

Tudo que você deve saber sobre o Google Buzz

O Google lançou hoje mais uma ferramenta de mídia social, o Google Buzz. No entanto, tal qual foi com o Wave, ninguém sabe qual é a verdadeira função ou o que ele traz de novo para nossas vidas. Por isto, a Arkade fuçou o Buzz e trouxemos para você nossas primeiras impressões da nova ferramenta.

O que é?

O Buzz é uma ferramenta que surgiu em várias contas de Gmail hoje (10/02). Trata-se de um microblog: você pode compartilhar opiniões, fotos, vídeos, notícias e tudo o que vier à sua mente.

Tipo o Twitter e os blogs normais?

Sim, tipo o Twitter e os blogs normais.

Como funciona?

Você pode postar o que quiser no Buzz: textos, fotos, notícias, vídeos, etc. Sua “buzzinada” (apelido carinhoso dado aos posts do Buzz) aparece então para todos os seus contatos do Gmail. Ele então podem comentar seu post – similar ao Facebook, que também permite comentar suas mudanças de status.

Tudo que você deve saber sobre o Google Buzz

Interface do Buzz dentro do Gmail

E quais são as vantagens do Buzz?

Ele junta em uma única interface suas atualizações do Picasa, Flickr, Google Reader, Blogspot, Youtube, Bate-papo do Google e Twitter (sim, Twitter – porque redundância pouca é bobagem). Seus posts no Buzz ainda aparecem na sua conta do Gmail. Você também pode usá-lo diretamente do celular smartphone, que ainda posta sua localização junto com sua “buzzinada”. Pelo celular, também é possível ver o que outras pessoas estão postando em lugares próximos de onde você está.

E as desvantagens?

A principal delas é a redundância. Por ser parecido com o Twitter e com blogs e outros sites/redes sociais, muitos usuários parecem “rejeitar” o Buzz logo de cara, mas, tal qual foi com o Wave, a situação pode mudar conforme o tempo passar. Outra desvantagem é ele estar limitado apenas a usuários do Gmail, que, apesar de serem muitos, ainda assim é uma limitação.

O veredito

Tal qual o Wave, ninguém sabe de onde veio o Buzz, nem para quê ele serve, muito menos se ele tem futuro. Com o tempo, ele pode vir a ser uma ferramenta útil, principalmente na sua versão celular: você poderá ver, por exemplo, o que as pessoas estão falando do tempo ou do trânsito de onde você está. No entanto, ele ainda deve encontrar grande rejeição dos internautas por ter que encarar outras redes sociais mais famosas, como o Twitter, o Facebook e o Blogspot.

Veja o vídeo oficial do Google explicando o Buzz:

3 Respostas para “Tudo que você deve saber sobre o Google Buzz”

  • 10 de fevereiro de 2010 às 16:10 -

    Leonardo

  • O wave teve um alarde extremamente grande, todos queriam, me incluo nisso, e descobriram que ele é um compartilhador de espaço de trabalho, não é para todos é para alguns…

    Talvez por conta disso todos estejam de certa forma querendo ver como vai ser esse Buzz, acho que é possível ter sucesso já que esse tem um universo bem mais amplo e o foco é o usuário caseiro, diferente do que a Microsoft disse que aquele que usa o Gmail corporativo nunca usaria o Buzz.

  • 10 de fevereiro de 2010 às 20:26 -

    Renato Tarantelli

  • Será que vai fazer o mesmo sucesso que o Google Wave? Tomara que não!

  • 11 de fevereiro de 2010 às 13:26 -

    MarGGa

  • Achei o Buzz super prático. Ficar correndo de lá para cá, às vezes é cansativo e deixamos muita coisa para trás.
    ABÇão

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *