Turma da Mônica oferece gibis gratuitos no seu app durante a quarentena

28 de março de 2020
Autor: Junior Candido
Turma da Mônica oferece gibis gratuitos no seu app durante a quarentena

A Turma da Mônica está ativa na luta contra o coronavírus. Além de “fazer o Cascão lavar as mãos”, a turminha participa de outras ações. Até um “plano infalível” do Cebolinha deu certo. Os moradores do Bairro do Limoeiro, em quarentena, estão preparando meios para proteger suas casas do vírus. E, através de informações compartilhadas com o Estado de São Paulo, foi explicado algumas destas ações.

Com apoio do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a cartilha Saiba Tudo sobre o Coronavírus – Parte 2, trará informações para a família inteira se prevenir contra o vírus e sua doença, o covid-19. Cascão vai estrelar a capa, com a imagem já conhecida que diz pra ele “lavar as mãos”. O material também traz orientações para idosos e pessoas com doenças crônicas.

“É um momento novo para todos nós. Percebemos que um grande desafio que os pais enfrentam é ocupar crianças e jovens nesse período em que não podem ter contato com os amigos”, explica Mônica Sousa, diretora executiva da MSP, que está trabalhando em home office, como todos os funcionários da produtora. “Estou seguindo as orientações e me mantendo em quarentena. Tenho contato com meu neto todos os dias, usando a tecnologia. Gosto de ver a carinha dele e mandar beijinhos virtuais. Estamos longe fisicamente, mas juntos no carinho.”

Gibis de graça no celular e tablet

Para ajudar as famílias a continuarem em casa, o aplicativo Banca da Mônica oferecerá 188 gibis da turminha gratuitamente. É possível baixar o aplicativo no Android e iOS, e, até o dia 25 de abril, o acesso gratuito funcionará para a sessão “clássicos” do aplicativo, que oferece quadrinhos desde os anos 50 da turminha, até alguns exemplares da Turma Jovem.

As redes sociais da Turma da Mônica também tem compartilhado historinhas e curiosidades. E, com o bom humor característico da presença online da turminha, o #JustiçaParaSecundários fala mais de personagens “secundários” da turma, como o Zé Lelé, Milena, Jotalhão e o Xaveco, o mais “zoado” por ser “secundário”.

“Já fizemos mais de 200 campanhas institucionais sobre os mais diversos assuntos, desde o meio ambiente à saúde, passando pelos direitos da criança. Sentimos que é nossa responsabilidade levar esse tipo de informação ao nosso público”, diz Mônica, inspiração para a protagonista inventada pelo pai, Mauricio de Sousa. Fazer um vídeo com cuidados diante da pandemia está nos planos da empresa.

A Turma da Mônica tem trabalhado também e compilados de animações com os traços clássicos e os personagens da Mônica Toy, na maratona chamada de M.I.G.O.S. Estarão disponíveis os episódios mais vistos da década, e um especial com os bichinhos da turminha. A empresa dobrou a publicação de conteúdo, para as crianças curtirem as aventuras durante a quarentena, com a promessa de novidades duas vezes por semana no canal do YouTube oficial.

Plano Infálivel que dá certo, Cascão que lava as mãos e homenagem a cientistas

Ninguém imaginaria isso, mas enfim um plano infalível do Cebolinha funcionou. A capa da primeira cartilha, Saiba Tudo sobre o Coronavírus, traz o menino do cabelo espetado em seus famosos planos, mas com o coronavírus de alvo, ao invés da Mônica. A cartilha fala sobre os principais sintomas e formas de contágio.

Turma da Mônica oferece gibis gratuitos no seu app durante a quarentena

A cartilha traz informações úteis, lembrando o fato de que não há, ainda, tratamento direto ou vacina para evitar a covid-19, e uma lista de recomendações, para a proteção de todos. E o Cascão também ilustrou uma nova campanha sobre o tema. Com o tema “Lavar as mãos salva vidas”, o quadrinho ensina sobre o ato de higiene, na prevenção de doenças.

Turma da Mônica oferece gibis gratuitos no seu app durante a quarentena

E, para homenagear cientistas brasileiras que seguem na luta em pesquisas para curas, prevenções e tratamentos, Magali e Milena se vestiram de cientistas, homenageando as brasileiras Ester Sabino, diretora do Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo (USP), e Jaqueline Goes de Jesus, pós-doutoranda na Faculdade de Medicina da USP.

As duas estiveram à frente da equipe que desvendou o sequenciamento do genoma do novo vírus. E apenas dois dias depois da confirmação do primeiro caso da doença no país.

Turma da Mônica oferece gibis gratuitos no seu app durante a quarentena

O desenho segue o projeto #DonasDaRua, que tem apoio da ONU Mulheres e apresenta mulheres, do Brasil e do mundo, que se destacam nos mais diversos campos: ciência, arte e esporte.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *