Turquia aumenta impostos de videogames no país em 50%

23 de abril de 2020
Autor: Junior Candido
Turquia aumenta impostos de videogames no país em 50%

A Turquia anunciou nesta semana um aumento de impostos para vários produtos importados no país. A medida inclui produtos têxteis, sapatos, peles, e até os videogames. O aumento é variado entre cada produto, mas, no caso dos games, o aumento foi bem severo.

De acordo com o HaberTurk, os videogames terão um aumento de imposto de 50% dentro do território turco. O aumento, temporário, ficará em vigor até o dia 30 de setembro de 2020, quando diminuirá para 20%. Esta medida, como foi observada pelo Bloomberg, faz parte de um pacote de medidas protecionistas do governo turco.

Devido ao coronavírus, as exportações no país registraram uma queda de 30%. Assim, a Turquia acredita que, desta forma, protegerá a sua economia, promovendo a compra de produtos nacionais. O problema é que, no país, não há fabricação de consoles. Sony e Microsoft operam na Turquia, mas os consoles são todos importados. E a Nintendo, embora não tenha operações no país, tem seus consoles vendidos por importadores.

Logo, todos os consoles e jogos, sofrerão este aumento, sem uma alternativa nacional. No Brasil, por exemplo, o Xbox One S é fabricado no país, e em um cenário semelhante ao da Turquia, não sofreria mudanças de preço. Enquanto o Xbox One X, importado, ficaria 50% mais caro com este aumento.

Tais medidas poderão impactar diretamente o preço, e o planejamento de Playstation 5 e Xbox Series X na Turquia. De acordo com esta pesquisa, o país movimentou US$ 380 milhões durante 2020, sendo o 23º maior mercado no mundo. Os números são relevantes, mas ficam muito atrás de países como o Reino Unido (que movimenta mais de 3 bilhões de dólares). O que não incentivaria, em um primeiro momento, que as empresas de games pensem em fabricar consoles no país. Neste ranking, o Brasil é o 15º maior mercado, e movimenta US$ 776 milhões com games.

Uma resposta para “Turquia aumenta impostos de videogames no país em 50%”

  • 23 de abril de 2020 às 20:10 -

    Helinux

  • Assim como no feijão, arroz, gás de cozinha e games…tem sempre alguém querendo ganhar mais na hora da merd…!!!! valeu!!!! Não existe solidadariedade nesse mundo em que vivemos…o próprio homem é o capeta e ta aí o resultado!!!! São poucos que se dizem solidários e poucos que são realmente solidários!!!! valeu!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *