O Wonder é um smartphone Android que terá configurações high-end e um dock como o do Switch

16 de maio de 2018
Autor: Junior Candido

O Wonder é um smartphone Android que terá configurações high-end e um dock como o do Switch

Consoles que utilizam o Android já são bem comuns, após a aposta do Ouya, do Shield, ou dos microconsoles. Mas nem por isso, significa que eles precisam ser todos iguais, e não tentar nada de diferente. Desta vez, a startup Wonder é quem quer convencer os gamers de que é possível usar o sistema operacional do Google para providenciar boas experiências com videogames.

Um protótipo foi apresentado para a equipe do The Verge, que foi criado por Yves Behar, nome conhecido em design industrial no Vale do Silício. O Wonder é basicamente um smartphone como todos os outros, mas que roda uma versão personalizada do Android, chamada de WonderOS, que permite que a companhia possa fazer overclock no processador gráfico do dispositivo, garantindo que ele também possa transmitir a imagem em uma TV quando colocado em um dock, em um sistema semelhante ao que vemos no Switch.

O produto, segundo seu co-fundador Andy Kleinman, tem planos de começar a ser vendido no ano que vem, em um pacote que acompanhará um smartphone, o dock, um controle e acesso a um conjunto de serviços. O dock, assim como o Switch, vai permitir jogar jogos na tela grande, enquanto o serviço o qual o dono terá direito trará acesso a jogos originais, títulos de terceiros otimizados para o aparelho, opções de mídia e jogos via streaming, além de vários recursos que o fariam também ser uma central de entretenimento. Ah, e vale lembrar que Wonder não é o nome oficial.

O Wonder tenta buscar vencer em um terreno bem difícil. O Ouya tentou, mas não vingou, enquanto a NVidia apostou em seu Shield, que também não conseguiu convencer os gamers. A Sony, em se tratando de portáteis, também passou por altos e baixos em sua investida, com o PSP e o PS Vita, mas decidiu que, embora com o seu atual portátil faça sucesso na ásia, não irá mais dar suporte ao ocidente, como já deixou claro, não fabricando mais mídia física para ele. No mundo dos smartphones, Razer Phone busca conquistar espaço, a Xiaomi também, mas o pessoal da Wonder se inspirou foi na versatilidade do Switch, para fazer as suas apostas.

Segundo seu criador, a ideia não é simplesmente copiar o Switch, já que ele não tem alguns elementos importantes para o sucesso da Nintendo, como Mario e Zelda. O que o Wonder quer é criar uma marca de entretenimento, com a versatilidade do console híbrido. Algumas melhorias em comparação ao seu “rival” estão sendo projetadas, como o desempenho de bateria e uma biblioteca de jogos diferente, já que o aparelho será high-end e terá Android, além, claro, de buscar apoio na comunidade que, na visão da startup, será fator fundamental para o seu sucesso.

A equipe tem muito trabalho pela frente. Além de construir o projeto, eles precisam se alinhar com fabricantes de componentes de smartphones, para produzir o melhor produto possível, com desenvolvedores de jogos, pois sabemos que consoles, por melhor que sejam, sem games convincentes fracassam — e fracassam feio — e, principalmente, com a comunidade, pois serão eles quem farão o Wonder conquistar a atenção tão desejada em um mercado tão competitivo.

2 Respostas para “O Wonder é um smartphone Android que terá configurações high-end e um dock como o do Switch”

  • 16 de maio de 2018 às 20:12 -

    onigumo

  • Porque alguem compraria uma joça dessas ao inves de um portatil? Aliais qual a diferença disso e um celular com controle e SS na tv? Ou melhor uma emulaçao mesmo….

  • 16 de maio de 2018 às 20:16 -

    onigumo

  • Arkade dia 16 amigos cade a materia da neutralidade na rede? Nao dorme no ponto nao redaçao!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *