Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

14 de outubro de 2017
Autor: Rodrigo Pscheidt

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Imagine um Splatoon sacana, para maiores de 18 anos, onde as crianças que viram lulas são substituídas por garotas de anime com peitões usando biquínis. Acha impossível que exista um jogo assim? Pois Senran Kagura Peach Beach Splash é mais ou menos isso!

O torneio shinobi mais sem noção do universo

A galera mais… aventureira sem dúvida reconhece o nome Senran Kagura de longa data. A franquia costuma apresentar jogos hack ‘n slash protagonizados por jovens e voluptuosas ninjas de diferentes escolas, que acabam saindo na porrada por algum motivo nem tão relevante, rasgando as roupas umas das outras e coisas do tipo.

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Desta vez, porém, temos um motivo pra lá de bizarro: as personagens da série foram convocadas para um reality show em uma ilha, onde deverão travar duelos usando armas de água. E sabe o que é melhor: a competição serve  para concentrar a energia shinobi das garotas e impedir que um demônio consiga entrar na dimensão delas.

Se liga no animado vídeo de abertura (que pode ser considerado meio NSFW) para já ir sacando qual é a do jogo:

Assim, sob este brilhante e nobre objetivo, jovens de diferentes academias shinobi irão vestir seus biquínis e participar de molhados tiroteios onde vale praticamente tudo — inclusive humilhar “azinimiga” e derrubar seus trajes!

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Na prática, o game conta com uma campanha — composta de 10 missões — para cada time. Não espere nenhuma baita história, o que temos aqui serve apenas para vermos as meninas interagindo, descobrindo o valor da amizade… e ocasionalmente fazendo comentários ambíguos e apertando os peitos umas das outras, claro.

Gameplay

Ainda que a premissa seja estapafúrdia, eu preciso ser sincero com você: jogar Senran Kagura Peach Beach Splash é muito divertido! O jogo se comporta basicamente como um third person shooter de arena, e embora o mais legal sejam as batalhas entre times, vez ou outra rolam missões menores, como apagar incêndios ou desativar mecanismos.

Confira uma batalha completa no vídeo abaixo:

Além de uma campanha para cada time, temos ainda alguns torneios, bem como uma área de treinamento e um surpreendentemente robusto modo multiplayer, que conta até com partidas rankeadas! Jogando sozinho, a IA assume o controle das outras garotas do time, mas no online cada jogador assume uma personagem, o que deixa tudo ainda mais legal.

O gameplay é bastante semelhante ao de outros shooters: usamos gatilhos para mirar e atirar, e também podemos nos esquivar e aplicar golpes corpo-a-corpo. Além das armas, as meninas também estão equipadas com uma espécie de jetpack de água, que lhes permite realizar dashes e até “voar” por alguns segundos.

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Para completar, temos cards colecionáveis que podem summonar pets para lutarem ao seu lado, recuperar sua energia, atirar orbes de energia ou mesmo diminuir o poder de fogo do time adversário. Cada vitória lhe rende um pacotinho de cards, que pode conter tanto cards de auxílio quanto novas armas.

Novas armas? Pois é, o game não se limita a simples pistolinhas de água: temos shotguns, sniper rifles e até mesmo bazucas de água! Muitas dessas armas tem um movimento de reload bem peculiar (se é que você me entende), e podem ser melhoradas para causar mais dano ou recarregar mais rápido.

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Quando uma adversária é vencida, você ainda pode partir para a humilhação, e usar um patinho de borracha para borrifar mais água na menina, chegando ao ápice quantdo uma peça de seu biquíni se solta e ela fica ali, seminua e envergonhada. Este definitivamente não é um jogo que você vai querer jogar ao lado dos seus pais ou da sua namorada.

Audiovisual

Mantendo um cel shaded suave, Senran Kagura Peach Beach Splash não chega a ser impressionante, mas também não é feio. O character design é obviamente o destaque: há waifus para todos os gostos, e no geral todas são bem carismáticas, com aquelas dublagens (em japonês) dramalhonas típicas de animes.

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Quem quer ficar ainda mais íntimo das garotas vai curtir passar um tempo no Guarda-roupa, onde pode equipar diferentes tipos de uniformes, biquínis e adereços (chapéus, laços, orelhinhas de gato, etc.), além de espirrar água nas meninas e até boliná-las, ou criar poses que se tornam bonitos dioramas.

A trilha sonora mantém esse ar 100% japonês do game, e mistura j-pop com j-rock de um jeito que não se destaca, mas também não atrapalha. Infelizmente, as dublagens estão apenas em japonês e as legendas somente em inglês. Não que haja um grande roteiro sendo desenvolvido, mas os diálogos são engraçadinhos e ambíguos na medida certa.

Conclusão

Apesar desse teor pervertido, Senran Kagura Peach Beach Splash é bem divertido, e quem é fã da série Senran Kagura e deste nicho de jogos japoneses “para maiores” sem dúvida vai se divertir. Eu comparei-o com Splatoon lá no início do texto, e, sem sacanagem — ou talvez seja mais adequado dizer “com sacanagem” — , ele lembra mesmo o shooter de tinta da Nintendo, e funciona bem em sua simplicidade.

Análise Arkade: Senran Kagura Peach Beach Splash é tipo um Splatoon pervertido

Vejo esse jogo mais ou menos como aquele de vôlei de praia com as lutadoras de Dead or Alive: talvez ele nem precisasse existir, mas já que foi produzido, pelo menos é divertido o suficiente para valer o tempo que gastamos vendo garotas de anime com pouca roupa se molhando para salvar o mundo. Não que isso seja um sacrifício, mas né? Você me entendeu.

Deixando o falso pudor de lado, repito que me diverti pra caramba com Senran Kagura Peach Beach Splash, e usar a humilhação do patinho nas partidas online é uma das coisas mais obscenamente malvadas que já tive o prazer de fazer em um game. Esqueça o teabag, se você quer envergonhar seu inimigo, arranque a roupa dele com um patinho de borracha!

Senran Kagura Peach Beach Splash foi lançado em 26 de setembro.O game é exclusivo para o Playstation 4.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *