A introdução de Mists of Pandaria mantém a tradição de aberturas épicas de World of Warcraft

16 de agosto de 2012
Autor: Raphael Cabrera

mists of pandaria1 A introdução de Mists of Pandaria mantém a tradição de aberturas épicas de World of Warcraft

O universo de Warcraft sempre teve excelentes sequências cinemáticas. Desde as animações de Warcraft 2 (impressionantes para a época), passando por Warcraft 3 (como esquecer a cinemática da traição de Arthas?) e das 3 animações igualmente épicas de World of Warcraft e suas 3 expansões, a Blizzard criou uma tradição em cinemáticas tão grande que, sempre que uma nova expansão ou jogo é lançado, vale a pena parar o que você está fazendo para assistir. Com Mists of Pandaria, quarta expansão do WoW, não é diferente. Confira abaixo!

Na sua opinião qual foi a abertura mais legal da série? Eu gostei muito desta, mas ainda fico com a do Burning Crusade!

Mists of Pandaria sai na terça feira, dia 25 de Setembro.

 

16 Respostas para “A introdução de Mists of Pandaria mantém a tradição de aberturas épicas de World of Warcraft”

  • 17 de agosto de 2012 às 09:32 -

    Edimartin Martins

  • 360p.

    Arkade. Eu encontrei aqui um 1080p.
    http://www.youtube.com/watch?v=wvYXoyxLv64

  • 17 de agosto de 2012 às 00:59 -

    Diana

  • Ah, gente… Eu sou muito suspeita para falar sobre coisas que envolvam a cultura oriental como essa nova exp… Mas que se dane. Eu queria largar WoW, mas achei lindo esse trailer… Ah, cara. Panda! Até então eu gostava da cinematic de BC, mas essa a superou. Hahahhaa… Sim, só por causa do Panda! E das sakuras… E da música… Vixe. Fui fisgada.

  • 17 de agosto de 2012 às 14:25 -

    KING OF KINGS

  • kung fu panda style

  • 18 de agosto de 2012 às 18:49 -

    Marcelo Melo

  • Essa expansão foi a maior porcaria que a Blizzard lançou desde Starcraft II. O vídeo é primoroso, mas os conceitos apresentados são péssimos.

    Pandas de…Pandaria. Como se não houvesse um nome mais óbvio. Boas molduras não redimem quadros ruins. Nunca me senti tão decepcionado com a Blizzard.

    Se Kung Fu panda veio antes ou depois, não importa. Quem copiou quem não os exime da péssima escolha de mecânicas e da falta de criatividade. Irei colocar meus pets para combaterem entre sí, pois essa idéia é totalmente inovadora e o Pokémon é que deve ter copiado a Blizzard.

  • 28 de novembro de 2012 às 14:53 -

    Matheus Vinicius

  • qui legal cara vai se demais

  • 21 de agosto de 2012 às 03:32 -

    Renan Lk' s

  • Sem via de dúvidas, a melhor cinematic do Word of Warcraft, poH a Blizzard ta prontinha pra fazer um Filme =)

  • 16 de agosto de 2012 às 11:20 -

    Luiz Rafael

  • Sempre achei a abertura do Lich King muito boa ! Mas a Mist of pandaria tá valendo!!! ^^

  • 16 de agosto de 2012 às 11:02 -

    Renan do Prado

  • Bem legal o trailer!!!! Rachei com o Humano entregando a lança improvisada pro Orc e a cara que os 2 fazem kkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • 16 de agosto de 2012 às 11:35 -

    leandro(leon belmont)alves

  • trailer bacana, mas esse jogo não é para mim. ainda tenho vida social que quase perdi depois de Skyrim

    • 16 de agosto de 2012 às 15:54 -

      DanielWarfare

    • Vida social…nah ainda não conheci esse power up \o/

  • 16 de agosto de 2012 às 13:15 -

    CabraMacho

  • Ficou muito boa essa cinematic. Relembrou um pouco a origem do Warcraft: Humano vs Orc.

  • 16 de agosto de 2012 às 16:53 -

    Fernando Magalhães

  • Essa cinemática está impecável, não só pela qualidade gráfica que ela tem mas também pela animação bem fluída dos personagens, sem contar que o desenvolvimento dela está bem bacana. Já está mais que na hora da Blizzard confirmar o filme do Warcraft, nem que ela mesma tenha que bancar (o que será melhor ainda).

    • 16 de agosto de 2012 às 17:40 -

      DanielWarfare

    • De 20 filmes de jogos 20 são horríveis \o/
      PS:Eu ainda tenho trauma do filme do Tekken…

      • 16 de agosto de 2012 às 20:08 -

        Fernando Magalhães

      • Blizzard é Blizzard, como o post mesmo diz, tem uma boa reputação com as cinemáticas, não só de Warcraft como também de Diablo. Quanto ao filme, Warcraft tem um grande potencial justamente por ter enriquecido bastante sua mitologia desde a criação do WoW. Isso significa que o filme não precisa ser focado nos protagonistas do jogo, pelo contrário, pode ser feito um paralelo entre o personagem principal do filme com os jogadores, mostrando sua jornada e sua “participação” dentro de um evento épico. Eu acho que o problema de muitos filmes de jogos é querer focar na história principal do jogo, encurtando ela ou dando desculpas pra um ou outro personagem aparecer na tela ou até fugindo do enredo principal do jogo.

  • 16 de agosto de 2012 às 10:57 -

    SADI JUNIOR

  • Daqui a pouco aparece um bobaião dizendo que é cópia do Kung Fu Panda! É só o que falta!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Olá, Visitante!

Faça login ou cadastre-se