Melhores Jogos do Ano Arkade 2017: Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

30 de dezembro de 2017
Autor: Renan do Prado

Melhores Jogos do Ano Arkade 2017: Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

Qualquer pessoa hoje em dia já ouviu falar sobre Crash Bandicoot, uma série nascida lá no Playstation 1 e que marcou a infância de muita gente. A série, criada pela Naughty Dog acabou passando para as mãos da Activision e após alguns games não muito bons na era do Playstation 2, acabou caindo no limbo, mas jamais foi esquecida pelos jogadores.

Melhores Jogos do Ano Arkade 2017: Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

Por anos os fãs de Crash pediam por seu retorno, sem jamais serem atendidos, até que finalmente aconteceu. Os três games originais do Playstation 1 foram totalmente recriados para o Playstation 4, com novos gráficos, músicas recriadas, mas mantendo todas as mesas fases, habilidades e gameplay de antigamente!

Crash Bandicoot N. Sane Trilogy resgata a nostalgia de anos atrás, mas com um novo visual e algumas bem-vindas (e outras não) atualizações. Como melhores animações, Saves mais simples e a volta de todas as fases e chefões de antigamente, exatamente como eram naquela época! Para alguns, remasterizações/remakes não são coisas boas, muito menos coisas novas. Mas não há como negar que o retorno de Crash foi algo muito esperado!

Melhores Jogos do Ano Arkade 2017: Crash Bandicoot N. Sane Trilogy

Depois de muitos anos, o retorno do marsupial trapalhão atraiu ainda mais os olhares de volta ao gênero de plataforma, que vinha ficando cada vez menos presente no cenário gamer com o passar dos anos. E também para nos relembrar que o passado não só teve ótimos games, como muitos deles são ótimos até hoje, além de conseguirem reunir jogadores de antigamente e de hoje em dia.

Crash Bandicoot N. Sane Trilogy foi uma coletânea muito esperada por muitos jogadores desde antes seu anúncio. E ao ser lançado entregou aquela mesma experiência do passado, mas renovada, para a geração atual, além de trazer de volta Crash ao estrelato, de onde ele nunca deveria ter saído.

Por tudo isso, esse é um de nossos escolhidos para os Melhores do Ano de 2017!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *