RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

21 de dezembro de 2014
Autor: Junior Candido

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

O verão está aí e nada melhor para celebrar a estação mais alegre do ano do que relembrar um dos jogos mais legais de todos: o eterno Jogos de Verão! Prepare sua bike, skate, patins ou prancha de surfe e vem com a gente!

Ah, o verão. Sol, praia, garotas de biquíni e muita alegria no ar. No verão também as pessoas costumam serem mais ativas e praticar mais esportes, até porque muitas delas estão de férias. Muitos atletas aparecem praticando os mais variados esportes e mesmo os gamers que convivem com o estereótipo de não praticar nenhum tipo de esporte contam com uma divertida opção de curtir a estação mais quente do ano: California Games, mais conhecido por aqui como Jogos de Verão.

Desenvolvido pela Epyx na “ensolarada década” de 1980, foi lançado em 1987 para Apple II e Commodore 64. Com o sucesso iminente do jogo, aí sim novas versões foram desenvolvidas para praticamente todos os consoles existentes no ano de 1989: AMIGA, Apple IIGS, Atari 2600, Atari ST, Atari Lynx, DOS, Amstrad CPC, ZX Spectrum, NES, MSX, além do recém-lançado Mega Drive e a nossa versão mais conhecida: a de Master System, que foi lançado por aqui com o nome Jogos de Verão, numa sacada muito inteligente da Tec Toy.

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

Quem diria que em algum dia no passado 2 mega seria o suficiente para garantir diversão?

Baseado no estado da Califórnia, com suas praias e que sempre reproduziu em filmes, séries e qualquer outra mídia um lugar com “sol, gente bonita e muita azaração”, Jogos de Verão (é assim que vou chamá-lo daqui para a frente) traz vários esportes em uma competição em até oito jogadores. O bacana aqui é que não se faz necessário ter os oito controles para curtir o jogo entre amigos. Apenas um controle era suficiente, já que as atividades eram realizadas uma por uma, podendo alternar os jogadores e comparar os desempenhos ao final, definindo assim os vencedores.

Outra coisa interessante é que os esportes em questão não são de caráter olímpico. Jogos com as Olimpíadas como tema já existiam desde a época do Atari 2600 e já destruíam controles por causa da jogabilidade “esmaga botões”. Jogos de Verão inovou na época por trazer “esportes” bem casuais, além de oferecer controles mais técnicos, que não se baseavam em estraçalhar os botões para obter melhores resultados. Aqui o necessário sempre será coordenação motora, sacar o timing da ação e pensar rápido.

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

A gente sabe: basta ver esta placa e a música já começa a tocar na sua cabeça!

Para competir, você primeiro tinha que decidir se queria jogar todos os eventos, escolher alguns ou jogar apenas um. Após isto, tinha que escolher o número de participantes e colocar os nomes. Também era preciso escolher uma entre as seguintes equipes para representar: Maxx-Out, Costa del Mar Sunglasses, Kawasaki, Santa Cruz, Ocean Pacific, Casio, Auzzie, Spin Jammer e Ray-D-O. Repare que todas estas equipes são na verdade marcas que tem algo a ver com o jogo, pois são empresas que trabalham com óculos de sol, skates ou surf, por exemplo.

Agora que já escolheu suas opções preferidas, vamos relembrar todos os eventos do jogo?

Half Pipe (skate)

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

Muito antes de Tony Hawk, já era possível fazer manobras em seu skate e ainda por cima, com o famoso sinal de Hollywood ao fundo. Em três tentativas (ou até o tempo acabar) você deve usar dos botões e do direcional para fazer variadas manobras que garantem pontos. Ganha quem fizer mais pontos, simples assim.

Footbag (embaixadinhas)

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

As embaixadinhas com uma bola de meia. Aqui o objetivo é levantar a bola e executar manobras de embaixadinha enquanto tenta manter a bolinha no ar pelo menor tempo possível. É possível executar manobras de cabeça, trivela e até de costas dando de calcanhar. Cada manobra tem pontos variados de acordo com a sua dificuldade e até os pássaros que passam pela tela e podem ser atingidos oferecem pontos. Aqui também ganha quem fizer mais pontos.

Surf

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

No meio das onda, agora é hora de passar protetor e ir para as águas fazer suas manobras em cima da prancha. Confesso que quando era mais novo não conseguia entender nada dessa “fase” mas pegando o jeito se torna algo muito divertido. Você conquista nota pelo seu desempenho e o melhor qualificado ganha. Destaque para o tubarão que aparece ás vezes quando você cai na água.

Skating (patins)

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

No controle de uma adolescente típica dos anos 80, com direito a patins de quatro rodas duas á frente e duas atrás (lembra da febre do “inline” e suas rodinhas alinhadas que chegou depois?) o objetivo é conduzir a garota até o final da fase. Manobras também podem ser executadas para ganhar mais pontos, enquanto se faz necessário desviar dos obstáculos para não cair e perder, afinal três vacilos e já era! E como toda adolescente birrenta, ao cair ela esperneava e era uma cena no mínimo engraçada.

BMX (bike)

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

O preferido da maioria das pessoas, tanto é que a Tec Toy relançou o jogo em separado para curtirem apenas esta modalidade. Aqui o negócio é atravessar uma pista no melhor estilo motocross com rampas, obstáculos e oportunidades para saltos incríveis. Mas estes saltos apesar de incríveis são perigosos: erros de cálculos resultam em quedas e perca de oportunidade de pontuar.

Flying Disc (lançamento de disco)

RetroArkade: Quem aqui nunca se divertiu com os Jogos de Verão?

A modalidade que exige mais precisão e técnica é a última da lista. Aqui você precisa lançar o disco de uma forma semelhante a um quarterback lançando uma bola de futebol americano para seus recebedores. Calcule a distância, a velocidade através de um medidor (que depois viraram padrão em jogos de golfe) e depois lance o disco, controlando o receptor para buscar o objeto, podendo tirar onda e capturar com o dedo caso estiver na posição exata, ou tendo que correr para saltar e buscá-lo caso os cálculos não foram bem definidos.

O Jogos de Verão também saiu para o nosso querido Atari

Se você foi um leitor atento, vai reparar que na lista de consoles que receberam o Jogos de Verão, o Atari 2600 está presente. E não foi um erro de digitação. De fato as competições de verão foram lançados para o nosso querido Atari. O lance é que em 1988 ninguém mais se importava tanto com ele (apesar de ser um console muito popular aqui no país nesta época) e também podemos citar o fato de que os títulos mais populares do console são do início da década de 80, como Enduro, Pitfall e tantos outros.

E justamente por ter sido lançado anos após o auge do console, que temos um dos jogos mais bem feitos para o Atari. Claro que não estamos falando aqui de um jogo em sua questão cultural nem de popularidade, pois aí só iríamos citar os jogos da Activision e alguns outros, mas tecnicamente falando, este jogo leva as capacidades do videogame ao máximo, trazendo detalhes além do comum e até uma introdução, coisa rara de se ver no console.

Os esportes são praticamente os mesmos. Uns feitos com muita semelhança com os outros consoles, como o caso do footbag e outros contando com mudanças técnicas, como o caso do BMX que aqui ficou um jogo de descida com obstáculos. Veja no vídeo os três esportes disponíveis no cartucho: Half Pipe, BMX e Surf:

A música tema: parã ran ran ran…

A música clássica de Richard Berry de 1956 Louie Louie é a introdução dos Jogos de Verão. Ela é muito tradicional em desfiles e eventos nos Estados Unidos, além de ser considerada um dos maiores clássicos do Rock. Ela já contou com mais de 1200 versões gravadas por artistas diferentes e vira e volta aparece em algum filme.

Entre várias versões de Louie Louie, deixo esta do The Clash pra curtir mais um dia de sol!

Cadê os Jogos de Verão para nossos celulares?

Sim, Jogos de Verão é simples e nostálgico. Rendeu (e rende) bons momentos entre vários jogadores mundo afora. E tudo isso com uma mecânica simples baseada em minigames que juntos rendem um jogo completo e bem divertido. E por isso acredito que com boa vontade e competência, uma versão bacana deste clássico seria muito bem vinda. Já temos Surfy, um jogo para iOS que se baseia no surf:

Mas sabemos que muitas coisas legais poderiam ser feitas a partir dos outros minijogos. Fico imaginando como seria bacana jogar com mecânicas novas o meu preferido de todos eles: o footbag. Talvez um esquema de jogar pelo acelerômetro dos celulares seria bem interessante. Mas enfim, Jogos de Verão se trata daquele tipo de jogo o qual você pode curtir no console clássico mesmo, bem naquele esquema “tirar pó” do brinquedo e reunir os amigos para relembrar os bons tempos. E nessas férias, está aí um conselho bem valioso: faça isso. Você vai se divertir muito, garanto!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *