A história do jovem preso por fita no teto jogando Counter-Strike ganhará um documentário

2 de março de 2020
Autor: Renan do Prado
A história do jovem preso por fita no teto jogando Counter-Strike ganhará um documentário

Se você vive na internet há pelo menos 10 anos, então conhece a imagem acima e a conhece muito bem! Em uma era em que memes de internet sequer existiam, havia essa lendária imagem de um rapaz preso por fita adesiva ao teto de uma lan house, jogando Counter-Strike. Pois saiba que a história dessa foto ganhará um documentário!

A história dessa lendária foto será recontada no documentário Internet Legends: Duct-Taped Gamer, que reunirá algumas das pessoas envolvidas na criação desse momento (O rapaz colado no teto e o rapaz que colou ele no teto estão confirmados). O documentário inclusive já tem um trailer que usa áudios de trailers recentes de Star Wars, deixando tudo ainda mais emocionante.

Dá só uma olhada:

Se você não conhecia essa foto, aí vai um resumo: O ano era 2003, um grupo de amigos de Mason, Michigan – EUA, gostava de se reunir para montar lan houses improvisadas. Em uma dessas ocasiões, eles se reuniram no porão de uma casa. Até que um dos presentes olhou para cima, viu uma viga de metal e comentou “Eu acho que dá pra pendurar alguém ali com fita”. E aí, tudo virou história!

O documentário será lançado ainda este ano, mas sem uma data específica. Porém, finalmente o mundo conhecerá em detalhes tudo o que aconteceu nesse lendário dia! Mas se você quiser saber um pouco mais, pode clicar NESTE LINK e conferir uma entrevista (em inglês) que o site Kotaku fez com seus envolvidos, lá em 2017.

(Via: PC Gamer)

2 Respostas para “A história do jovem preso por fita no teto jogando Counter-Strike ganhará um documentário”

  • 2 de março de 2020 às 14:42 -

    Onigumo

  • Meu deus redação, por favor galera….

  • 2 de março de 2020 às 21:42 -

    Helinux

  • Saudades dessa época de Lan house e das locadoras de games…época mais divertida!!!! valeu!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *