Arkade Cast #06: “Nutellagem”, a polêmica do Easy Mode e spoilers

25 de maio de 2019
Autor: Renan do Prado

Arkade Cast #06: "Nutellagem", a polêmica do Easy Mode e spoilers

E mais uma vez o Arkade Cast está de volta para bater um papo sobre um novo assunto regado a muita zoeira e discussões acaloradas! Dessa vez nos reunimos para discutir a polêmica do Easy Mode que explodiu após o lançamento de Sekiro: Shadows Die Twice, além da estranha opinião de que “Mortal Kombat podia ser menos violento” que também permeou a mídia gringa.

Nós já conversamos um pouco sobre o Easy Mode em nossa coluna editorial (que aconselho a ler, pois está muito boa), além de uma reflexão legal sobre o modo da Netherrealm de contar história, mas agora nossa equipe sentou e bateu um papo mais direto e pessoal sobre o assunto. Afinal, o que está acontecendo para a galera estar reclamando tanto de dificuldade de Sekiro e do nível de violência de Mortal Kombat? E ainda sobrou uma conversa sobre spoilers no final (Mas sem spoilar nenhum game, fique tranquilo)!

E para debater esse assuntos, a bancada dessa vez é formada por mim, Renan do Prado pelos editores Rodrigo Pscheidt Junior Cândido e pelo novato da equipe Thiago Albino. Então dê o play aí que a conversa tá muito legal! Só não vá reclamar de Game Over depois!

Não quer ouvir pelo site? Sem problema! O Arkade Cast também está no Spotify, no iTunes, no Google Podcasts e em mais uma penca de agregadores! Ouça na sua plataforma digital favorita, e não esqueça de seguir nosso canal por lá e avaliar nosso trabalho, ok? <3

Arkade Cast no Spotify

Arkade Cast no iTunes

Arkade Cast no Google Podcasts

Arkade Cast no Castbox

Arkade Cast no Radio Public

Arkade Cast no Pocket Casts

E qual é a sua opinião sobre esses assuntos? Acha que a dificuldade de Sekiro e de outros games inspirados pelo Souls-like é um desrespeito aos jogadores? Acha que Mortal Kombat deveria reduzir um pouco seu nível de violência? Ou acha que se trata de reclamações passageiras? Deixe seus comentários, críticas e sugestões aí embaixo, ou em nossas redes sociais: estamos no Facebook, no Twitter e até no Tinder Instagram!

Um abraço e até o próximo programa! ;)

4 Respostas para “Arkade Cast #06: “Nutellagem”, a polêmica do Easy Mode e spoilers”

  • 25 de maio de 2019 às 22:45 -

    Helinux

  • Não me surpreendo mais com a violência de MK atualmente!!!! Com essa dificuldade de jogo muitas pessoas estão mais preocupadas em colocar o vídeo de determinado game no Youtube do que jogar no dia a dia.
    A dificuldade do jogo as vezes serve também para extender mais o tempo de game em termos de novidade, já que hoje em dia ninguém mais fala de Resident Evil 2 Remake…é uma maneira de deixar o jogo mais ativo em temos de novidade, acredito!!!! Depende da interpretação de cada um, já que a minha dificuldade atualmente é ter tempo para jogar vídeo game, assistir filme, série, ouvir música e outras coisas…muito material e falta de tempo infelizmente!!!! A dificuldade mesmo está no dia a dia mesmo!!!! Fui

  • 26 de maio de 2019 às 21:33 -

    Daniellx83

  • Mortal Kombat é violento desde que foi inventado! o jogo é isso mesmo e tem que se manter assim!
    quanto ao sekiro o jogo foi feito pra ser assim, fazer oque! eu sou um que não irei jogar, não tenho paciência e nem tempo pra ficar 10h ou 15h em um único boss como já vi em algumas lives! e assim como eu muitos vão fugir desse jogo por causa da dificuldade!

  • 1 de junho de 2019 às 12:32 -

    R. Mazzali

  • Estava ouvido esse semana e concordo com o que foi considerado neste cast.

    Sekiro, não vou jogar por não ter uma plataforma atualmente, mas a intenção do jogo como outros nesse estilo é ser difícil e não punitivo de modo aleatório. Quem o compra não está sendo enganado pois a informação está aí, se vc pegasse jogos antigos por exemplo Shadow of the Beast, Chakan ou Kid Chameleon, só pra citar alguns, eram extremamente difíceis pra época, visto que tínhamos só uma locação de fim de semana pra jogar, e são jogos que demandam muito tempo, pra aprender e pra se jogar. Ficava de cabelo em pé pela dificuldade, comentávamos sobre e se alguém não gostava do desafio simplismente não jogava mais, já tinha outros que aceitaram o desafio e fez o que pôde pra chegar longe ou finalizar. Hj os players não tem do que reclamar, tem vídeos, reviews, rede social, só compra algo se realmente quer, pq sabe o que está envolvido. No cast foi mencionado o The End do mgs3, um dos melhores Boss que enfrentei, ele te desafia e vc pode concluir de diversas formas, mas vc tem que aprender o que o dev quer te transmitir, o padrão do jogo. Morri muito pra aprender, e o que falta hj é a persistência de muitos, tudo tem que ser como se fosse um filme, dá o play e só. Até aí de boa, cada um na sua, mas o que atrapalha e pode sim influenciar negativamente é esse tipo de feedback em forma de reclamação pela dificuldade. Já pensou como isso pode influenciar o modo de jogar futuramente?

    MK, joguei desde o lançamento em “arkade”, era o mais realista da época junto com Pit Fighter, a violência era mais impactante naquele tempo que hj, pq era novo, a diferença de hj é somente a resolução dos games, só imaginar sangue com 16 bits e em Full HD, quanto mais resolução mais imerção na proposta desse título, ou seja pra muitos será impactante. Eu particularmente não gosto dos x-rays que pra mim é um fatality sem o ser kkk
    Mas é o curso que o game levou e só assim há melhoras, no progresso do game.
    Vcs citaram o final do Raiden em mk1 como spoiler no contexto da conversa, e hj se vc comenta algo que ocorre no game é spoiler, mas isso devido a atualidade e o modo como a história é contada, antes vc falava sobre algo e as pessoas queriam saber mais, mesmo aqueles que veriam mais tarde.

    É isso, quero agradecer a equipe pelo ótimo trabalho e conteúdo. Muito obrigado!

  • 8 de junho de 2019 às 00:44 -

    Legendarysnake

  • Vim aqui perguntar depois de ouvir o episódio 1 de quando vai ter um episódio de jogos procedurais?

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *