F1 Esport Series já tem os seus 40 pilotos confirmados para o Pro Draft

21 de junho de 2018
Autor: Junior Candido

F1 Esport Series já tem os seus 40 pilotos confirmados para o Pro Draft

Após as etapas de seleção online, com desafios e corridas entre os melhores, a Fórmula 1 confirmou os 40 jogadores que estarão presentes na próxima etapa da F1 Esports Series, que é o Pro Draft. O evento acontecerá no dia 9 de julho, em Londres, em que representantes das nove equipes da competição estarão presentes para selecionar os pilotos que os representarão na parte definitiva da temporada.

Um total de 66 mil jogadores tentaram cumprir os desafios propostos pelo F1 2017, para garantir um destes 40 lugares, totalizando assim um total de 1,1 milhão de voltas para as tentativas. A disputa contou com jogadores de 111 países, com 23% de britânicos, 16% de jogadores dos EUA, e 13% de alemães, entre as regiões que contaram com mais participantes.

Estes 40 jogadores foram selecionados da seguinte maneira: 36 foram classificados de forma direta, com os três primeiros colocados de cada corrida disputada, após a montagem do grid com dez pilotos com os desafios propostos no game. Outros dois foram selecionados no Wildcard, enquanto Fabrizio Donoso Delgado e Sven Zürner garantiram sua classificação já na temporada do ano passado, quando terminaram a temporada em segundo e terceiro lugar, respectivamente.

As equipes oficiais da F1 Esports Series para a temporada de 2018 são: Mercedes AMG Petronas Motorsport, Red Bull Racing, Hype Energy eForce Índia F1 Esports Team, Williams, Renault Sport Team Vitality, Haas F1 Esports Team, McLaren, Toro Rosso Esports Team e Sauber F1 Team. E cada uma delas precisam selecionar pelo menos um piloto do Pro Draft. A Williams, por exemplo, já está com seu time ativo, participando de competições, mas terá que escolher pelo menos um jogador no evento.

O Pro Draft terá a presença de jogadores de 15 países, entre eles o Reino Unido, Chile, Alemanha e Finlândia, e acontecerá em Silverstone, durante o GP da Inglaterra da Fórmula 1. No evento, eles passarão por vários testes, avaliações e entrevistas com as equipes, para que os representantes possam decidir qual serão os escolhidos. Haverá transmissões ao vivo do evento no Facebook e em canais de TV.

Selecionados, os pilotos de eSports terão vida semelhante aos pilotos da vida real, pois representarão suas equipes, correndo em três eventos ao vivo que irá definir o piloto virtual mais rápido, além da equipe com mais pontos. Serão US$ 200 mil em prêmios para as equipes, distribuídos de acordo com as suas classificações.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *