Especial Arkade Melhores Jogos do Ano: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

26 de dezembro de 2015
Autor: Renan do Prado

Especial Arkade Melhores Jogos do Ano: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Vamos para mais um dos nossos escolhidos para os melhores do ano de 2015, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain!

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain foi um dos games que mais deu o que falar esse ano, principalmente em relação às várias polêmicas relacionadas a sua produção, com a briga feia entre a Konami Hideo Kojima, que infelizmente resultou na dissolução da Kojima Productions, na saída de Kojima da empresa, e em vários cortes feitos no game, que causaram ainda mais polêmica.

Apesar disso tudo, The Phantom Pain conseguiu um feito realmente incrível: mesmo tendo sido largamente prejudicado em sua criação, o game ainda assim foi um dos melhores desse ano. Chegando inclusive a ser premiado como Melhor Jogo de Ação e Aventura Melhor Trilha Sonora pelo The Game AwardsE bem, se você me conhece, já podia esperar que esse seria meu escolhido para melhor do ano, não é?

Especial Arkade Melhores Jogos do Ano: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Metal Gear Solid V: The Phantom Pain é o capítulo derradeiro da série Metal Gear, fechando o ciclo de 50 anos pelo qual a série acontece, iniciando no ano de 1964 e terminando no ano de 2014, e enfim fazendo a ligação entre o passado e o futuro no ano de 1984, mostrando a ascensão da Outer Heaven vista no primeiro Metal Gear de MSX do lançado em 1987.

O game presenta uma enorme evolução para as mecânicas da série, sendo o primeiro Metal Gear totalmente de mundo aberto, com centenas de missões para realizarmos e toneladas de recursos para gerenciarmos e assim expandir a Mother Base de um pequeno grupo militar até o maior de todo o mundo. Além de acompanharmos a trama obscura iniciada pelo prólogo Ground Zeroes.

Especial Arkade Melhores Jogos do Ano: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

The Phantom Pain acabou não agradando a todos, principalmente por causa de seu enredo, que apesar de não ser tão complexo como os dos episódios anteriores da série, foi apresentado de forma mais rasa, com poucas das famosas cutscenes da série, e muitas fitas cassete para suprir a falta de enredo sendo mostrado em vídeo.

Outro ponto controverso foi o final do game, que dividiu opiniões entre os jogadores, e que nós explicamos para vocês “tintim por tintim” na coluna Depois do Fim. Mas The Phantom Pain foi um game que, independente de opiniões e gostos, foi sim um game muito bom.

Especial Arkade Melhores Jogos do Ano: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain

Apesar da saída de Kojima da Konami e o possível fim dessa terrível novela, a Konami ainda assim planeja dar seguimento para a série, e já está até contratando profissionais para trabalhar em um novo jogo, mesmo recebendo muita desaprovação por isso.

De uma forma ou de outra, Metal Gear Solid V: The Phantom Pain foi o último Metal Gear criado e dirigido por Hideo Kojima, e é o último capítulo dessa série tão amada por seus fãs ao redor do mundo, e é certamente um game que merece sua posição como um dos Melhores do Ano de 2015.

Confira nossa análise completa de Metal Gear Solid V: The Phantom Pain neste link.

2 Respostas para “Especial Arkade Melhores Jogos do Ano: Metal Gear Solid V: The Phantom Pain”

  • 26 de dezembro de 2015 às 15:53 -

    BATATA

  • Eu realmente não sei como me sinto em relação a esse jogo. Meu MGS favorito é o 2, onde o Kojima pira junto com o “Campbell”. Achei aquilo incrível, e o Raiden nunca me incomodou; Seguido por MG4 que muita gente chama de maneira pejorativa, de filme, porém eu adorei cada segundo daquilo. Mas ai está o problema. Eu adoro esses jogos por seu enredo e loucuras, mas não são jogos que eu gosto de “jogar”. Em MGSV é justamente o contrario, eu adorei jogar esse jogo, mas a parte do enredo me deixa tão triste e desapontado que não sei bem como sentir em relação ao jogo…

  • 27 de dezembro de 2015 às 10:08 -

    jff

  • 1- metal gear solid 5 phantom pain Todos Ficaram Impressionado Com Á Grandeza É Tamanho Realismo em Metal Gear Solid V: The Phantom Pain De Maneira Surpreendente, Á Série Entradas Principais Enquanto Os Outros Títulos Que Estrelavam Metal Gear Solid V: The Phantom Pain Inteiramente Sobre Jogabilidade É Mecânicas Há Muita História Dessa Serie É Saga De Jogos Após Anos É Anos Ouvindo As Tramas Elaboradas É Repletas De Reviravoltas Que o Mundo De Espionagem De Metal Gear Queria Nos Contar, A Sensação Obtida Á Energia Que Passa Para Todos Os Gamers É Jogadores De Video Games… com diversas melhorias, como mais personagens, cenários e balanceamento mais ajustado, Que Jogam Ésse Classico É Mundialmente Perfeito Dito Isso, Títulos Principais Da Franquia Metal Gear Trarão Um Sorriso AO Rosto, Trata-se De Um Jogo Fascinante Do Começo ao Fim. 

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *