Melhores do Ano Arkade 2019: Devil May Cry V

30 de dezembro de 2019
Autor: Rodrigo Pscheidt
Melhores do Ano Arkade 2019: Devil May Cry V

Se tem uma empresa que se reergueu com tudo nos últimos anos, foi a Capcom. A produtora viveu uma excelente fase na geração atual, reinventando suas franquias, trazendo velhos conhecidos de volta e recriando alguns de seus maiores clássicos.

Devil May Cry V é mais uma bola dentro da empresa, que na geração passada tentou até dar um reboot na franquia — na forma do injustiçado DMC, que acho um ótimo jogo. 11 anos após o quarto game canônico da série, vimos que Dante, Nero e o novato V ainda são mestres na arte de fazer demônios chorarem!

O gameplay é excelente: rápido, técnico e visceral como um bom hack ‘n slash deve ser. Ao trazer 3 protagonistas, a Capcom nos brindou com 3 tipos de gameplay bem distintos, e todos funcionam muito bem, ao mesmo tempo que são únicos.

Melhores do Ano Arkade 2019: Devil May Cry V

Seja com Nero e seus braços robóticos, Dante com suas muitas armas e posturas de combate ou V, que conjura criaturas demoníacas para lutar por ele, o controle de cada personagem é primoroso. Emendar golpes de forma criativa para manter a contagem de hits rolando — sempre em busca da classificação SSS — é uma delícia!

Devil May Cry nunca se levou a sério, e o novo jogo segue a mesma linha, coroando sua campanha com alguns momentos de puro nonsense (o momento Michael Jackson de Dante é impagável). Apesar disso, a história é muito boa, leva a narrativa da série adiante e consegue dar espaço para novos e velhos conhecidos brilharem — com direito a uma batalha final épica, que vai fazer os fãs da série pirarem.

Outra coisa que é de pirar é a qualidade técnica do game: trazendo um visual extremamente realista e humano para os protagonistas, em um mundo grotescamente dominado por forças demoníacas, o jogo é belíssimo, e só peca por reaproveitar muito alguns cenários bem genéricos em sua segunda metade. A trilha sonora também é ótima, e a música tema Devil Trigger sem dúvida gruda na cabeça da gente. O jogo, como um todo, esbanja estilo e personalidade.

Melhores do Ano Arkade 2019: Devil May Cry V

Difícil saber o que o futuro reserva para Devil May Cry, mas é fato que agora a Capcom está com a faca e o queijo na mão,e pode levar a franquia para novos caminhos na próxima geração. Como fã de hack ‘n slashes, torço para que ela não deixe Dante e sua turma na geladeira por tanto tempo, pois a qualidade de Devil May Cry V me faz querer partir ainda mais demônios ao meio!

Leia aqui nossa análise completa de Devil May Cry V, e se ainda não fez isso, não deixe de fatiar demônios ao lado de Dante, Nero e V!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *