Revista Arkade #58 – DmC: Devil May Cry

19 de janeiro de 2013
Autor: Arkade

Revista Arkade #58 - DmC: Devil May Cry

Revista Arkade #58 - DmC: Devil May Cry Revista Arkade #58 - DmC: Devil May Cry

Clique aqui para assinar a revista Arkade.

A Arkade é uma revista digital totalmente gratuita. Venda proibida.

77 Respostas para “Revista Arkade #58 – DmC: Devil May Cry”

  • 19 de janeiro de 2013 às 14:44 -

    BATATA

  • Fuck The “preconceito” and play this game.

    • 19 de janeiro de 2013 às 16:47 -

      Henrique Gonçalves

    • AMÉM!

    • 21 de janeiro de 2013 às 00:22 -

      Daniel de Araujo

    • Seu avatar é de uma Lhama. E seu nome é B”BATATA”. Combinação mais que perfeita HUAHUAHUA

  • 19 de janeiro de 2013 às 14:51 -

    DanielWarfare

  • Ameaçar os produtores por causa de um cabelo é coisa de retardado não acham?

    • 19 de janeiro de 2013 às 14:53 -

      DanielWarfare

    • E no final de toda essa polemica, os haters terão que morder a linguá. Já que o jogo está incrível, e o novo Dante não decepciona.

      • 19 de janeiro de 2013 às 18:23 -

        Vinicius Rodrigues

      • Concordo!! as vezes eles não conseguem admitir que o jogo ficou bom e que eles passam de retardados só reclamando!! Se quer reclamar faz melhor!!

    • 19 de janeiro de 2013 às 15:12 -

      Raphael Cabrera

    • Fanboys são capazes de qualquer coisa quando estão atrás de um computador

      • 21 de janeiro de 2013 às 16:50 -

        Eduardo Diamenti

      • Tem que jogar o jogo antes de comecar a criticar. Eu to quase zerando e só digo uma coisa: “tá mto foda”, mas realmente tá mto foda…

        E outra coisa, quem tá criticando o jogo, depois de jogá-lo vai queimar mto a língua em relacão a tudo que estavam falando sobre o Dante(personalidade, jeito, aparência – tdo)… Eu tbm tava com o pé atrás, mas sério o jogo tá mto bom…

        Quem tá meio receoso com o jogo só pela aparencia do Dante tenta dá só uma chance….

  • 19 de janeiro de 2013 às 15:55 -

    leandro leon belmont alves

  • bem, o game DMC…vou falar sobre o meu game play na casa do Lucas, amigo meu e do meu irmão.

    eu como muitos não levo fé nesse “Danteeh” a Ninja Theory fez. mas os meus amigos encheram tanto a minha paciência que um deles me fez experimentar o game. com má vontade, peguei o controle. e pensei…..

    Eu: se for pelo menos da metade do que o Dante Original foi, beleza. que sabe que vai ser massa? nem que seja um pouco.

    aí, começou a apresentação. acho que posso falar sem spoilar, já ocorre assim que o game começa. começa numa boate, numa rave. aí pensei. ao estilo Constantine? de duas uma, o Danteeh vai descer o safarro nuns demônios na pista de dança(que ia ser legal se fosse isso), ou está lá de boa bebendo uisque ou cerveja. beleza….até ver as dançarinas do local…elas de biquini dançando pole dance…..é…..isso mesmo.

    …….hãããa???

    e no fim da noite, deu a entender que o Danteeh…pegou todas…..(nossa, pegador hein?)

    errr…mas o que…foi….isso? é Devil May Cry ou um trecho de algum baile funk carioca ou mesmo do meu estado? é sério, precisava daquilo. e o moleque é um demônio…anjo, tanto faz

    Japão, sério, parem com isso…sério mesmo. estou começando a ter receio de vocês.

    beleza então, passa a cena no trailer, o moleque acordando com alguém o chamando, ele se levanta e vai abrir a porta. uma garota o chamava. só que. ele está sem vestimentas….sem nada.a rua inteira olhando e tipo, ele nem liga. e depois de uma rápida conversa, começa o quebra pau. um monstro enorme vem e quer arrancar o couro do herói. e dentro do trailer…..

    …………….

    ele se veste………………………é……..né?

    daí, finalmente vestido (ainda bem) começa a luta.

    para começar. pelo que sei Devil May Cry nunca precisou de fanserviçe para ter fama. a parte da boate era mesmo necessária? e a cena do trailer. tipo, o que eles estavam pensando? cara, fiquei, constrangido. não só eu, meus amigos e meu irmão olharam assim….olha, eu joguei os Devil May Cry anteriores, menos o 4. e pelo que me lembre, eu não me lembro de ter visto algo daquele nível em algum dos três jogos passados. e acho que 90% dos gamers que jogarão ele são homens, e ainda com o nariz torto para esse novo personagem, vai soar mal…

    a não ser que seja uma garota ou um fã de Bastard!!!, quem conheçe Dark Scheineder, sabe do que eu falo.

    e pior, a Ninja Theory meio que forçou com essas cenas a com se esse Danteeh fosse “O Cara”. ou seja, eles andaram lendo Bastard!! demais. somente moleques de 13 anos vão acha-lo maneiro por isso. se o quisessem fazê-lo ser o cara….

    http://www.youtube.com/watch?v=jDNeNVihBwA&list=PLE962FDD4FF95AAD0

    sinceramente, custavam em fazer algo parecido? custava Japão?

    até o Jovem Dante de outrora tinha classe para bancar o fodão, eu lhes digo. e olha que não dele quando era jovem no Devil May Cry 3. e essa cena do DMC 3, é no começo do game.

    • 19 de janeiro de 2013 às 16:29 -

      leandro leon belmont alves

    • sobre o gameplay mesmo. admito, é o mesmo dos Devil May Crys passados. o que é bom e ruim ao mesmo tempo. a parte boa que ainda são os controles que nós estamos acostumados, mas pelo menos até onde joguei, o ruim…. não tinha nada de novo, os mesmos movimentos com alguns acresentados, tendo aquelas armas viajadas como foices e outras(que vamos ter que evoui-las). a não ser as fases quebradas. acho que é uma questão de costume, acredito. e os chefes realmente são duros de matar. mas aposto que assim como Devil May Cry 3 e 4, vamos ter que voltar fases passadas para acumular experiência. espero que não seja assim. mas veremos…eu vou ter a minha versão PC, no Xbox, só Dark Souls até metade do ano.

      e espero que se a Lady e a Tristhy aparecerem nesse game, elas ao menos estejam parecidas como eram antigamente.porque se eu ver a enfezadinha da Lady( ela é tão sexy com aquele olhar raivosa com tudo e todos..)com um visual Cyber Punk Neymarizado…vai me matar de desgosto.

      Lady…vem com o Papai Leandro aqui, você e a Lightning..nham,nham :)

      …………………

      QUE FOI? sou nerd, tenho direito a ter sonhos como esse acordado, oras!

      mas de volta ao assunto. eu, vou comprar esse game. só para dizer isso quando estiver com o game em frente a minha prateleira de games.

      Eu: bem, comprei o DMC, e vou instala-lo no meu PC, está animado Danteeh?

      Danteeh: Enough talk and put me on your pc, and we set off! stubborn nerd.

      Eu: então…Danteeh, SENTA LÁ…tá

      Danteeh: What? what the !@$@%@¨s this, call me on your pc.

      Eu: não, cala essa boca e senta lá. seu Nenphalim regado a leite com pêra e Ovomeltino! até o jovem Dante tinha mais classe. no próximo DMC 2, não dê uma de Dark Schneider, ou Adão. e fique VESTIDO!! oras. vai ser Voyeur naqueles mangás japoneses, não na minha tela de PC ou Xbox. carambolas!

      e assim o farei com esse game quanto tiver a minha cópia. :)

      e a revista está boa como sempre.

      o jogo pode ser até bom. mas esse Danteeh…..não me desce.

      Danteeh, #FACEPALM para você.

      • 19 de janeiro de 2013 às 16:54 -

        Victor Cole Castro!

      • Quanto amor! aaushauhs’ nnão gostei muito do gráfico dos cgs, e o estilo dele me incomodou um pouco também, não comprarei este game! O velho e bom dmc 3 não terá igual! ^^

      • 19 de janeiro de 2013 às 16:55 -

        Henrique Gonçalves

      • Cara, para mim este jogo é feito para as pessoas que são fãs de Devil May Cry em certos aspectos. Se você gosta da franquia pela jogabilidade, então vá em frente e jogue DmC; Se você gosta pelo personagem antigo, então vá com extremo cuidado porque o Dante feito pela Ninja Theory nao é bem desenvolvido e extremamente dificil para o jogador ter alguma simpatia com ele; Se você gosta da franquia pela sua história um tanto quanto insana e divertida que faz pouco caso com o sentido, então vá em frente e teste este jogo.

        Particularmente eu estou louco para joga-lo no PC e espero que a versão do PC seja boa, e mesmo assim eu acho que este DmC é uma “vitória” contra os céticos, haters e mimimizentos por causa da mudança de personagem e que está sendo tão amado por criticos em volta ao mundo.

        Agora só espero que este jogo venda o bastante para a Capcom não achar a produção um erro e acabar quebrando a Ninja Theory no processo :/

      • 19 de janeiro de 2013 às 17:36 -

        leandro leon belmont alves

      • “Particularmente eu estou louco para joga-lo no PC e espero que a versão do PC seja boa, e mesmo assim eu acho que este DmC é uma “vitória” contra os céticos, haters e mimimizentos por causa da mudança de personagem e que está sendo tão amado por criticos em volta ao mundo”

        será Henrique? olha só o que houve com a série Final Fantasy. embora eu morra de amores pelo FFXIII e pela sua protagonista, 98% do planeta e em alguns confins do sistema solar, odeiam o game com todas as forças por um simples motivo:

        o game é linear………só isso. e isso “matou” a série…… beleza então.

        mas talvez você esteja certo. TODO MUNDO critica COD para mudar a engine e o Street Fighter Arcade Bazinga Gold Hyper Sheldon Cooper Edition pelas DLCS mais desnecessárias da história dos jogos de luta. (sim,estou olhando para vocês Oni e Evil Ryu…) e mesmo assim os gamers o compram. estou achando que as empresas de games nos acham uns “quem desdenha,quer comprar” sabe? pois mesmo falando mal de um jogo, o pessoal ainda sim compra. e isso incentiva a eles fazerem trabalhos porcos com nossos games favoritos e mandam DLCS.

        quantos compraram Mass Effect 3, mesmo o final sendo uma das maiores cagadas da história dos games? hein?

        pelo menos, Street Vs Tekken(argh! bate na madeira) até o momento, não anunciaram uma versão “Super” ou algo parecido…. ainda. eu quando digo que não vou comprar um jogo, não adquiro a cópia e acabou. tanto que somente vou comprar algo da Capcom novamente quando ela parar de ser mercenária, ou pelo menos baixar essa bola dela um pouco.

      • 19 de janeiro de 2013 às 23:22 -

        Henrique Gonçalves

      • Mudança é muito complicado mesmo, é literalmente impossivel deixar todo mundo satisfeito com ela e a empresa irá pisar em alguns pés sem dó e piedade. E seus exemplos, Leandro, mostram como o público hoje em dia é muito infantil com suas convicções, todo mundo reclama de DLCs dentro do disco, passes onlines, versões atualizadas e desnecessárias para um jogo e são os primeiros a gritarem “BOICOTE ESTA SUJEIRA”, mas eles também são os primeiros a comprarem durante a pré venda e jogar ele completamente.

        Para mim se a pessoa não gostou daquilo então não dê dinheiro a ela, mostre para a empresa que você não gostou da melhor forma possível, não dando dinheiro para eles.

        A Capcom é uma empresa que anda fazendo escolhas que não está agradando ninguém e a cada dia ela ganha haters, a questão é: quando ela vai aprender que as coisas nao andam deste jeito, enquanto isso fique vendo de camarote suas franquias favoritas terem finais nada divertidos.

        Dito isso, eu (como mostrei varias vezes) apoio este jogo e quero que ele dê certo, mas eu não posso evitar em compartilhar o desgosto que os fãs mais antigos e fervorosos ganham ao ver este jogo (mesmo que eu acho que estes fãs deveriam ser mais razoaveis e tentarem o jogo para ver se existe outro aspecto que irão gostar além do personagem).

      • 20 de janeiro de 2013 às 12:28 -

        junior andrade

      • vc quer jogar o jogo???
        ou casar com o dante…..?!

      • 20 de janeiro de 2013 às 13:17 -

        Henrique Gonçalves

      • O Dante não faz muito o meu tipo, junior. Piadas homossexuais! Somente aqui!

    • 20 de janeiro de 2013 às 00:42 -

      Vinicius Rodrigues

    • Mais isso eu não vejo nas criticas excelentes que o jogo vem ganhando!!!

  • 19 de janeiro de 2013 às 18:48 -

    Allan S. Lima

  • O personagem está totalmente descaracterizado. Cadê aquele Dante fodão que não demonstrava dor nem mesmo com uma espada atravessada no corpo? isso só pode ser influência do justin Bieber.

    • 19 de janeiro de 2013 às 16:56 -

      Henrique Gonçalves

    • É um novo personagem, por isso que não é uma continuação e sim um reboot do personagem principal. Se o unico motivo que você jogava Devil May Cry é pelo Dante e sua forma de agir, então não espere este jogo fazer as suas demandas.

    • 19 de janeiro de 2013 às 20:53 -

      Wagner Lucas Silva Ferreira

    • aquele e de um universo paralelo se voce notar mundus esta livre e sparda foi derotado por ele(procure saber mais antes de falar)

      • 19 de janeiro de 2013 às 22:58 -

        Henrique Gonçalves

      • Se é um universo paralelo ou não, a questão é que é um reboot do personagem principal (leia um pouquinho sobre a definição da palavra reboot e a forma que a coloquei na frase se quiser saber mais) e não é uma continuação da série original, afinal, como você próprio falou, é um universo paralelo totalmente fora do padrão já estabelecido nos últimos jogos. Então antes de criticar um comentário, pense um pouco e depois escreva ;).

    • 20 de janeiro de 2013 às 00:38 -

      Allan S. Lima

    • A questão não é universo paralelo, estou dizendo que a personalidade e a aparência do personagem estão ruins. Poderiam fazer uma história paralela e manter as características do Dante original. Imagine fazerem um reboot de God Of War com um Kratos emo? você gostaria disso?

      • 19 de janeiro de 2013 às 23:08 -

        Henrique Gonçalves

      • Eu entendo a dor dos fãs, odiaria ver um protagonista favorito meu totalmente mudado. Mas tudo isto vem por uma questão comercial feita pela Capcom e a empresa acha que um personagem antigo (visto nos olhos dos gamers de hoje em dia) não venderia tanto quanto um personagem novo que agrade este mesmo publico. A questão aqui não são os fãs antigos e sim a grande maioria do público que joga videogames hoje em dia.

        O seu próprio exemplo mostra como as coisas funcionam, um Kratos emo não daria certo porque os fãs (tanto antigos quanto novos) o conhecem daquela forma. Agora se você chegar e perguntar sobre o Dante para um publico mais jovem, eles não vão lembrar do Dante da antiga franquia.

        Infelizmente hoje em dia a indústria de games é a pela propria definição, uma indústria. E este mercado nao coloca a preferencia no lugar do lucro, a unica forma que eles poderiam pensar assim é se este DmC não vender bem e notarem que o motivo disto é pela mudança de personagem. Coisa que não deve acontecer porque ainda existe uma grande maioria de fãs antigos que irão jogar DmC pela sua jogabilidade e história, além do próprio público que eles querem acertar.

        Como eu falei logo acima, se a mudança de personagem para você é tão grave o bastante para negligenciar um jogo inteiro então simplesmente não jogue. Agora se você ver através do protagonista talvez irá encontrar um jogo bem divertido.

      • 19 de janeiro de 2013 às 23:25 -

        Albert Dark

      • De boa, O dante novo tem menos cara e roupa de emo que o antigo. Curto a serie, mas sempre achei aquela franjinha branca e a barriguinha de fora bem esquisito.

      • 19 de janeiro de 2013 às 23:49 -

        Renan do Prado

      • Se repararmos, o visual do Dante acompanha a moda da atualidade, eu sempre curti o visual dele, principalmente o do 3 (tirando a barriga aparecendo) e o do 4.

        Mas o atual nada mais é que o que se vê a mulecada usar hoje em dia.

        Eu não gostei mesmo é da personalidade do novo Dante, revoltado demais pro meu gosto.

    • 20 de janeiro de 2013 às 02:40 -

      Vinicius Rodrigues

    • Allan S. Lima mas o dante ele jah tinha meio esse jeito , tipo, quem vcs tem que culpar não é o jogo e nem a ninja tory e sim a capcom que mandou mudar , mas, msm assim o jogo tah muito bom!! e eles jah expricaram seus motivos!! tava na hora de ter mais gente falando de DmC , do que ficar nos ultimos sendo que jah estão meio ultrapassados msm sendo bom!!

      • 21 de janeiro de 2013 às 12:17 -

        Allan

      • A “franja prateada” era uma das coisas que marcavam o visual do personagem, e a personalidade dele então, nem se fala, de um Dante misterioso e destemido passou para apenas mais uma personalidade revoltada, eu não vejo uma mudança radical dessas necessária e muito menos promissora.Podem até fazerem o melhor jogo do mundo, mas não poderá ser chamado de “Devil May Cry”. Espero que o jogo de alguma forma falhe miseravelmente, principalmente pela insatisfação dos fãs.

      • 21 de janeiro de 2013 às 15:52 -

        Daniel de Araujo

      • Desculpe a grosseria Allan. Mas fan de verdade não deseja o fracasso da sua franquia favorita. Se você deseja que o novo DMC falhe miseravelmente, você não pode se chamar de fan. E concordo com o Albert, o novo Dante tem menos cara de emo do que o antigo.

      • 21 de janeiro de 2013 às 16:49 -

        Allan

      • Às vezes medidas drásticas são necessárias para resolverem situações como essas.Não vejo outra alternativa para trazerem o Dante de volta sem que o reboot falhe completamente.

      • 21 de janeiro de 2013 às 16:55 -

        Allan

      • Além disso, por eu ser fão de animes, para mim o Dante original carregava todo o estilo do game nas costas ( diversão também ), o reboot tirou isso , e o que sobrou foi somente mais um game de pancadaria com um protagonista plagiado da própria criadora. Comparem God of War com Dante’s Inferno, é a mesma coisa. ( Não que Dante’s Inferno seja ruim)

      • 21 de janeiro de 2013 às 17:18 -

        Daniel de Araujo

      • Primeira pergunta: Você já jogou o jogo? pois se jogou, eu irei respeitar o seu argumento. Mas se não, acho que quando você jogar, você queimará a linguá.

        Eu tenho o jogo aqui comigo, e posso garantir que o novo Dante não decepciona. E a jogabilidade é ótima.

        E repito, para que desejar que o novo DMC seja um fracasso? tudo isso porque você quer o antigo Dante de volta? da onde eu vim, isso se chama frescura.

        O Dante antigo era mais puxado para o lado Oriental, já esse novo Dante é puxado para o lado Ocidental. É só jogar que vocês irão ver a diferença. Eu como fan da saga Devil May cry, prefiro mil vezes o Dante antigo. Mas o novo Dante é muito foda também.

        E desculpe ser estraga prazeres, mas esse novo DMC além de ser um ótimo jogo, será um sucesso de vendas. E o principal culpado disso é o tal cabelo, já que todo mundo jogara o jogo por curiosidade.

        Sambem desejo a volta do Dante antigo, mas não fico desejando que o novo DMC seja um fracasso, muito pelo contrario, quero que ele seja o melhor jogo que puder só para queimar a linguá de todos os haters. Felizmente, foi isso que aconteceu :)

      • 21 de janeiro de 2013 às 17:47 -

        Allan

      • Não joguei o game, mais tive um pequeno contato e sei do que estou falando, a Capcom é famosa por fazer escolhas ruins, e eu posso dizer com certeza que essa foi a pior. Ocidentalizar um personagem que criou um estilo próprio puxado para o lado oriental ? seria ironia?.Quanto aos haters, eu posso ser um deles, quanto a frescura, aqui ela conhecida como gosto individual e eu lido com ela me expressando de uma forma que pode gerar atritos, nem que para isso eu tenha que desejar o fracasso do reboot, que serviria como lição para a Capcom.

      • 21 de janeiro de 2013 às 18:03 -

        Allan

      • Deveriam é ter feito uma nova franquia Hack And Slash qualquer, em vez de ter usado uma franquia já consolidada, e ainda por cima usaram um personagem incrível como molde. Parece que as produtoras estão se tornando cada vez mais limitadas para criarem algo novo, igual as grandes produtoras de Hollywood, investindo só em fórmulas conhecidas e personagens já manjados.Tiro no pé.

      • 22 de janeiro de 2013 às 09:40 -

        Henrique Gonçalves

      • Allan, você acha mesmo que se o jogo falhar nas vendas a Capcom do nada irá pensar “Nossa, as vendas de DmC estão baixas, tenho certeza que foi por causa do cabelo e o Dante novo! Vamos fazer um novo Devil May Cry e agora fazendo questão que os fãs irão gostar do Dante antigo!”. Me desculpe mas se você pensa assim eu tenho más noticias.

        Isto é uma indústria e se um produto dá certo eles irão fazer o máximo possível para tirar um lucro em cima dela, se o produto dá errado, eles vão jogar no tumulo e fingir que nada aconteceu.

        Por que você acha que eles continuam lançando Resident Evils depois do 5 mesmo que todo os fãs estejam reclamando que o jogo perdeu seu elemento de survival horror? Porque o nome vende e Operation Raccon City, Resident Evil 6 e Revelations venderam um número impressionante que estão deixando a Capcom com muito dinheiro. Você desejando que este jogo falhe está na verdade fazendo com que nunca aconteça um futuro para a franquia, dizendo adeus tanto para o Dante antigo e o novo que você tanto despreza.

      • 22 de janeiro de 2013 às 13:45 -

        Allan

      • Se for para essa franquia dar certo e o Dante antigo nunca mais voltar, eu prefiro que DMC seja enterrado no tempo, pelo menos vou lembrar da franquia original, não uma cópia que só visa lucros e não ouve a opinião do público. A Capcom é desprezível.

    • 29 de janeiro de 2013 às 23:53 -

      Diogo Bonjor

    • Nesse novo jogo, dante segue mesmo o estilo mais calado já que está "conhecendo" tudo. Entre outras coisas, ele fala, pensa e conversa.
      Um jogo que você irá gostar, já que curte muito o Dante antigo é Asura's Wrath, bem estilo Old Dante.

      A Crapcom arrumou a cagada das primeiras fotos, melhorou o sistema de combo, jogabilidade, visual do jogo e ainda deixou o cabelo quase branco no fim do jogo.

      Só as "viúvas" do old Dante não reconhecem.

    • 30 de janeiro de 2013 às 16:42 -

      Allan S. Lima

    • O Dante já era, pra mim a franquia acabou.

    • 23 de março de 2013 às 14:24 -

      Jackson Maverick

    • xiu seu imundo nem jogou em vem falar mal da arte, saco de bosta, tá achando ruim faz melhor, falar mal é fácil, pirralho mente fechada.

  • 19 de janeiro de 2013 às 18:28 -

    Renan do Prado

  • O game realmente está muito bom!!!!! O visual eu já nem critico mais, mas realmente não gostei da personalidade do novo Dante. Mas, fazer o que, tá aí, então melhor curtir o game do que odiar sem propósito!!

  • 19 de janeiro de 2013 às 20:15 -

    Paulohpedro

  • Já abaixei aessa edição; a revista está ficando mais completa a materias dos jogos citados.

  • 19 de janeiro de 2013 às 20:24 -

    Chumbo

  • “Não adianta vir fã boy reclamar…que a …está perdendo as origens,aquele sempre mesmo papo. Eu ,particularmente,na minha opinião,eu apoio inovação. Porque toda série,toda saga tem que trazer algum elemento novo. Até para surpreender o público mais antigo,que acompanha a série desde o começo e tanto para trazer um público novo pra conquistar. Então não fica reclamando que o %$&¨%recomeçou,cara,esse papo já está passado”
    Faço das palavras do Contentegamers as minhas.

  • 19 de janeiro de 2013 às 22:33 -

    Allan

  • Acho que para quem é fã do Dante original, será muito estranho jogar com uma cópia, é claro que isso não tirará a qualidade do jogo, que pelo que eu li, esta muito bem feito, só que boa parte da diversão será perdida, lembrando que a diversão, independente da qualidade do game, é relativa, sendo assim, se eu não gostei do novo Dante, o jogo foi totalmente comprometido pra mim.

  • 20 de janeiro de 2013 às 00:34 -

    Allan S. Lima

  • Acho que para quem é fã do Dante original, será muito estranho jogar com uma cópia, é claro que isso não tirará a qualidade do jogo, que pelo que eu li, esta muito bem feito, só que boa parte da diversão será perdida, lembrando que a diversão, independente da qualidade do game, é relativa, sendo assim, se eu não gostei do novo Dante, o jogo foi totalmente comprometido pra mim.

  • 19 de janeiro de 2013 às 23:06 -

    Renan do Prado

  • Uma pergunta que eu deixo: Devil May Cry precisava MESMO de um reboot? Pra mim não.

    • 19 de janeiro de 2013 às 23:12 -

      Henrique Gonçalves

    • Eu acho que este jogo seria perfeito se não tivesse o nome de DmC, o protagonista é um pouco ruim mas ele pode ser melhor desenvolvido e o mundo inteiro que a Ninja Theory criou consegue sustentar sem os pilares de um nome grande como Devil May Cry. Mas a Capcom é conhecida por fazer algumas decisoes bem ruim (ou nao ligar para os seus fãs mais antigos).

      Acho que no final aconteceria duas coisas com a franquia, um jogo novo como este reboot ou nada e a franquia de Devil May Cry morreria lentamente ao lado do cemiterio de franquias velhas da Capcom. Então imagino que os fãs devem ter um gosto bem amargo na boca neste momento

      • 19 de janeiro de 2013 às 23:44 -

        Renan do Prado

      • Mano, isso me causou um medo terrível agora envolvendo a Capcom, terrível MESMO, pior que o RE virar FPS, pior que Street Fighter lançar 10 versões seguidas do mesmo game, tão ruim que não quero nem mencionar com medo de alguém da Capcom ler isso.

        Não sei se você conseguirá adivinhar que medo é esse, mas se alguém por algum acaso descobrir, não mencionem!!!!!!

    • 20 de janeiro de 2013 às 06:12 -

      leandro(leon belmont)alves

    • eu acho Renan, que eles queriam um Devil May Cry para a nova geração. não os ocidentais, mas sim os japoneses. não sei se é verdade, mas pelo o que ouvi falar, eles não valorizam jogos e consoles antigos. preferindo sempre tudo o que é de ponta. como o Devil May Cry 4 estava “muito velho”, decidiram fazer esse novo, olha esse novo Castlevania por exemplo? fazendo também esse Reboot.

      coitados, aposto que muitos deles nem sabem o que foi um SNES ou Mega Drive….

      • 20 de janeiro de 2013 às 12:31 -

        junior andrade

      • o mundo esta mudando….
        vc quer viver no passado pra sempre?!
        O TEMPO NAO PARA, SABIA….??

        nao ti contaram isso….?!

      • 20 de janeiro de 2013 às 14:42 -

        leandro(leon belmont)alves

      • e sim, tem muito game da geração passada que dá uma tremenda surra nesses jogos triple AAA da vida. você nuncxa deve ter jogado SNES e Mega para estar falando nisso, então…

        a não ser que você seja um fanboy de COD ou BF, aí você nunca entenderá. o que é uma pena.

        e lhe garanto, quando chegar a era PS4 e Xbox 720, você vai sentir saudade de alguma franquia passada dessa geração.

      • 20 de janeiro de 2013 às 14:43 -

        leandro(leon belmont)alves

      • e sim, tem muito game da geração passada que dá uma tremenda surra nesses jogos triple AAA da vida. você nunca deve ter jogado SNES e Mega para estar falando nisso, então…

        a não ser que você seja um fanboy de COD ou BF, aí você nunca entenderá. o que é uma pena.

        e lhe garanto, quando chegar a era PS4 e Xbox 720, você vai sentir saudade de alguma franquia passada dessa geração.

      • 20 de janeiro de 2013 às 14:43 -

        DanielWarfare

      • Os comentários do Junior Andrade sempre me fazem rir…pena que não é no bom sentido.

      • 20 de janeiro de 2013 às 14:44 -

        Albert Dark

      • volta pra escola junior. O tempo esta passando, é bom você aprender a escrever antes que seja tarde.

      • 21 de janeiro de 2013 às 18:20 -

        junior andrade

      • já joguei sim…
        tanto que tenho 3 super nintendo em casa!
        todos na caixa….
        tenho nintendo 64
        game cube…….
        gosto da geracao passada e da atual tambem!
        o problema é que vcs reclamam do jogo,sem nem ter jogado!
        ridiculo……..

      • 21 de janeiro de 2013 às 18:22 -

        junior andrade

      • nao se preocupe albert…
        nunca é tarde pra aprender!

        besterinha…..

  • 20 de janeiro de 2013 às 19:09 -

    Ana

  • Esse entra na lista de jogos que não jogarei tão cedo. Jogos com fanservice ou com fanservice VAZANDO pelo disco não entram aqui em casa ):

  • 21 de janeiro de 2013 às 00:56 -

    Rokens

  • Pretendo comprar apesar das críticas dos “fãs”.

    Afinal, sou gamer e não sou cabeleireiro ou estilista pra ficar avaliando o visual do novo Dante.

    • 22 de janeiro de 2013 às 09:41 -

      Henrique Gonçalves

    • FLAWLESS VICTORY!

    • 22 de janeiro de 2013 às 21:16 -

      Renan do Prado

      • 23 de janeiro de 2013 às 11:32 -

        leandro leon belmont alves

      • só que Renan, dá a impressão que esse moleque está usando peruca( metaforicamente falando) e ele parece Dorgas desse jeito.

        ainda bem que tem MGS Rising e Dark Souls 2 para eu comprar

    • 23 de janeiro de 2013 às 11:33 -

      leandro leon belmont alves

    • boa sorte e seja feliz com game….gosto é gosto.

  • 21 de janeiro de 2013 às 02:57 -

    Le0nardoC

  • Esse dmc foi feito pra atrair olhares da nova geração para o jogo, eles criaram um personagem com quem os adolescentes, jovens, whatever, se identifiquem, é como escreveram em um comentário ae, ele tá bem parecido com a molecada de hj em dia (tenho que admitir que meu cabelo é um pouco parecido com o dele). Ainda acho que seria um boa ideia eles permitirem jogar com o personagem antigo, tipo, se vc fechar o jogo habilita a possibilidade de jogar com o dante antigo,ou algo assim!

    • 17 de dezembro de 2015 às 18:50 -

      Deadplayer3600

    • se vc zerar o jogo na dificuldade demon Hunter,nephilim ou human parece que destrava (so joguei o jogo um pouco então n sei)

  • 21 de janeiro de 2013 às 10:18 -

    Vinícius Albuquerque Santos

  • É porque você ainda não jogou o game , o Dante continua o mesmo fodão de sempre, o que muda é o visual.Pancadaria e muiiittta diversão ! Muito bom DMC !

  • 21 de janeiro de 2013 às 21:40 -

    LhamaGame

  • Espera, espera, espera… Um jogo com uma história sobre conspiração, com uma arte gritante, cores saturadas, sistema de combos impressionante, e personagens profundos… E ainda existem pessoas que exibem a mão apenas para dizer que o cabelo é de fresco?!
    Já existiram fans melhores nesse mundo.

    • 22 de janeiro de 2013 às 02:08 -

      Diana

    • Se aqui tivesse o “joinha”…

      É isso aí. (:

    • 22 de janeiro de 2013 às 13:51 -

      Allan

    • A questão não o cabelo, e sim que essa mudança não era necessária.Uma produtora que muda totalmente a personalidade de um personagem desse nível, merece fracassar. A Capcom é desprezível, esse jogo não entra aqui em casa nem por torrent.

    • 24 de janeiro de 2013 às 18:24 -

      leandro leon belmont alves

    • Lhama, se fosse nessa versão, jogaria sem questionar:

      http://alvanista.com/uploads/timeline_image/1182_1994119494.png

      nem preciso falar nada. a foto é auto explicativa.

  • 22 de janeiro de 2013 às 00:01 -

    William Oliveira

  • Nunca comento mal sobre jogos que estão (ou estariam… na época) sendo lançados, porque como sempre te deixam em duas condições, ou você esta certo ou errado, então não quero “cegar” minha crítica com baboseiras como costumes e etc. até porque como nesse caso,o jogo esta recebendo boas críticas.

  • 22 de janeiro de 2013 às 02:03 -

    Diana

  • Gostei muito da revista.  

    É isso aí, estamos ficando velhos e os novos gamers precisam de algo inédito ou reciclado. Na verdade, muitos de nós também gostam de novidade. Reciclagem, reaproveitamento, reestruturação fazem parte de novos desafios e isso dá ânimo para novas experiências.  

    A maioria não gosta da aparência de Dante em DmC, mas acho que isso é irrelevante, até mesmo um assunto vergonhoso para se realçar numa franquia como essa.  

    Parabéns à Ninja Theory que peitou parte do público gamer e não se intimidou perante críticas vazias, fazendo valer um jogo com personalidade. Isso que falta para algumas desenvolvedoras aí que mudam jogos por conta do que o público quer (parece até final de novela).  

    Só achei incongruente somente três barrinhas para inovação sendo que o texto no geral demonstrou simpatia pela reciclagem do game. Inovar nem sempre tem que ser igual a ineditismo.

  • 22 de janeiro de 2013 às 15:56 -

    Allan S. Lima

  • Esse Dante está muito clichê, tem personalidade e aparência forçada.O estilo oriental combinava com o aspecto do game, as espadas e armas ninjas. Parece Dante's Inferno copiando God Of War, que lamentável.

    • 23 de janeiro de 2013 às 11:29 -

      leandro leon belmont alves

    • você pensou exatamente como eu ao ver o gameplay.

    • 1 de fevereiro de 2013 às 14:50 -

      Ícaro Silva Morais

    • Tá cara, já entendemos o seu choro. Não jogue ele então.

  • 25 de janeiro de 2013 às 11:01 -

    watt

  • A mesma jogabilidade de antigamente, mas com um personagem completamente mudado. Hummm…Como seria se fosse o mesmo personagem de antigamente e uma jogabilidade totalmente nova?

  • 29 de janeiro de 2013 às 23:49 -

    Diogo Bonjor

  • Sinceramente não vi diferença alarmante nenhuma no jogo. Achei mais solto, melhores combos, jogabilidade melhorada (ate no nivel dificil, o deixa facil demais).
    Só achei que poderiamos ter mais chefes no chão, ou chefes como Dante.
    Achei o melhor dos DMC e ainda curto bem o Dante antigo.

  • 18 de fevereiro de 2013 às 09:45 -

    raul sousa

  • usahusahsauhaushuas

  • 17 de março de 2013 às 06:11 -

    Maykon David

  • Na moral, o jogo tá muito foda…Dante ainda é Dante, só q mais jovem e rebelde, mas ainda assim super Badass, não tem nada de alarmante no visual novo dele, na verdade ficou até + fodástico. Pra quem reclama do game, do novo Dante, ou seja de tudo…NÃO BAIXE, NÃO PEGUE EMPRESTADO, NÃO COMPRE E NÃO JOGUE…Pegue e Faça um game melhor!!! Fica a dica!!! (y)

  • 16 de outubro de 2013 às 23:05 -

    Raphael Englesias

  • SUGESTÃO: Porque voces não colocam a revista na banca da apple store ? seria bem legal ; )

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *