Pesquisa na Europa mostra que jogadores desejam gráficos e loadings baixos na próxima geração

24 de janeiro de 2020
Autor: Junior Candido
Pesquisa na Europa mostra que jogadores desejam gráficos e loadings baixos na próxima geração

A próxima geração vai chegar no final do ano. Mesmo com mais informações para serem reveladas durante o ano, a Microsoft, com o seu Xbox Series X, e a Sony, com o seu Playstation 5, já apresentaram, cada uma ao seu modo, um pouco do que aguardar dos seus videogames no futuro.

Já sabemos que compatibilidade com consoles anteriores, suporte a 8K, SSD e Ray Tracing já são palavras amplamente divulgadas, por empresas e mídia. Mas e os jogadores? O que eles gostariam de ver na próxima geração? A GameTrack da ISFE e da Ipsos MORI, junto com a GamesIndustry.biz, fizeram uma série de perguntas sobre “o que os jogadores querem”.

Oito mil jogadores, de 11 a 64 anos, do Reino Unido, Alemanha, Espanha, França e Itália, participaram da pesquisa. Que já revelou o grande anseio da maioria esmagadora dos jogadores: gráficos. 68% de todos os entrevistados, e 78%, quando levantados dados apenas com jogadores de consoles, afirmam que “melhores gráficos” são de extrema importância para os jogos na próxima geração.

“Queremos loading curtos, por favor! RV fica pra depois.”

Outro elemento amplamente desejado pelos jogadores foi o “menor tempo de carregamento ao jogar”. Desde a chegada dos games em CD, nos anos 90, as telas de loading sempre foram um problema. Das telas de “Now Loading, Please Wait”, até telas atuais, que oferecem dicas, ou até pequenos mini-games, 63% dos jogadores, e 71% entre os jogadores de console, desejam que os próximos games tenham tempo de carregamento mínimo, ou mesmo inexistente. Ambas as companhias já deixaram claro que isso é uma prioridade em seus novos consoles.

“Compatibilidade com a Realidade Virtual” e “modo portátil disponível” foram dois elementos os quais os jogadores não demonstraram interesse. Na pesquisa, foram considerados os elementos menos importantes (43% para Realidade Virtual, e 45% para o modo portátil”.

A Microsoft declarou, em novembro do ano passado, que a comunidade Xbox “não pediu Realidade Virtual”. Logo, o Series X não terá suporte à tecnologia. A Sony já tem o PSVR, dispositivo de RV compatível para o Playstation 4 e, mesmo vendendo apenas 4% para a sua base de consoles, seguirá investindo na tecnologia com o Playstation 5.

8K, retrocompatibilidade e games físicos: se tiver, que bom!

O 8K, embora com o desejo de gráficos melhores, não é uma unanimidade entre os entrevistados. Até pela simples razão de que o 4K ainda não está totalmente popularizado entre o grande público, com muita gente ainda jogando em 1080p. 49% dos jogadores de consoles desejam games em 8K, mas tal número ficou abaixo de itens como “controles de movimento”, “compatibilidade com versões anteriores” e “capacidade de jogar jogos físicos”.

Controles de movimento, item que foi definitivo para o sucesso do Nintendo Wii e, desde então, está presente de alguma forma nos games atuais, são considerados importantes por 57% dos gamers de console. A retrocompatibilidade é um desejo de 59% dos entrevistados. Enquanto a possibilidade de games físicos é importante para 58% dos donos de consoles.

A necessidade de existir jogos físicos, inclusive, é maior do que a possibilidade de games por streaming. 51% dos entrevistados considera a transmissão de games importante, enquanto 52% dos jogadores acham importante a presença de apps que não são de games, como a Netflix, Youtube, ou o Amazon Prime Video. Sony e Microsoft tem, com suas diferenças, serviços que transmitem para smartphones o sinal de seus consoles. E a Microsoft trabalha também no xCloud, o seu serviço de streaming de games.

Você pode acompanhar maiores informações da pesquisa no GamesIndustry.biz, enquanto a pesquisa completa está disponível aqui.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *