Playstation 5 – Retrocompatível com PS4, 8K, Ray Tracing, leitor de discos, SSD e chega em 2020

16 de abril de 2019
Autor: Junior Candido

Playstation 5 - Retrocompatível com PS4, 8K, Ray Tracing, leitor de discos, SSD e chega em 2020

Já estamos vivendo a época de acompanhar as novidades da próxima geração de consoles. Entre rumores e fatos concretos, conforme a iminente chegada dos videogames vai se aproximando, podemos acompanhar melhor o que aguardar da geração que nos levará os nossos games preferidos pelos próximos anos.

Um dos consoles que já tem mostrado algumas de suas armas é o Playstation 5. Mark Cerny, arquiteto do console, assim como foi com o Playstation 4 e o PS Vita, cedeu entrevista para a Wired. E falou bastante sobre as novidades que acompanharão o próximo sistema da Sony. Segundo ele, o novo console será “uma revolução, e não uma evolução”.

Um SSD que garantirá loadings muito mais rápidos

Cerny explicou que uma das principais preocupações quanto ao hardware estava no tempo de carregamento dos jogos e do disco rígido. Assim, desde 2015, época em que começou a projetar o novo console, decidiu que ele teria um disco SSD. Entretanto, afirma que além do disco, a Sony encontrou uma solução ainda mais prática para deixar os games mais rápidos no loading.

Como exemplo, Cerny usou Spider-Man. A viagem rápida no Playstation 4 durou 15 segundos, enquanto, com o devkit do novo console, a mesma viagem levou apenas 0,8 segundos. Isso, de acordo com o projetista, foi desenvolvido para garantir uma experiência de jogo mais fluída e dinâmica. Incluindo games de mundo aberto. Que terá também um mundo gerado muito mais rápido, e que garantirá mais agilidade ao personagem.

Esta SSD, de acordo com Cerny, tem largura de banda superior a de qualquer SSD atual. O que também garantirá ao console duas tecnologias que eram aguardadas, de certa forma: o 8K e o Ray Tracing. Mas, o que o Homem-Aranha estava fazendo na demonstração? Seria o Playstation 5 retrocompatível? Sim, ele será!

Retrocompatível com o Playstation 4

A Sony confirmou que o novo console terá retrocompatibilidade com o Playstation 4. O que leva a confirmação de outro item. O console também terá leitor de discos, tirando o medo de alguns gamers de terem que lidar apenas com conteúdo digital, já nesta próxima geração. A retrocompatibilidade acontecerá pelo simples fato de que a arquitetura do PS5 é baseado, em parte, na arquitetura do PS4.

E, como aconteceu na geração anterior, os games do final de vida útil do Playstation 4 serão lançados como Cross-gen, o que permitirá o gameplay tanto no Playstation 4, quanto no Playstation 5. Cerny deixou no ar que Death Stranding, de Hideo Kojima, poderá ser um destes jogos.

Poder de fogo: 8K, Ray-Tracing e áudio 3D

Sobre o poder de fogo, Cerny explicou que o novo console foi desenvolvido para ser capaz de trazer fidelidade visual única, e também para lidar com o crescente tamanho de arquivos dos jogos. Assim, o videogame terá um AMD 7nm Zen 2 ocra-core, baseada na terceira geração do Ryzen, uma GPU derivada da Radeon Navi, e suportará “as mais impressionantes tecnologias”. Vale lembrar a recente disposição da Sony com a Realidade Virtual.

O Ray-Tracing estará presente, de fato, para trazer benefícios visuais, especialmente na renderização de materiais e superfícies, também reforçando o realismo e imersão dos games. Além disso, o chip da AMD terá uma unidade personalizada para áudio 3D. Cerny explicou que quer mudar dramaticamente a experiência de áudio, pois acredita que não houve avanços significativos, neste ponto, entre o Playstation 3 e o Playstation 4.

Playstation 5 só em 2020

Por fim, a data de lançamento. Cerny não comentou sobre os primeiros games, o preço, e nem sobre a data exata de chegada. Mas deixou no ar que o Playstation 5 poderá chegar em algum dia de 2020. O console está em um estágio avançado de desenvolvimento. Porém foi descartada qualquer chance do console ser lançado ainda neste ano.

Não teremos notícias do Playstation 5 na E3 2019, uma vez que a Sony estará ausente da feira. Entretanto, com 2020 sendo o ano de lançamento, poderemos conferir novidades no segundo semestre. É interessante, inclusive, que a Sony já disparou, sem cerimônias, questões de hardware e elementos como a retrocompatibilidade. O que dá mais margem para acreditar que a empresa tem mais “armas secretas”. Que podem ser disparadas mais próximas ao lançamento, estejam relacionadas a serviços.

Um Playstation NOW mais abrangente (e no Brasil)? Possibilidade de rodar games de Playstation 1, 2 e 3 (e mesmo PSP e PS Vita), mesmo que apenas via streaming? Um cross-gen mais abrangente, com games lançados para Playstation 4 e 5 por mais tempo, em um cenário semelhante ao que aconteceu com o PS4 Pro? Melhorias e novidades na PSN? Pelo visto, estas respostas estão bem perto de serem respondidas. Só nos resta aguardar.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *