Português é detido por usar Fortnite para abusar de menores

23 de janeiro de 2020
Autor: Junior Candido
Português é detido por usar Fortnite para abusar de menores

No mundo digital, é cada vez maior, infelizmente, casos de crimes, de qualquer natureza. Desta vez, foi um português, que usava o Fortnite para ter contato com jogadores menores de idade. O indivíduo, de 19 anos, encorajava os menores a gravar e enviar para ele vídeos de práticas sexuais. As informações são do portal português JN.

Detido pela Polícia Judiciária (o equivalente a nossa Polícia Civil ou Federal) de Portugal em Salvaterra de Magos, o indivíduo, que não teve seu nome divulgado, usava o jogo para se aproximar dos menores. Fazendo contato com eles, conseguia os seus contatos no Facebook e no WhatsApp, onde instigava-os a gravar o conteúdo sexual.

Após o envio do material, o indivíduo instruía os menores a apagar os “rastros digitais”, excluindo os vídeos e as conversas. A Polícia Judiciária portuguesa encontrou milhares de arquivos que apresentavam crianças em práticas sexuais explícitas.

A PJ também descobriu que os vídeos enviados, eram compartilhado, posteriormente, com outras pessoas. Foi apreendido, na casa do indivíduo, smartphones, computadores e HDs. Ele foi interrogado e liberado, precisando se apresentar diariamente no posto policial de sua área. Foi proibido de usar equipamentos com acesso à Internet. E terá que se submeter, obrigatoriamente, a um tratamento psiquiátrico.

Tal decisão gerou indignação entre os portugueses. Em Portugal, é previsto uma pena de prisão de um a oito anos para quem abusar sexualmente de um menor de idade igual ou menos a 14 anos. Além de proteger adolescentes entre 14 e 16 anos em situações nas quais “um maior de idade possa abusar de sua inexperiência”.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *