Senna Sempre dá aula sobre Senna em um “novo game” dentro de Horizon Chase

27 de outubro de 2021
Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

Ainda em vida, Ayrton Senna via potencial nos games como ferramenta de promoção. Fez parceria com a SEGA e participou ativamente de Ayrton Senna’s Super Monaco GP, um clássico do Mega Drive (com versões para Master System e Game Gear).

Após sua passagem, em 1994, outros games usando a imagem do campeão surgiram, mas desta vez, para apresentarem o legado de um piloto que, para muitos, é o maior de todos os tempos. Pra mim, o melhor, por combinar inteligência, agressividade e estratégia, além de ser um dos poucos a domar um Fórmula 1 na chuva com maestria.

Mas voltando aos games, Senna contou com homenagens em uma série de jogos, a Kart Duel, para Playstation. Também surgiu em uma “homenagem interativa” para Saturn, apenas no Japão. Foi lembrado em Gran Turismo 6, em eventos que desafiavam o jogador a buscar os mesmos tempos do tricampeão, e em F1 2019, onde foi relembrado a rivalidade do brasileiro com Alain Prost, mais especificamente em 1990.

Mas nenhum destes games contaria tão bem a história de Ayrton Senna, do Brasil, como a Aquiris. Aquela gaúcha Aquiris que, em 2015, nos traria uma grata surpresa: Horizon Chase, o “sucessor espiritual” de Top Gear. Aliás, já faz algum tempo, e esta DLC só comprova isso, que o game brasileiro não pode mais ser considerado “apenas” uma “sequência de Top Gear”. O novo trabalho do estúdio já evolui o game como uma homenagem aos jogos de corrida dos anos 90.

Ayrton Senna’s Super Monaco GP 3

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

O game inspirado em Top Gear, desta vez, se tornou um divertido game inspirado em Super Monaco GP. O gameplay é o mesmo de sempre, mas com algumas particularidades. O abastecimento, por exemplo, fica em locais equivalentes a entrada dos boxes das pistas comuns, e o nitro extra, fica em paralelo aos ícones de combustível, fazendo o jogador decidir entre abastecer ou ter o turbo extra, mas correr o risco de ficar pelo caminho.

Mas a diversão é quem fala mais alto por aqui. A começar pelas pistas, que são todas baseadas em circuitos reais que passaram pela história de Senna, como Spa, Interlagos, Monza, Mônaco e até Jacarepaguá, onde, até 1989, acontecia o Grande Prêmio Brasil. Mas, embora contem com o mesmo traçado, elas foram todas sabiamente adaptadas para a diversão arcade.

Vou usar como exemplo Mônaco. Uma pista que fez parte da vida de Senna (ele ainda é o maior vencedor do Grande Prêmio, com seis vitórias) e que era obrigatória em um game desta natureza, é conhecida por ser extremamente complexa e fechada, o que não é “nada arcade”. A solução, então, foi a de adaptar tudo para manter o traçado, mas com as voltas sendo feitas todas com o pé lá embaixo. Dá só uma olhada:

Outra coisa interessante a se notar é que há a opção da troca de visão, pela primeira vez, no game. Alternar entre a visão do carro e a do volante dá um novo ar ao game, que fica mais divertido na visão do volante, em um cockpit construído com muito capricho. Os carros em geral são muito bonitos, fazendo referência não apenas aos carros guiados por Senna, mas também de seus rivais, como Williams, Benetton, Ferrari e tantos outros.

Mas também não podemos esquecer de um detalhe: o game lembra sim Super Monaco GP, mas em sua essência, incluindo sua alta velocidade, um outro game, também da SEGA, saltou na minha memória: o tão divertido Virtual Racing, um dos pioneiros do mundo 3D, que apresentava também um gameplay veloz e divertido.

Para curtir o game, há dois modos: o Modo Senna, com a história do campeão, dividida em cinco capítulos com um número de provas, e o torneio, que escolhe pistas de forma aleatória e faz a diversão acontecer. Mas, o mais interessante, como veremos a seguir, é a forma profunda e respeitosa a qual a Aquiris conta a história de Ayrton Senna.

Uma aula de Senna e respeito a um legado

Embed from Getty Images

Acompanho corridas de Fórmula 1 e outras categorias desde os meus cinco anos de idade. Acompanhei, quando criança, a trajetória de Senna e fui um de milhares de brasileiros que sentiram muito o acidente em maio de 1994. Joguei, através dos anos, todos os games que faziam referência ao icônico capacete amarelo com faixas verdes, brancas e azuis.

Mas nenhum deles, por mais bem intencionados, e por mais que contaram com o endosso do Instituto Ayrton Senna, que cuida da marca e do legado do tricampeão, conseguiu trazer tanta profundidade quanto o Senna Sempre de Horizon Chase. Incluindo Gran Turismo 6 que também tem uma DLC, que traz alguns vídeos e desafios da carreira pré-F1 do piloto, além de alguns desafios em uma Lótus.

A Aquiris trouxe, dentro da proposta de seu gameplay, um trabalho rico em detalhes e informações. No game em si é tudo bem simples, com imagens e textos ilustrando alguns momentos específicos. Mas quem conhece a história de Senna, vai reparar um cuidado imenso ao apresentar sua história. Todas as pistas da DLC foram cuidadosamente escolhidas, fazendo referências a momentos inesquecíveis, vitórias, ou partes importantes dos campeonatos.

Vamos juntos conferir, capítulo a capítulo, o que há de história dentro da DLC:

1 – Toleman

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

Em 1984, Senna assinaria com a Toleman, que se tornaria nos próximos anos a Benetton que foi guiada por Piquet e levou Schumacher a seus primeiros títulos mundiais. A equipe não era a melhor do grid, mas já ofereceu o suficiente para que Senna desempenhasse um grande papel, apresentando seu “cartão de visitas” em Mônaco.

Para o jogador há Jacarepaguá, onde Senna estreou na Fórmula 1 em 25 de março de 1984; África do Sul, a segunda etapa daquela temporada onde Senna conquistou seu primeiro ponto na carreira, chegando em sexto; Bélgica, a terceira etapa, onde Senna marcou outro ponto chegando novamente em sexto, após desclassificação de Stefan Bellof; Mônaco, onde Senna chegou em segundo, e ganharia a prova, se não fosse por um pedido de Alain Prost, que lhe custaria o título mundial mais para a frente.

Também estão presentes Canadá, Estados Unidos (a pista de Detroit), onde Senna não terminou a prova, mas fez uma ótima qualificação, e Portugal, onde o piloto terminaria em terceiro, conquistando seu segundo pódio.

Senna terminou a temporada de 1984 em nono lugar, com 13 pontos, pois também fez pódio em Silverstone, na Inglaterra.

2 – Lotus

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

O sucesso na Toleman fez com que a Lotus, outrora campeã da F1, apostasse no brasileiro para voltar os dias de glórias. Se não houve títulos, houve a confirmação de que Senna era um piloto especial. O game divide “em dois” a trajetória do piloto na equipe inglesa: em 85 e 86, a bordo da lendária Lotus preta e dourada, e em 87, com a Lotus amarela.

Este capítulo começa com a primeira vitória de Senna, em Portugal, na temporada de 1985. Segue na Bélgica, onde o brasileiro venceu de novo, e continua em 1986, no Brasil, onde houve dobradinha Piquet-Senna. Continua com a Espanha, onde Senna protagonizou com Mansell uma das chegadas mais incríveis da história, vencendo por 14 milésimos de segundo, quer ver?

Em seguida, Estados Unidos, onde, em Detroit, Senna iniciaria algo que se tornou sua marca registrada. O gesto surgiu um dia depois do Brasil ter sido eliminado pela França na Copa do Mundo do México. O próprio piloto falou sobre isso:

3 – McLaren e o primeiro mundial

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

Em 1988, enfim a hora de correr em uma equipe grande, na qual a meta não era vencer corridas, e sim, o campeonato. O game traz as provas nas quais Senna venceu naquele ano: México, Canadá, Estados Unidos (Detroit), Reino Unido, Alemanha, e Hungria, além de Portugal e Espanha, onde o piloto não venceu, mas pontuou.

O ponto máximo do capítulo é o Japão, onde Senna conquistaria seu primeiro campeonato. A corrida foi histórica. Largando na Pole e cravando o mundial vencendo a corrida, o brasileiro teve problemas na largada, caindo para sexto lugar.

Em uma corrida de recuperação, o piloto passou por oito carros logo na primeira volta, ficando em terceiro já na décima volta. Uma leve chuva caiu no local, com a disputa Senna x Prost acontecendo na volta 28. O futuro campeão mundial ultrapassou o francês, abriu vantagem e garantiu seu primeiro mundial.

4 – Senna x Prost e o bicampeonato

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

Em 1989, uma polêmica envolvendo aquela que já era a maior rivalidade de todos os tempos tirou o bicampeonato de Ayrton. Que, em 1990, resolveu partir com tudo para cima de Prost, que na ocasião, havia se mudado para a Ferrari. Não eram mais companheiros de equipe, mas seguiam rivais.

O capítulo mais longo do game conta com 11 corridas, começando pelo Brasil, que era uma das primeiras corridas da F1 na época. Senna não venceu em 1990, mas a corrida marca a estreia de Interlagos na competição. Ainda conta com Mônaco, Canadá, México, Reino Unido, Alemanha, Hungria, Bélgica, Itália, Portugal e Japão.

Senna venceu ou foi pódio na maioria das corridas, menos no Japão, onde se sagrou bicampeão do mundo após um acidente com Prost logo na primeira volta da corrida. 1989 estava pago, com juros, e o piloto brasileiro comemoraria o seu segundo campeonato mundial.

5 – Tricampeonato e a consagração

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase

Em 1991, Senna já era consagrado. O atual bicampeão rumava para o tri, mostrando habilidades raramente vistas em um piloto de Fórmula 1. O capítulo começa com um episódio inesquecível: o GP Brasil de 1991, onde o piloto venceu com problemas no câmbio, contando apenas com a sexta marcha ao final da corrida. Foi o dia do “vai ter que dar”.

Aqui, uma surpresa: a torcida grita o nome de Senna, como uma cortesia simpática do game.

Senna disputaria o título com Mansell, que guiava uma promissora Williams. Mas com habilidade, e sabendo “domar” o Leão, aproveitando-se da agressividade do piloto inglês, ganhou corridas suficientes para garantir o tri.

O game oferece as pistas nas quais Senna venceu ou fez bons pontos na temporada: Itália, Mônaco, Reino Unido, Hungria, Bélgica, Portugal, Espanha e Japão, onde, após um erro de Mansell, que pararia na brita, Senna comemoraria o tricampeonato, deixando Berger passar e dando a vitória a seu companheiro de equipe, e um dos grandes amigos que fez na Fórmula 1.

Faltou 1993

Embed from Getty Images

Apenas acho que faltou um capítulo nesta DLC: a que representa a temporada de 1993. Hoje, passado todos estes anos, acredito que foi em 1993 que Senna se apresentou, de uma vez por todas, como o melhor piloto que a Fórmula 1 já teve. Tenho por base que os melhores pilotos fazem proezas com o carro que possuem, e Senna, em uma McLaren de motor Ford, bem limitada em comparação a seus rivais, deu show.

Foi neste ano que o brasileiro venceu de forma histórica em Interlagos, pela segunda vez. Também foi em 1993 que Senna fez a volta histórica em Donington Park, no famoso “GP do Sonic”, em que o piloto largou em quarto, caiu para quinto e terminou a primeira volta em primeiro (enquanto Rubens Barrichelo, na mesma volta, também foi épico, saindo décimo segundo para quarto.

Senna também venceu em Mônaco, Japão e Austrália, onde conquistaria sua última vitória na McLaren, e também na Fórmula 1. Seria, assim, uma grande oportunidade de contar também este capítulo na DLC. Mas não vou reclamar, pois o trabalho apresentado já está impecável, com um cuidado que não se vê todo dia, mas que é esperado, conhecendo a curadoria e o cuidado que a Senna Brands tem com o legado de Senna.

O toque pessoal de Ayrton Senna

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase
Senna na época do desenvolvimento de Super Monaco GP II

Ao jogar Senna Sempre, em Horizon Chase, me dei conta que, de forma indireta, o tricampeão participou da criação do game. Se muitos disseram, ao jogar o game, que trata-se de um remake espiritual, ou uma homenagem, a Super Monaco GP II, então não é errado afirmar que tem muito de Senna no game, além da homenagem.

Quer um exemplo? Senna exigiu, no game de Mega Drive, que os carros, ao passarem na zebra, não perdessem velocidade, como era comum nos jogos da época. E Senna Sempre também garante a alta velocidade nas zebras de suas pistas. Outra coisa: foi Senna que pediu por maiores detalhes em Super Monaco GP II, pois acreditava que os cenários dos games de corrida da época eram genéricos. Nesta DLC, qualquer fã de F1 reconhecerá rapidamente Interlagos, Mônaco ou Suzuka.

Senna Sempre dá aula sobre Senna em um "novo game" dentro de Horizon Chase
“Eu vejo o futuro repetir o passado…”

A verdade é que Senna, sem imaginar, contribuiu muito para a evolução dos games de Fórmula 1, tanto os com proposta arcade, quanto os simuladores, que contam, inclusive, com competições de ESports atualmente. E muito do que é encontrado em um game que ele mesmo ajudou de maneira muito próxima e perfeccionista, é possível encontrar em Senna Sempre.

Ou seja, se Ayrton Senna estivesse vivo, e envolvido com o projeto, talvez contribuiria com mais sugestões. Mas tenho certeza, assim como quem apoiou a Aquiris com esta DLC, que o tricampeão (ou quem sabe, heptacampeão) ficaria muito feliz com o resultado.

Senna Sempre, a DLC de Horizon Chase, está disponível nos dispositivos móveis iOS e Android. Além disso, sua versão Turbo está disponível para PC, Nintendo Switch, Xbox e Playstation, sendo que, no caso da Sony, ainda há uma versão física, com capa especial.

2 Respostas para “Senna Sempre dá aula sobre Senna em um “novo game” dentro de Horizon Chase”

  • 27 de outubro de 2021 às 21:06 -

    Helinux

  • Bons tempos de Super Monaco Gp 1 e 2 do poderoso Mega Drive!!!! valeu!!!!

  • 28 de outubro de 2021 às 11:35 -

    Marcus Crisostomo

  • Depois de ler essa matéria a minha mão tá coçando pra comprar essa DLC. Só que o problema é que já comprei o Gran Turismo 7 na pré-venda e aí vou ter q esperar um pouco pra pegar esse complemento pro Horizon Chase.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *