Street Fighter Alpha está ganhando um port não-oficial para Mega Drive

14 de janeiro de 2022
Street Fighter Alpha está ganhando um port não-oficial para Mega Drive

Em 1996, a Capcom desafiou o Super Nintendo, levando uma improvável versão de Street Fighter Alpha/Zero 2 para o 16-bits, em tempos nos quais estava claro que estes consoles não suportariam mais os grandes lançamentos do arcade, com a maioria dos games recebendo ports para SEGA Saturn, Playstation, entre outros consoles mais modernos.

Mesmo assim, o console recebeu um port do game de arcade, que chamou muita atenção na época, por se tratar de uma versão bem feita, dentro das possibilidades. Truques técnicos foram utilizados para se tornar viável o gameplay, e acabou que Street Fighter Alpha 2 cumpriu seu papel de manter uma versão no já defasado, mas ainda popular, Super Nintendo.

Entretanto, o Mega Drive, o outro 16-bits popular da época, nem chegou a ser cogitado como candidato a uma versão. O console chegou a receber games da época de Street Fighter II, mas ficou de fora da era “Alpha”. Mas, como estamos acostumados a ver nos últimos dias, se um game não chega por vias oficiais, é a hora da comunidade se reunir e criar seu próprio projeto.

Assim, nasceu a ideia de levar um port de Street Fighter Alpha para o Mega Drive. Mas não é a versão de Super Nintendo, adaptada. Trata-se de um port inédito, que tem como base o primeiro game da série, lançado originalmente em 1995. O vídeo mais recente do projeto, de dezembro de 2021, mostra que a base é o game de arcade, oferecendo um mínimo de gameplay para quem tem interesse em ver o game em funcionamento.

Na demo, é possível ver uma luta entre Ryu e Ken, no cenário de Chun-Li, que é uma representação da Muralha da China. É possível ver tudo o que o game do arcade oferecia: a voz do narrador, a barra de especiais com três níveis, as animações e a música de fundo. Obviamente, tudo perde qualidade no Mega Drive, mas mesmo assim, entendendo as limitações do console, o port tem se mostrado muito interessante, dá só uma olhada:

O game, encabeçado por Davila Games, usa a biblioteca SGDK, e serve de estudo para a criação de uma engine de lutas para o Mega Drive. Para saber mais sobre o projeto, basta seguir o canal para conferir quando uma atualização do projeto for divulgada.

3 Respostas para “Street Fighter Alpha está ganhando um port não-oficial para Mega Drive”

  • 14 de janeiro de 2022 às 22:06 -

    Helinux

  • Hoje em dia a galera está usufruindo todo o potencial de um console de 16 bits…já que na época, ambas as empresas Sega e Nintendo só olhavam para saber o que o vizinho iria lançar em termos de jogo!!!! valeu!!!!

  • 15 de janeiro de 2022 às 00:41 -

    aki é rock

  • Um port bastante interessante viu gostei do que vi.

  • 17 de janeiro de 2022 às 14:26 -

    traumatologiaeortopedia.com.br

  • Lembrando que o chip do cartucho do supernintendo tinha um chip a mais para auxiliar no processamento das imagens.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *