Tim Schafer aposta nos games casuais com seu Happy Action Theater

20 de outubro de 2011
Autor: Rodrigo Pscheidt

Tim Schafer aposta nos games casuais com seu Happy Action Theater

Tim Schafer, o mestre que já nos brindou com clássicos como Full Throttle e Grim Fandango, parece ter se rendido aos games casuais. Depois produzir um game infantil da Vila Sésamo (?!), a Double Fine acaba de anunciar seu próximo projeto: Happy Action Theater.

Embora seja uma coletânea de mini-games para Kinect, este Happy Action Theater apresenta algumas boas sacadas: um dos modos de jogo é uma cópia do clássico Arkanoid, mas ao invés da raquete, temos uma miniatura dos jogadores na parte inferior da tela, que devem se movimentar para rebater a bola.

Outro mini-game que parece bacana coloca uma cidade virtual em miniatura para que o jogador (um gigante, se comparado à cidade) se sinta um verdadeiro monstro de filmes japoneses e pisoteie tudo, saindo inclusive na primeira página dos jornais!

Temos ainda um rio de lava escaldante, interação com balões e fogos de artifício virtuais, um fundo do mar repleto de peixes e até mesmo um jardim florido que pode ser regado. Nada assim que se diga “uau, que jogo incrível!”, mas uma mostra de que, mesmo nos games casuais há espaço para um pouco de criatividade.

Confira abaixo o trailer de Happy Action Theater:

Não é nenhum Full Throttle, mas não podemos negar que há muita criatividade por trás deste game! Este tipo de jogo – conhecido por aí como party games – é ótimo para animar tanto a criançada quanto certos adultos que se soltam após alguns drinques, durante uma festa.

Produzido pela Double Fine, Happy Action Theater ainda não teve uma data de lançamento oficializada, mas deve sair ainda este ano. O game será exclusivo para o Xbox 360, e deve ser comercializado apenas digitalmente via Xbox Live.

(Via: Kotaku)

5 Respostas para “Tim Schafer aposta nos games casuais com seu Happy Action Theater”

  • 20 de outubro de 2011 às 09:33 -

    wagner vanin

  • vou comprar um pro meu futuro filho,achei muito divertido o jogo e realmente e criativo gostei.

  • 20 de outubro de 2011 às 09:58 -

    leandro(leon belmont)alves

  • bacana para passar o tempo, mas não para zerar.

  • 20 de outubro de 2011 às 10:29 -

    Edimartin Martins

  • Tá aí uma coisa boa de se fazer com o kinect.
    Achei muit legal colocar as pessoas na ação estilo o primaira cãmera do playstation 2. Os esfeitos especiais da eletricidade foi o que eu achei o mais impressionante.

    Vamos perder todas as gorduras do corpo.

    • 20 de outubro de 2011 às 10:35 -

      Edimartin Martins

    • Uma coisa que eu me esqueci de comentar.



      Eles precisam fazer com o kinect um adventure estilo toonstruck aonde o jogador aparece em 2D na tela e interaje com as coisas. Seria muito legal.



      Anotação. Comprar um kinect, aprender como desenvolver para ele e criar um adventure com o mesmo.

  • 20 de outubro de 2011 às 16:21 -

    KING OF KINGS

  • é legal sim bom

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *