Análise Arkade – Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

9 de novembro de 2021
Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

Os games de corrida contaram com grande evolução com o passar dos anos. Dos games vetoriais, passando pelo clássico Enduro, vivendo uma era de ouro nos 16-bits com diversos títulos e depois iniciando uma trajetória de evolução sem fim no final dos anos 90, nunca os games do gênero estiveram tão completos, seja no visual dos carros, como na direção dos mesmos.

Dito isso, não podemos deixar de afirmar que Forza Horizon 5, que chega hoje a todos os jogadores de Xbox, incluindo os assinantes do Game Pass, é mais um capítulo que representa um novo momento ao gênero. O game, que mais evolui que propõe mudanças, também conseguiu revolucionar o gênero, conseguindo manter real o sonho de qualquer jogo de corrida: sair da bolha “racing” e ser desejado por todos.

Desde o primeiro Horizon, de 2012, até o seu quinto game, a Playground Games buscou sempre ser mais do que um game de corrida com atividades insanas. Conseguiu trazer um mundo aberto que muitos games playground não possuem, trouxe diversas atividades, uma variedade incrível no gameplay e visuais estonteantes.

Tudo isso continua, agora no México.

¡Viva Mexico!

Se você nunca foi ao México, terá uma grande oportunidade de conhecer um pouco do país no game. Se já foi, irá reconhecer facilmente a ambientação local. Quando a Playground afirmou que estava estudando profundamente a região para o seu game, eles não estavam de brincadeira.

São estradas, praias, florestas, pântanos, montanhas, desertos e rios, que influenciam na diversidade das atividades e da forma de se guiar, respeitando o bom uso dos mais de 500 carros disponíveis. Seja para competir ou para explorar, cada região exige um tipo de carro e, com certeza, você vai querer andar com um carro diferente.

Inclusive, tem até um vulcão ativo, te esperando por lá. O game é bem amplo em atividades, com os capítulos especiais surgindo ocasionalmente, com missões específicas para se cumprir em um determinado espaço. São 11 biomas diferentes que rendem uma diversidade impressionante de provas.

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

Games de corrida, de forma geral, sofrem por contar com uma limitação de pistas e formas de se guiar. Coisa que não acontece em Forza Horizon 5. Quer correr corridas de rua? Lá tem. Prefere corridas longas na estrada? Também tem. Sua adrenalina sobe com provas off-road? O game também te fará feliz.

É tanto conteúdo que o jogador pode até ficar perdido. Mas há o que se fazer tanto em jogatinas mais curtas, para quem só pode jogar “uma corridinha”, como também para jogatinas bem longas, onde tudo é um convite à exploração. O México construído para o game é um mundo aberto pronto para a exploração profunda e divertida, propiciando uma infinidade de coisas a se fazer. E isso considerando apenas o estado atual de jogo, no lançamento, sem levar em conta futuras boas expansões que estão por vir.

Cinco Forzas em um

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

Forza Horizon 5 é uma revolução no gênero, mas não exatamente revolucionário dentro de si mesmo. Explico. A proposta de game, assim como os elementos principais são todos vindos de Forza Horizon 4. Do game anterior, também temos os desafios Super 7, o sistema de estações, e as Playlists de temporadas.

Mas, a sensação que se tem ao jogar o game, não é de uma simples sequência. A Playground conseguiu condensar o que há de melhor nos quatro games anteriores em seu novo projeto. Houve expansão da conectividade, com o EventLab, e até um sistema de presentes que permite a troca de carros entre a comunidade, usando os celeiros que guardam carros raros.

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

Isso sem falar no “Battle Royale”, chamado aqui de Eliminador. Assim como no game anterior, você entra em uma “arena” que diminui espaço, assim como no PUBG ou em Free Fire, com as eliminações acontecendo em pequenas corridas mano a mano, onde literalmente, “vale tudo” para chegar em primeiro e eliminar o rival. O último, obviamente, ganha.

O game ganhou, mesmo que ainda discreto, uma pequena narrativa, que, embora não seja necessário para o desenrolar do jogo, ainda traz uma motivação, uma razão para as corridas. O Festival Horizon deu voz ao seu personagem, construído por você com boas ferramentas de customização.

As Expedições trazem avanço ao game, funcionando como “missões de transição”, onde você é levado a um local específico, para cumprir missões principais e secundárias, desbloqueando, ao final, novas atividades.

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

E, ainda por cima, temos um dos games mais acessíveis de todos os tempos. De “fábrica”, temos a dificuldade “turista”, para quem é novato em jogos de corrida ou só quer diversão casual, interface personalizada para auxiliar na navegação, aumento de tamanho das legendas, destaque de palavras-chave, diminuição da velocidade do jogo, conversão de texto em fala, reconhecimento de fala, além da possibilidade de desligar o movimento no plano de fundo.

O game ainda ganhará linguagem de sinais em uma próxima atualização, além de contar com os recursos do próprio Xbox, como o controle adaptativo, o modo copiloto ou as configurações visuais permitidas.

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

Falei, em outra oportunidade, com a Xbox Brasil sobre a acessibilidade em seus games e consoles, e você pode conferir aqui.

Forza Horizon 5 é a reunião de tudo de melhor que a franquia já ofereceu e ideias novas que não poderiam ser implementadas anteriormente, ou surgiu depois. Capricho, cuidado e bom gosto é visto em todo momento, em todos os lugares.

É muita coisa!

Além das muitas atividades, Forza Horizon 5 também é um exagero, positivo, quando o assunto são carros. O jogo, que faz questão de te recompensar por tudo, a toda hora, oferece um sistema de coleção em formato de álbum de figurinhas. Você obtém seus carros comprando-os na loja, ganhando em sorteios, encontrando-os no celeiro, ou recebendo um presente de alguém da comunidade.

A seleção de carros é impressionante. Temos clássicos, como o Fusca, ou melhor, Vocho, como é conhecido por lá, que é um carro que tem uma forte história com o México. Afinal, o último Fusca do país foi produzido em 2003, sendo um dos locais onde o carro foi mais utilizado na história. Também há os off-road como o Ford Escort, os carros de estrada e os super-carros, como a McLaren Senna.

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

E, repito, estamos falando das possibilidades disponíveis hoje. Sabendo que, seguindo o histórico da Playground, muito mais carros chegarão em breve, com boas surpresas sendo esperadas pela comunidade.

As opções de gameplay também são muitas, para um jogo com proposta arcade. Há algumas poucas opções de direção, feitas para quem quer um pouco mais, além do nível de dificuldade, no qual o game vai te convidando a tentar algo mais difícil enquanto entende o seu jeito de jogar.

O visual também é estonteante. Seja nos locais já mencionados, ou nas tempestades de areia, que mudam toda a dinâmica do game. Ano passado, havia comentado ao falar de Dirt 5, que as mudanças climáticas na nova geração seriam um diferencial positivo. E Forza Horizon, apenas 12 meses depois, já propôs uma ideia muito interessante.

Um jogo de corrida para todos

Análise Arkade - Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório

Forza Horizon 5 conseguiu o que raríssimos jogos de corrida conseguem: ser competente para os fãs de jogos de corrida, pois oferece, além de tudo, algumas mecânicas avançadas para quem quer um pouco mais do jogo, mas também agrada quem não é fã do gênero, mas encontra diversão no game.

Acredito que são poucos os games que conseguiram tal façanha. De cabeça, posso mencionar Daytona USA, nos anos 90, e a série Need for Speed Underground. O mais interessante, ao se observar as jogatinas do game, é ver gente que não é adepta a games de corrida, se divertindo muito, e conseguindo explorar o mundo do jogo, participando de suas atividades.

Isso só mostra que estamos diante de um dos títulos mais influentes dos nossos dias, e, com toda a certeza, a franquia de corrida mais importante do mundo dos games. A Playground Games merece todos os elogios possíveis, por apresentar um game que tinha tudo para ser segmentado e exclusiva a um nicho, mas que acabou se tornando em um fenômeno cultural, pronto para agradar a todos.

Forza Horizon 5 está disponível a todos, a partir de hoje (9 de novembro de 2021) para Xbox Series X|S, Xbox One, e PC. O game está no Game Pass.

Uma resposta para “Análise Arkade – Forza Horizon 5 é divertido, incrível e obrigatório”

  • 10 de novembro de 2021 às 00:20 -

    Helinux

  • Belas imagens!!!! valeu!!!!

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *