Arkade Speed – a eNASCAR Heat Pro League começou, como ótima porta de entrada pra quem quer ser profissional

2 de junho de 2019
Autor: Junior Candido

Arkade Speed - a eNASCAR Heat Pro League começou, como ótima porta de entrada pra quem quer ser profissional

Com a crescente dos eSports de velocidade, muitos daqueles que teriam potencial para o automobilismo, mas que por fatores comuns ao meio, como o alto custo para manter uma carreira, a necessidade de um patrocinador, ou a concorrência por vagas em diversas categorias fazem com que muitos gamers possam ter a chance, através de seus games preferidos, de sonhar com voos maiores.

Seja no mundo profissional dos eSports, ou ainda com o sonho de ir pra uma pista de verdade, são muitos os projetos que envolvem games e automobilismo. Temos a Fórmula 1, a Moto GP, os eventos de Gran Turismo. E junto a eles, a nova edição da eNASCAR. A categoria, extremamente popular nos EUA, mas bastante querida em outros locais, como no Brasil, tem funcionado bem como porta de entrada para novos talentos.

Assim, a 704Games, que desenvolve o NASCAR Heat 3, junto a Race Team Alliance e a própria NASCAR, aproveitaram o final de semana com provas em Charlotte, para iniciar a temporada 2019 da categoria. Aproveitando os olhares do público, que além da etapa de Charlotte, também acompanhou o GP de Mônaco da F1, além das 500 Milhas de Indianápolis, o evento contou com uma corrida de Xbox One, seguida pela prova no Playstation 4.

“A NASCAR crescendo através da inovação”

eNASCAR Heat Pro League: Race #1

No more waiting. The eNASCAR Heat Pro League is officially underway!-Pre-race coverage starts at 2:30pm ET-Green flag waves at 3:30pm ET

Posted by NASCAR on Sunday, May 26, 2019

Tim Clark, vice-presidente sênior e diretor digital da NASCAR, explicou sobre a importância do evento. “A eNASCAR Heat Pro League é resultado de uma colaboração incrível da indústria. Além de compromisso compartilhado para que a NASCAR cresça através da inovação. A comunidade de eSports é enorme, altamente engajada, e a nossa liga oferece uma oportunidade única para alcançar novos fãs”.

Para promover o evento, pilotos famosos da categoria, como Chase Elliott, Ryan Blaney e Bubba Wallace estiveram presentes para acompanhar a corrida. Corrida esta que contou com 14 equipes e 28 pilotos. Na primeira corrida, Slade Gravitt venceu no Playstation 4, e Brian Tedeschi levou no Xbox One. Brian, por sinal, é da conhecida Team Penske. Uma das maiores equipes de automobilismo dos EUA, que também investe nos eSports.

Dos games para o eSport

Gravitt, por exemplo, é mais um exemplo de gamers que se descobrem no cenário. Para a Forbes, o jogador, de 16 anos, explicou que buscou seu lugar na liga após de jogar com amigos. Ao descobrir que ele teria capacidade para encarar as eliminatórias para o torneio, foi buscar o seu espaço. O qual acabou conquistando. E com direito a vitória na estreia.

Assim como acontece na Fórmula 1 Esports Series, o próprio jogo oferece a oportunidade, através de eventos, de colocar o jogador no ritmo de corrida. Na F1, a chance é um pouco mais difícil, pelo número de vagas menor. E pelos pilotos virtuais que já existem. Uma vez que a categoria já tem algum tempo de vida, e nomes já estão consagrados no meio. Dificultando o acesso de jogadores comuns.

Já na NASCAR, contando com o fato de ser uma categoria popular apenas nos EUA, e com suas atividades ainda em estágio inicial, aparece como a hora ideal de novatos. Que acreditam que mandam bem nos games de corrida, a tentar uma vaga para as competições. Acredito até que, em breve, jogadores de outros países, fãs da NASCAR, tentarão a sorte no game.

O calendário seguirá com mais 15 corridas. Com o seu término junto aos playoffs da NASCAR, que acontecerão no final deste ano. Após os primeiros eventos, a Penske Esports lidera a eNASCAR com 78 pontos. Seguida pela Wood Brothers Gaming com 73 pontos. E pela JR Motorsports e a Petty Esports que dividem o terceiro lugar com 70 pontos. Tabelas e agendas podem ser encontradas no site oficial da eNASCAR.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *