Millennials dão as boas-vindas de volta aos Fliperamas

29 de março de 2019
Autor: Arkade
Millennials dão as boas-vindas de volta aos Fliperamas

Fonte: Unsplash.com

Os salões de arcade foram uma parte essencial da cultura nas décadas de 80 e 90, por haverem sido centros de socialização e de entretenimento para milhões de pessoas em todo o mundo. Atualmente, os fliperamas estão voltando a ser tendência e os millennials são os mais entusiasmados por isso.

Os fliperamas como um centro social

Sendo um lugar onde é possível conhecer novas pessoas, aprender novos truques em vários games e aproveitar longas horas de entretenimento, as salas de arcade, ou como gostamos chamar, fliperamas, se tornaram um ponto de encontro para os fãs de videogames.

Como mostra o site Veja SP, existem vários fliperamas em São Paulo que permitem que os frequentadores tenham um lugar onde possam desfrutar dos jogos que lhes trazem mais saudade, além de funcionar como um ponto de encontro para se socializar com diferentes pessoas.

É nesse contexto que os mais nostálgicos também se reúnem em eventos como o Brasil Game Show. Pois o evento oferece fliperamas e até um museu de consoles que mostram às novas gerações por que esse conceito tem sido tão bem-sucedido apesar da passagem do tempo.

Embora seja verdade que os fliperamas foram a segunda casa de quase todos os gamers nos anos 80 e 90, esse conceito de videogames continua a se adaptar às novas tecnologias e formas de socialização.

Neste contexto, aparece o recentemente anunciado Apple Arcade, o novo serviço de jogos da empresa criada por Steve Jobs, que busca interligar as novas gerações através de videogames em plataformas digitais.

Entretenimento e o mundo digital

Os espaços de arcade têm sido uma fonte de inspiração para múltiplas plataformas dentro do mundo digital e do entretenimento. Como mostra o site Público, filmes como Scott Pilgrim Contra o Mundo (Edgar Wright, 2010), tomaram múltiplas referências da vida em torno dos videogames, colocando os protagonistas do filme em um contexto em que parece que sua vida é um próprio jogo de arcade.

Mais recentemente, o filme Ready Player One (Steven Spielberg, 2018) mostrou às novas gerações várias referências à cultura popular com a qual os adultos de hoje cresceram enquanto desfrutavam dos fliperamas, com personagens de videogames e filmes que fazem parte de um mundo virtual que interage com os protagonistas da história.

Estes tipos de jogos e memórias transcenderam gerações e também conseguiram ir além das consolas, uma vez que plataformas como o cassino online Betway contêm vários jogos e máquinas caça-níqueis que são inspirados por elementos da cultura pop da idade de ouro dos fliperamas.

Desta forma, filmes, videogames e personagens do passado encontraram um espaço para que os fãs dos games e da cultura vintage possam tirar proveito de uma versão online dos mesmos. Além disso, a cultura dos fliperamas também fazem parte dos eSports, como mostra o site da ESPN, que mostra como o exemplo o sucesso de grandes competições como a Evolution Championship Series, que reúnem a cada ano mais novos jogadores em torneios globais. Como se fosse um enorme salão de arcade.

Millennials dão as boas-vindas de volta aos Fliperamas

Fonte: Pixabay.com

Os fliperamas continuam ganhando seguidores na atualidade

Embora os salões de arcade tenham sido conhecidos por serem centros de socialização e entretenimento, os clássicos do passado encontraram várias vitrines para seus seguidores mais nostálgicos. Um exemplo do acima é mostrado pelo site TechTudo, com um fliperama portátil que traz de volta os clássicos do passado para as telas de casa.

Esses modelos físicos incluem até 20.000 games dos anos 90 dentro de seus emuladores e também têm alavancas e botões como as máquinas do passado. Assim, esses aparelhos são conectados por um simples cabo HDMI a uma TV ou monitor de computador, para levar o entretenimento dos fliperamas a qualquer lugar.

Esses fliperamas portáteis vendem até 200 unidades por mês e atingem o tamanho de um controle de arcade convencional, o que incluem até adesivos semelhantes aos que podiam ser encontrados nas máquinas do passado. No entanto, além do acima exposto, o mundo digital também já encontrou exemplos de fliperamas dentro dos videogames.

Em referência ao acima exposto, um fã nostálgico já criou um fliperama do Pac-Man dentro do game Minecraft, aproveitando as facilidades de criação e desenvolvimento que este mundo virtual permite. O usuário chamado MrSquishyYT construiu uma versão jogável deste clássico videogame, após um ano inteiro de trabalho no projeto para torná-lo disponível a outros usuários do game.

Desta forma, fica demonstrado que mesmo dentro dos videogames é possível se socializar em torno dos fliperamas e da nostalgia que estes criam em seus seguidores.

Essas máquinas e suas referências à nostalgia e o entretenimento vintage são um dos melhores pretextos para os millennials se encontrarem, compartilharem uma conversa ou uma refeição e mostrarem seus melhores truques nos videogames que inspiraram gerações. Seja dentro de salões de fliperama escondidos nas ruas de São Paulo, através de referências em filmes e jogos online, ou mesmo dentro de mundos virtuais, os fliperamas estão tão vivos quanto 30 ou 40 anos atrás.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *