Phil Spencer declara que Google e Amazon serão os principais concorrentes do Xbox no futuro

6 de fevereiro de 2020
Autor: Junior Candido
Phil Spencer declara que Google e Amazon serão os principais concorrentes do Xbox no futuro

Phil Spencer, chefe de games e Xbox na Microsoft, falou sobre a sua visão para o futuro. Nela, suas concorrentes principais serão a Amazon e Google. Tal afirmação foi declarada em uma entrevista em um recém-lançado protocolo de publicação da tecnologia Protocol. Spencer diz não acreditar que Sony e Nintendo, que disputam com o Xbox a preferência no mercado de consoles, criem infraestrutura em nuvem que desafiariam Microsoft, Google ou a Amazon.

“Temos muito respeito por Nintendo e Sony, mas vemos a Amazon e o Google como os principais concorrentes daqui para a frente”, explica Spencer. “Isso não é um desrespeito com a Nintendo e a Sony, mas acredito que as empresas tradicionais de games estão um pouco fora de posição. acho que eles poderiam tentar recriar o Azure (plataforma de serviços em nuvem da Microsoft), mas investimos dezenas de bilhões de dólares em nuvem ao longo dos anos”, afirma.

A Microsoft, apesar de trabalhar no sucessor do Xbox One, o Series X, deixa muito claro que trabalha em videogame como um ecossistema que vai além do mundo Xbox. O Console Streaming e o Game Pass são alguns exemplos tangíveis desta visão. O foco atual da companhia é a nuvem, que pode alcançar bilhões de jogadores pelo mundo. o xCloud está em testes, e deve ser lançado em caráter oficial ainda neste ano.

Spencer já havia declarado, em outra oportunidade, que o negócio de games para a Microsoft e Xbox não é sobre “quantos consoles são vendidos”, e deixa claro o fato de que não tem interesse em entrar, no futuro, em uma “guerra de consoles” com Nintendo e Sony. “Eu não quero brigar em guerras de consoles com eles, enquanto Amazon e Google se concentram em como levar games a 7 bilhões de pessoas pelo mundo”, declarou.

Para a Microsoft, a “guerra de consoles” será em data centers. Recentemente, a Microsoft fez uma parceria com a Sony em 2019, e hospedará os serviços da Sony no Azure, no futuro. Apesar do discurso de foco no streaming, Spencer sabe que os serviços ainda não podem ser plenos em seu funcionamento. Isso se mostrou evidente com os problemas do Stadia em seu lançamento. Entretanto, o foco na tecnologia se mostra viável, quando focado o médio, e o longo prazo.

A próxima geração, enquanto isso, chegará de maneira “tradicional”, embora prontas para as novas tecnologias. Xbox Series X e Playstation 5 chegam no final de 2020. Enquanto o Nintendo Switch segue bem em vendas, com serviços de streaming no Japão.

2 Respostas para “Phil Spencer declara que Google e Amazon serão os principais concorrentes do Xbox no futuro”

  • 6 de fevereiro de 2020 às 16:29 -

    romulo

  • tem os 3consoles desta geração cada um com jogos melhores que os outros todos nos tb sabemos do poder do nome playstation e nintendo, mas tb e verdade que o mercado muda constantemente prova disto no mundo nerd e a netflix alcançando milhares de pessoas. o game pass eum bom serviço se a sony investir no playstation now na proxima geração todos nos sairemos ganhado, mas o mercado de games como conhecemos esta mudando para o bem ou para o mal. pessoas que possuirem um ps4 ou ps3 etc… daqui alguns anos sera como der uma reliquia como telefone ou tv de tubo.

  • 6 de fevereiro de 2020 às 21:50 -

    Helinux

  • Acredito que o futuro mesmo será jogar por causa de determinados jogos e não vídeo games e afins. Muita gente comprou o Nintendo Switch por causa da série Zelda e assim vai. O importante é jogar e se divertir!!!! valeu

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *