Um político na vida real foi banido pra sempre de EVE Online. O motivo? Corrupção

9 de abril de 2019
Autor: Renan do Prado

Um político na vida real foi banido pra sempre de EVE Online. O motivo? Corrupção

Diariamente, quer gostemos ou não, somos bombardeados com notícias sobre política, seja política brasileira ou internacional (ou deputado querendo criminalizar video games). E inevitavelmente somos bombardeados com notícias sobre corrupção, de um tipo ou de outro. Muitos, assim como eu, tem nos video games uma fuga de todas essas notícias, até que somos surpreendidos por um caso real de corrupção dentro de um video game!

Não estamos falando de personagens que são políticos e corruptos, mas sim de um bizarro caso real dentro da comunidade de EVE Online, que resultou no banimento permanente de um político americano do game! Mas antes de entrarmos nesse caso, vamos primeiro dar uma contextualização para dar sentido ao que ocorreu.

EVE Online é um MMO espacial em que os jogadores são capitães de naves espaciais viajando e interagindo entre si das mais diferentes maneiras. Realizando comércio de produtos in-game, realizando transportes e missões de exploração, e é claro, formando alianças entre si, o que consequentemente acaba resultando em imensas guerras online de proporções colossais.

O game foi criado pela CCP Games, que em ordem de ter uma aproximação maior de sua apaixonada comunidade de jogadores, fundou a CSM (Conselho de Gerenciamento Estelar): Um pequeno grupo formado por jogadores eleitos democraticamente, que interagem diretamente com os desenvolvedores e servem de mediadores entre produtora e jogadores, condensando o feedback da comunidade e entregando aos criadores do game, para manter um relacionamento saudável. E para fazer parte desse seleto grupo, seus membros devem seguir um rígido código de conduta um acordo de não-divulgação.

E aí entra o réu do julgamento, Brian Schoeneman, ou Brisc Rubal dentro do game, político e lobista americano e ávido jogador de Eve Online. Ele fazia parte da CSM desde o ano passado, chegando inclusive a fazer um vídeo de campanha para sua candidatura à CSM, que você pode conferir abaixo:

E agora vamos ao climax: a CCP baniu permanentemente Brisc Rubal do seu game por Corrupção. Segundo a produtora, ele teria abusado de seu posto no conselho da CSM ao divulgar “informações confidenciais” a outro jogador, o que permitiu que tal jogador conseguisse “conduzir transações in-game ilegais”. Quais informações e quais transações ilegais ocorreram não foram divulgadas, mas seja lá o que tenham sido, gerou o banimento permanente do réu, e banimento de 1 ano para seus “cúmplices”.

Dentro do universo do game, muitos roubos, traições e pilantragens ocorrem diariamente, porém estando dentro das regras do game. Nada impede que um jogador ataque outro e roube seus recursos, por exemplo. Isso é algo que faz parte do game. Mas o caso envolve informações vindas diretamente da produtora do game, compartilhadas exclusivamente com a CSM e portanto, proibidas de serem compartilhadas pelo acordo de não-divulgação.

A história toda tem escalado a níveis, com o perdão do trocadilho, galáticos. Brian Schoeneman comentou em sua conta no Twitter que é inocente das alegações, que a CCP o baniu sem fornecer um motivo claro para tal. Depois, ele anunciou no Reddit que ele lutará contra seu banimento e de dois companheiros de aliança dentro do game (os “cúmplices”). A CCP não se pronunciou sobre o caso, mas comentou eles poderiam “impor uma regra que proíbe aparelhos eletrônicos durante reuniões da CSM”. (Reuniões que ocorrem tanto presencialmente, como online). Bem estranho não é?

EVE Online é um game conhecido por sua comunidade composta de muitos jogadores altamente investidos em suas políticas e nuances, com empresários e gente de alta sociedade jogando ativamente e construindo uma verdadeira civilização dentro do universo do MMO. E agora, já tem até caso de corrupção rolando! As repercussões desse caso ainda são um mistério, dificilmente Brisc Rubal conseguirá reverter seu banimento, e muita coisa pode acabar logando dentro e fora da CSM a partir de agora.

E pra quem pensava que os vídeo games eram uma saída das notícias sobre política e corrupção, fica aqui uma das mais icônicas falas do cinema. Com a palavra, Michael Corleone em O Poderoso Chefão Parte 3:

(Via: Rock Paper Shotgun)

Uma resposta para “Um político na vida real foi banido pra sempre de EVE Online. O motivo? Corrupção”

  • 10 de abril de 2019 às 08:31 -

    Robson R

  • Caraca velho! kkkkkk

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *