Melhores do Ano Arkade 2018: God of War

31 de dezembro de 2018
Autor: Rodrigo Pscheidt

Melhores do Ano Arkade 2018: God of War

Recentemente, a jornada de Kratos e seu filho Atreus recebeu o prêmio de Jogo do Ano no The Game Awards, desbancando o “preferido” Red Dead Redemption 2. Independente se você concorda ou não com a escolha, uma coisa é certa: o novo God of War é um jogaço, que não tem como ficar de fora de qualquer lista de Melhores do Ano que se preza!

Desde os tempos do Playstation 2, acompanhamos Kratos em uma jornada de vingança contra praticamente todo o panteão de deuses do Olimpo. O Fantasma de Esparta era uma máquina de matar, movida por remorso, culpa e, principalmente, raiva.

Corta para 2018. Kratos está em uma nova mitologia, tentando tocar uma nova vida ao lado de uma nova família. Quando sua esposa morre, o espartano se vê sozinho ao lado de um filho que mal conhece em um mundo repleto de perigos e mistérios. O amadurecimento da relação dos dois é a grande estrela do game, e a Sony Santa Monica trata isso com bastante competência.

Melhores do Ano Arkade 2018: God of War

Isso não quer dizer que a ação foi deixada de lado: com gameplay totalmente  reformulado, o que era um hack n’ slash frenético ganha contornos de Souls-Lite, com combates cadenciados e viscerais, uma nova arma incrível (o machado Leviatã) e o auxílio do pequeno Atreus no calor da batalha.

God of War é uma jornada grandiosa e cinematográfica, com uma narrativa linear que ganha profundidade em missões secundárias e objetivos opcionais que aproveitam o panorama da mitologia nórdica para nos apresentar mais daquele mundo. Tudo isso com um primor técnico e audiovisual impecável, que coloca facilmente o jogo entre os mais bonitos da atual geração.

Melhores do Ano Arkade 2018: God of War

God of War ousa ao reinventar um dos personagens mais icônicos do mundo dos games, mas faz isso com segurança, preparando terreno para o que pode vir a ser uma nova trilogia.

Confesso que torci o nariz para o game quando foi anunciando, e achei que estavam apenas aproveitando a força do nome God of War ao invés de se arriscarem criando um IP novo. As vezes é bom estar errado: o novo jogo não ignora o passado do guerreiro espartano, e o esforço que ele faz para não se descontrolar perto do filho mostra o quanto ele está disposto a mudar.

Melhores do Ano Arkade 2018: God of War

No fim das contas, o que outrora foi uma franquia pautado por violência explícita, frases de efeito e sede de vingança amadureceu para algo mais denso, profundo e cheio de significado. God of War é um jogo lindo, envolvente, que conta uma grande história sem abandonar sua essência e a qualidade técnica que sempre foram marcas registradas da franquia.

Vida longa ao novo Kratos! Leia aqui nossa análise completa do game e não deixe de experimentar o GOTY de 2018!

5 Respostas para “Melhores do Ano Arkade 2018: God of War”

  • 31 de dezembro de 2018 às 21:05 -

    Joaquim

  • Vi todos os melhores do ano de vocês para ter a certeza do óbvio…voces como muitas sites negligência o XBoX.
    Já me avisaram….uma pena.
    Menos um

    • 1 de janeiro de 2019 às 01:34 -

      Rodrigo Pscheidt

    • Se vc olhar edições passadas de nossa lista, vai ver exclusivos do Xbox One presentes. Até jogo exclusivo de Kinect já apareceu em nossas listas (https://www.arkade.com.br/melhores-jogos-ano-arkade-2016-fru/), então me poupe. Aqui a gente se esforça pra falar de todas as plataformas, sem essa de “sonysta” ou “caixista”.

      Se esse ano o Xbox One não recebeu nenhum exclusivo de peso, a culpa não é nossa. Aliás, se vc consegue citar algo além de Forza Horizon 4 como um baita exclusivo do Xbox One em 2018, sou todo ouvidos.

      Valeu! ;)

      • 3 de janeiro de 2019 às 22:39 -

        Nildo

      • Achei meio incongruente se posicionar neutro e ao mesmo tempo falar que Xbox só teve Forza

      • 4 de janeiro de 2019 às 08:15 -

        Rodrigo Pscheidt

      • Nildo, o que eu quis dizer é que, na minha opinião, Forza Horizon 4 seria o único exclusivo do XOne que poderia entrar para uma lista de Melhores do Ano.

        Se houve outro exclusivo (lançado em 2018, claro) apto a entrar para uma lista dos melhores do ano, por favor, refresque minha memória. Eu realmente só consigo lembrar de Forza 4 e State of Decay 2, mas posso estar esquecendo de algo.

        E, sempre bom lembrar, que alguns dos jogos que entraram pra lista eu joguei no meu XOne X. Caso de Red Dead 2 e Far Cry 5, por exemplo. Eles não são exclusivos, mas sem dúvida rodam melhor no X. ;)

    • 2 de janeiro de 2019 às 23:02 -

      Marcio

    • Joaquim eu meio que me acostumei com isso, confesso que achei que era algo que só eu notava.
      Mas ainda acesso só pelas notícias de game retro ou indie…por tbm ter um Xbox(supondo que vc tbm tenha) eu nem uso como norte para a minha plataforma só para Indie steam, então acesso uma vez por mês e olhe lá.
      Abraço

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *