Presidente da Sony explica a ausência da empresa na E3 deste ano

13 de fevereiro de 2019
Autor: Rodrigo Pscheidt

Presidente da Sony explica a ausência da empresa na E3 deste ano

Ainda faltam 4 meses para a E3 deste ano, mas uma ausência já anunciada ainda reverbera no meio gamer: a Sony não participará da feira este ano. Esta será a primeira vez em mais de 2 décadas que isso acontece, e agora, o presidente da Sony Interactive Entertainment, Shawn Layden, resolveu esclarecer o que levou a empresa a tomar esta decisão.

Em entrevista ao site CNETLayden filosofou sobre como o mundo evoluiu, mas a E3 não. O conteúdo apresentado lá não parece mais tão “exclusivo” em um mundo onde o jornalismo gamer atua 24 horas por dia e a internet agiliza muito a disseminação das informações.

Lembremos que antigamente, a E3 era um evento exclusivo para a imprensa, e quem cobria tudo eram as boas e velhas revistas de videogame. Isso gerava uma excitação maior, afinal, a única maneira de quem não era jornalista saber o que rolou por lá era comprando uma revista. Agora, há streamings ao vivo de praticamente tudo, e sites de todo o mundo organizam verdadeiras maratonas para cobrir cada atração do evento. Mesmo quem não está lá pode acompanhar os principais painéis, de qualquer lugar do mundo.

E, claro, há o lado mercadológico: 2019 simplesmente não vai ser um ano muito movimentado para a Sony. Digo isso porque alguns bons exclusivos saem antes da E3 (caso de Days Gone, por exemplo), enquanto outros ainda sequer têm data de lançamento (The Last of Us II). Talvez a Sony simplesmente não tenha muito o que mostrar em uma grande conferência este ano, e por isso preferiu ficar quietinha no seu canto.

Presidente da Sony explica a ausência da empresa na E3 deste ano

Com a palavra, Shawn Layden:

“Em fevereiro, realizamos um evento chamado Destination Playstation, onde reunimos todos os varejistas e parceiros terceirizados para apresentar o que vem por aí ao longo do ano. Eles estão fazendo discussões de compra agora, em fevereiro. Junho já é tarde demais para uma discussão de Natal com varejistas. Então, o varejo realmente já ficou para trás em junho. E os jornalistas, com a internet e com o fato de que há notícias sobre jogos aparecendo 24 horas por dia, 7 dias por semana…  a E3 perdeu seu impacto. O mundo mudou, mas a E3 não necessariamente mudou com ele”.

Somado a isso, há o fato da Sony e suas principais third-parties estarem empenhadas em produzir jogos maiores e mais cinematográficos. Algo que claramente deu resultado, visto que God of War foi eleito o Jogo do Ano em 2018, desbancando o favorito Red Dead Redemption 2. Sobre isso, Layden diz o seguinte:

“Com a nossa decisão de fazer menos jogos — jogos maiores — por longos períodos de tempo, chegamos a um ponto em que junho de 2019 não é a momento de dizermos algo novo”.

Sem dúvida bons argumentos, mas é fato que a Sony fará falta na E3 deste ano, afinal, sua conferência costuma encerrar a feira e ser um dos momentos mais esperados pelos fãs. O que você acha da posição do executivo? Acha que a ausência da Sony vai deixar a E3 deste ano “sem graça”? Deixe sua opinião nos comentários!

(Via: CNET)

Uma resposta para “Presidente da Sony explica a ausência da empresa na E3 deste ano”

  • 13 de fevereiro de 2019 às 11:53 -

    Hudson

  • “2019 simplesmente não vai ser um ano muito movimentado para a Sony. […] Talvez a Sony simplesmente não tenha muito o que mostrar em uma grande conferência este ano, e por isso preferiu ficar quietinha no seu canto.”

    Acho que resume bem o porquê da ausência da Sony na E3 2019.

Deixar um comentário (ver regras)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *